Lúcio jogou lenha na fogueira

Leia o post original por michellegiannella

A entrevista do zagueiro Lúcio hoje caiu como uma bomba no Palmeiras. Justo lá, onde o clima anda tão sereno… (até parece!)

Como se já não bastassem as derrotas, os erros do goleiro Fábio (coitado), os protestos da torcida e os questionamentos à diretoria e Gareca, o zagueirão chegou com tudo à coletiva de hoje: alfinetou o treinador e cobrou os companheiros.

Lúcio atirou para todos os lados e acendeu um fósforo perto de gasolina. Isso não me parece prudente… O Palmeiras está em ebulição, o time precisa de união (o que claramente não existe e explica muita coisa) e a atitude de Lúcio pode complicar ainda mais o já turbulento momento do time.

Lúcio disse que o futebol brasileiro não tem tempo para mudar de filosofia. Um leve questionamento ao trabalho do treinador. Depois, continuou reclamando: “Não adianta só metade correr… temos que ter caráter e dedicação dentro de campo, futebol é coletivo.”

Lúcio está certo, futebol é coletivo, mas será que suas declarações vão unir mais o grupo e ajudar o time ou apenas vão jogar mais lenha na fogueira? O espaço é seu.