Julgamento de recurso de Petros no STJD é adiado

Leia o post original por blogdoboleiro

O julgamento do recurso do Corinthians no caso Petros foi adiado. O relator do processo, Gabriel Marciliano Junior, está viajando no exterior e pediu para que o caso fosse retirado da pauta. Assim, o atleta terá que esperar para ver se será julgado novamente na sexta-feira dia 12 deste mês. Petros foi julgado culpado por agressão ao árbitro Raphael Claus, durante o clássico contra o Santos.

O STJD puniu o atleta com suspensão de 180 dias. O clube paulista entrou com recurso e o caso será julgado no pleno do tribunal. Logo depois do julgamento, os advogados corintianos obtiveram efeito suspensivo que permite Petros jogar até o julgamento do recurso.

Só que o técnico Mano Menezes não tem colocado o volante em campo. Nesta terça-feira, Petros viu o nome envolvido em outro caso: sua inscrição estaria irregular, o que pode causar perda de pontos do Corinthians em cinco jogos do Campeonato Brasileiro e dois da Copa do Brasil, disputados no mês de agosto.

O relator do caso Petros/Claus, foi indicado ao STJD pela Ordem dos Advogados do Brasil, com apoio do presidente da CBF, José Maria Marin. Ele é torcedor do São Paulo e já presidente do Ferroviário FC, de Laranjal Paulista, cidade onde mora.