Discutível

Leia o post original por Mauro Beting

A regra é interpretativa. Logo, subjetiva.

Toda interpretação é válida, até a mais absurda.

Como jornalista, sou obrigado a dar a minha opinião.

Como jornalista, ainda mais obrigado a acatar toda a crítica do leitor.

Mas não tolero quem não aceita discutir um lance discutível.

Não existe dono da verdade na interpretação da regra do jogo.

O árbitro é quem decide lá dentro. Nós podemos palpitar aqui fora.

Mas todos precisam respeitar a opinião alheia.

Sem clubismo, sem bairrismo, sem achismo, sem achar que qualquer opinião aqui emitida tem um interesse inconfessável.

Sou palmeirense. Isso me levou ao jornalismo esportivo que me levou a fazer curso de arbitragem.

Não sou mais que nenhum leitor. E nenhum leitor é maior que qualquer outro.

Ou pode achar que por ser palmeirense, paulistano, jornalista, marido e pai eu tenho uma opinião. Qualquer que seja.

Opino pelo que vejo e sei.

Só isso.

E deploro quem não aceita discutir.

E mais ainda quem discute e acusa por preconceito ou conceito pré-estabelecido.