Cristaldo brilha e Palmeiras segue se recuperando no Brasileirão

Leia o post original por Flavio Canuto

cristaldo_henrique

Vale o mesmo raciocínio da semana passada. O “paciente” vai melhorando aos poucos, mas vai se recuperar com o tempo e com resultados como o de hoje.

Em partida difícil de assistir e repleta de erros de passes, o Palmeiras conseguiu o que de fato importava, a vitória e os preciosos três pontos que vão nos ajudar a sair das últimas colocações do campeonato.

Com gol do argentino Cristaldo, seu primeiro com a camisa alviverde, o Palmeiras venceu o Criciúma na noite desta quarta-feira (10) no estádio do Pacaembu perante quase 20 mil torcedores que apoiaram o time desde o primeiro até o último minuto da partida.

Com a mesma escalação da partida contra o Atlético-PR, o Palmeiras teve de encarar um Criciúma ao mesmo tempo fechado e com maior posse de bola. O time catarinense segurava o jogo e tentava se aproveitar de alguma vacilada da equipe alviverde, dificultando as ações do adversário, que não conseguia sair da marcação.

Com 14 minutos de jogo, Diogo fez boa jogada pelo setor esquerdo do ataque palmeirense e cruzou, com Leandro chutando fraquinho e irritando a torcida palmeirense.

Não será surpresa nenhuma se Leandro perder a posição para o argentino Cristaldo, que além de ser um atacante mais técnico tem atitude, gana. E isso acho que o Leandro nunca vai ter.

renato_criciuma

Cedendo várias oportunidades de bola parada para o Criciúma, o Palmeiras quase toma um gol aos 24 minutos, quando Lucca bateu forte uma falta que Fábio espalmou para escanteio. Por falar nisso, mais uma vez Fábio teve uma boa atuação. Será que o problema era a dupla de zaga?

Infelizmente, o zagueiro Fernando Tobio sentiu uma contusão e deixou o campo aos 29 minutos, com Eguren entrando como volante e Marcelo Oliveira sendo deslocado para a zaga. O jogo continuou fraco, sendo que Silvinho teve boa oportunidade na área alviverde aos 46 minutos, mas o ex-palmeirense Luis Felipe, que estava tenso demais, acabou chutando para o alto.

Com Felipe Menezes no lugar do novamente apagado Leandro, o Palmeiras foi conseguir uma jogada mais aguda aos 14 minutos, quando Diogo ficou cara a cara com o goleiro, mas chutou em cima de Luiz.

Será que ele faz um golzinho até o final da temporada? Diogo “joga pro time”, ajuda muito na marcação, mas precisa melhorar a pontaria. Ele ainda é um atacante.

Por sua vez, Fábio fez duas ótimas defesas aos 18 e aos 22 minutos, impedindo a reação catarinense. O volante Eguren, que surpreendentemente entrou muito bem na partida, quase abre o marcador aos 22 minutos e aos 28 minutos.

No entanto, o lance capital da partida acabou acontecendo quase que por acaso. Victorino bateu falta da defesa, no melhor tipo ligação direta, Diogo desviou e a bola chegou à área adversária, entre Henrique e Cristaldo.

dorival

O atacante argentino, que não desiste nunca, superou legalmente o zagueiro Fábio Ferreira e, com faro de artilheiro, abriu o marcador aos 36 minutos. 1×0 e alívio no Pacaembu.

Daí em diante, o que se viu foi um Criciúma desesperado e sem capacidade de criar boas oportunidades e um Palmeiras que perdeu duas chances claras para ampliar o marcador.

Uma delas foi com o matador (de oportunidades) Henrique, aos 44 minutos, que mais uma vez perdeu uma oportunidade incrível sozinho, sem marcação no meio da área. Cristaldo quase fez o seu segundo gol, aos 46 minutos, mas chutou para fora.

Claro que seria melhor vencer por um placar mais elástico, mas nesse momento isso é o que menos importa. O Palmeiras não poderia perder pontos para o Criciúma e, mesmo ainda jogando mal, o resultado veio.

Dorival Jr. precisa de tranquilidade para trabalhar e não há paz com derrotas seguidas. Não vai ser fácil, mas vamos sair dessa situação.

Você também pode me seguir no Twitter ou Facebook…e vale a pena!

Abraço a todos!