Vilson, 25, já pode treinar com bola, diz médico corintiano

Leia o post original por blogdoboleiro

Vilson já pode voltar a treinar com bola. A avaliação é de Joaquim Grava, consultor médico do Corinthians, clube aonde o zagueiro vem fazendo fisioterapia para curar um problema na cartilagem do joelho esquerdo. “Ele está muito bem e teve uma recuperação acima do esperado. Ele só não treina com bola no Corinthians porque não pertence ao clube”, disse o Dr. Grava ao Blog do Boleiro.

No final de 2013, depois de conquistar a Série B pelo Palmeiras, Vilson não renovou contrato porque a oferta do clube paulista foi considerada insatisfatória. Ele então acertou a transferência para o Cruzeiro. Ao fazer a avaliação médica, foi barrado pelos médicos da equipe mineira por causa do problema no joelho. Ficou no clube até maio, mas não conseguiu se recuperar.

Sem clube e por conta própria, Vilson procurou Grava que concordou em fazer o tratamento no centro de reabilitação instalado no CT do Parque Ecológico. Vilson está lá desde maio.

O empresário do zagueiro carioca de 25 anos, Tiago Faria, tem a missão de colocar o atleta outra vez no mercado para que possa recuperar forma físico e adquirir ritmo de jogo.

Fora do campo, Vilson e o Palmeiras têm audiência marcada para dezembro na Justiça de São Paulo. O zagueiro quer uma indenização de R$ 2 milhões, referentes a seguros por duas lesões, uma tratada em setembro e outra em novembro de 2013.

Segundo o advogado do jogador, Joel Picinini, a indenização é prevista na Lei Pelé."Ele tem direito a um seguro contra acidentes de trabalho, mas se o clube não o apresentou, imagina-se que não tenha feito. Este seguro visa  proteger a carreira dele" disse.
 

A carreira que, segundo Joaquim Grava, já pode ser retomada.