Chupa essa manga: O São Paulo FC é a maior média de público do Brasileirão!

Leia o post original por daniel perrone

Imagem: SPFC Digital
Nação do Maior do Mundo;

Se fosse o Flamengo ou Corinthians, a notícia estaria estampada até na camisa como “patrocínio master” nos uniformes, mas para a infelicidade dos pachecos em geral, a maior média de público do Campeonato Brasileiro no ano da Copa do Mundo no país é do São Paulo.

O clube ostenta a maior media de público total com 23.360 torcedores contra 14.696 de média geral do campeonato. Os números são do Globoesporte.com até a 17 rodada do Brasileirão. O curioso é que o Tricolor só perde na média de ocupação de estádio, ‘novo’ modo de se calcular presença. Neste quesito o Chapecoense é o líder, com 54% do seu estádio ocupado. O Tricolor do Morumbi é o vice líder, com 51% do estádio ocupado.

Veja aqui o público do Brasileirão 2014 até agora

Vamos falar dos jogos em casa: O Tricolor do Morumbi, em nove jogos em seus domínios (com dois realizados fora do Morumbi) ostenta a média atual de 30.021 torcedores pagantes. Os números são originários dos borderôs da CBF e gentilmente compilados pelo portal SPFC Digital. Além disso, o clube ostenta o jogo de maior público do torneio: 46.512 pagantes no dia 2 de agosto, quando o São Paulo enfrentou o Criciúma no Morumbi.

Observando a tabela de casa e o histórico dos jogos, vemos alguns comportamentos que contribuíram para a liderança. O primeiro é inédito no clube: Todos os jogos do São Paulo em casa até agora no foram realizados nos fins de semana, ora num sábado, ora num domingo. Este arranjo muito provavelmente foi conquistado pela gestão “Marin” na CBF. O presidente da entidade é muito ligado ao clube. Não esperem essa mesma generosidade de Marco Polo del Nero, com quem o Tricolor teve até atrito no “caso Madonna” em 2008. O futuro presidente da CBF tentou ‘melar’ o título Tricolor, insinuando que o juiz da última partida havia recebido convites para o show da cantora no Morumbi, prática sempre usada pelo clube para todos os afiliados da CBF.

Outro fator que contribuiu decisivamente para a maior média de público até então foi a política de preços. O São Paulo tem casa própria e não precisa aumentar o valor dos ingressos para pagar as prestações de uma nova arena. O que fez foi manter os preços baixos para quem não é sócio (algo entre 20,00 e 40,00 uma arquibancada) e reduzir o valor para 5,00 para quem participa de seu programa sócio torcedor. Mesmo com o benefício, nem mesmo um terço do público no Morumbi é constituído por sócios torcedores.

Por fim, o efeito “Kaká” alavancou o aumento da média do Tricolor. A chegada do astro fez o torcedor ir ao Morumbi em excepcional número por duas vezes, na esperança da estréia do camisa oito: Dias 19 de julho e 2 de agosto, contra Chapecoense e Criciúma respectivamente. Kaká, que havia estreado fora contra o Goiás, só foi jogar em solo sagrado diante do Vitória.

Apesar da média de renda não ser das mais altas (R$ 647.863,22), é importante a manutenção das altas médias de público. Além de presentear o torcedor, que retribui com apoio ao time, o clube está sem patrocínio e a melhor maneira de fazer propaganda do seu “negócio” é com grandes públicos e muita visibilidade.

Está mais que provado que não existe só um ou dois “times do povo”. É só os clubes oferecerem condições que o público (a maioria com o dinheiro contado todo fim do mês) comparece nos estádios e com isso a visibilidade de nosso pobre atual futebol fica maior.

Saudações Tricolores!

* A média de renda é aproximada.

Colaboração: SPFC Digital

PS: O espaço é livre para você emitir sua opinião, porém respeite o blog e seus leitores.
Mensagens consideradas 
impróprias ou ofensivas serão deletadas antes mesmo de irem ao ar.

Me siga no Twitter: http://twitter.com/danielperrone
Curta a Fan Page: http://facebook.com/danielperronespfc
Instagram: http://instagram.com/danielperrone

Opine, palpite, participe do Blog do Maior do Mundo!