Voltam alguns titulares e, com eles, a esperança do palmeirense

Leia o post original por Flavio Canuto

valdivia_spfc

Olhando friamente, não temos nada para comemorar além do aniversário do clube. O novo treinador não consegue repetir uma formação em nenhuma partida, o Palmeiras não consegue vencer outro grande clube e nem se distanciar das últimas posições da tabela de classificação.

Bem, não dá pra dizer também que o time piorou depois da chegada de Dorival Jr. Embora tenha muita dificuldade para montar um time competitivo com esse elenco carente de reforços em várias posições, Dorival conseguiu pelo menos fazer com que o time jogue mais fechadinho e explore melhor os contra-ataques.

Neste sábado, principalmente no segundo tempo, criamos muitas chances contra o Fluminense. Cristaldo, que deve começar entre os titulares contra o Flamengo, perdeu várias oportunidades de gol. Mas não acredito que vá continuar assim nas próximas partidas.

Com os retornos, ainda não confirmados, de Allione e Valdívia, a expectativa é de termos um time mais criativo no Pacaembu. Lúcio também volta, mas não sei se devemos comemorar tanto assim o seu retorno.

allione_globo

Para mim, a melhor dupla de zaga que tivemos nos últimos meses foi formada por Fernando Tobio e Victorino.

Mas, voltando aos atacantes, acredito que com uma dupla de meias com muito mais qualidade, o trabalho dos nossos atacantes vai ficar bem mais fácil. Não acho que temos um bom time, mas o time não é tão ruim para ser rebaixado para a Série B.

O provável time que vai a campo nesta quarta-feira é o seguinte: Deola; João Pedro, Lúcio, Nathan e Victor Luis; Renato e Juninho; Mouche, Diogo e Cristaldo; Henrique.

Allione e Valdívia vão começar no banco de reservas, mas devem entrar durante a partida.

Basta esse time jogar completo e com mais tranquilidade para conseguirmos as vitórias que precisamos para sairmos dessa situação difícil.

*******

Ontem, em entrevista ao Bem Amigos, da Sportv, Alan Kardec confirmou o “choro” de R$5 mil do presidente Paulo Nobre durante a sua negociação de contrato. Eu tinha contato com o atacante e sou testemunha que ele realmente queria continuar por aqui. Ele tinha planos até de comprar um camarote no Allianz Parque.

Essa transação fracassada, por tudo o que envolveu, foi início do inferno astral do presidente Paulo Nobre com a torcida palmeirense. Vai ser difícil ele se redimir, principalmente porque o Kardec continua marcando muitos gols.

Que bela economia, hein?

*******

Por falar em Paulo Nobre, o presidente do Palmeiras aparece, junto com outros ídolos do clube, no trailer de “12 de Junho – O dia da Paixão Palmeirense”.

O filme, dirigido pelo Mauro Beting, terá uma exibição para convidados no dia 27 de setembro, no Allianz Parque. Este deve ser o primeiro evento-teste do novo estádio palmeirense, que não ainda não tem data para receber jogos do Palmeiras.

No dia 25 de setembro, o filme estreia nos cinemas. Pelo menos para quem viveu aquele momento com intensidade, que é o meu caso, esse filme é imperdível. Vou levar um lenço para assistir.