Zagallo aponta Felipão como culpado do vexame na Copa do Mundo

Leia o post original por blogdoboleiro

O maior vexame da história da seleção brasileira foi consequência de um erro de comando. Ou seja, o técnico Luiz Felipe Scolari é o maior culpado da derrota para a Alemanha por 7 a 1, na semifinal da Copa do Mundo. A opinião é do Velho Lobo. “Ali, foi um erro de comando. O Brasil tinha que jogar fechadinho, esperando o contra-ataque. Foi um erro colocar o time marcando a saída de bola da Alemanha”, disse Mario Jorge Lobo Zagallo.

Aos 83 anos, Zagallo não pode ir aos estádios acompanhar a seleção brasileira na Copa do Mundo. Uma infecção na coluna vertebral o obrigou a passar um período no hospital e depois no apartamento onde mora na Barra da Tijuca. Acabou vendo os jogos pela televisão e optou pelo silêncio.

Duas vezes campeão mundial como jogador, uma como treinador e outra como coordenador da seleção, ele acha que o quarto lugar no Mundial disputado no Brasil, com duas derrotas feias para Alemanha e Holanda não são exatamente a prova de que o futebol brasileiro entrou em decadência. “Temos bons jogadores”, disse.

Ele cita como exemplo as equipes que lideram o Campeonato Brasileiro. “São dois times que jogam um futebol vistoso, da escola brasileira, e são modernos usando velocidade e marcação”, afirmou. Zagallo ainda propõe que, como a seleção de 70, Dunga utilize os dois clubes como base. “Se pegar metade do São Paulo e metade do Cruzeiro, daria um time fantástico”, falou o ex-técnico que dirigiu um time cuja base era formada por Santos e Botafogo.

Ele acha que o futebol brasileiro pode recuperar seu prestígio porque tem jogadores para isso. “Mas mais uma vez eu digo que é uma questão de comando”, disse antes de criticar a primeira convocação de Dunga e a forma de jogar do Brasil nos amistosos contra Colômbia e Equador. “Não precisa se preocupar com vitórias agora”, aconselhou.