Com Valdívia de volta, vamos fazer a nossa parte mais uma vez!

Leia o post original por Flavio Canuto

torcida_pacaembu

Nem me lembro quantas vezes já comentei aqui sobre um “retorno” de Valdívia depois de uma contusão grave, um gancho e até de uma negociação fracassada.

Desta vez, ele chega como o grande “salvador da pátria” para tirar o Palmeiras das últimas colocações da tabela de classificação e para conquistar os três pontos contra o Vitória, às 19:30.

Confesso que não gostaria de escrever isso, mas eu o vejo como uma das nossas únicas armas contra o rebaixamento.

Além de Valdívia, o paraguaio Mendieta também está de volta depois de se recuperar de uma amigdalite.

A lista de desfalques continua gigante: Eguren, Wellington e Prass seguem no DM. Wendel, Wesley, Leandro e Marcelo Oliveira estão quase 100%, mas seguem fora.

mago_vitoria

O atacante Diogo, que cumpre suspensão, e o meia Allione, que foi expulso no domingo também vão assistir o jogo em casa.

Com exceção do Josimar, nenhum outro atleta deixou o grupo até o momento. Desse jeito fica difícil acreditar, mas vamos lá apoiar o time no Pacaembu.

O time que treinou nos últimos dias foi o seguinte: Deola; João Pedro, Lúcio, Nathan e Victor Luis; Renato, Matheus Sales, Juninho e Valdivia; Mouche e Cristaldo.

É quase impossível se animar lendo essa escalação, mas vamos lá! Depois de tantos anos de desavenças entre conselheiros, grupos políticos, COF, etc…a única coisa realmente gigante que ainda resta ao Palmeiras, além de sua história, é a sua torcida.

Se a torcida não apoiar esse time no Pacaembu, como já vem fazendo de forma heroica, o Palmeiras não sai dessa situação de jeito nenhum. Eu respeito que acha que “o porco já foi pro brejo”, mas eu sigo acreditando.

******

Apesar das enfadonhas entrevistas do presidente Paulo Nobre, nada de significativo ainda foi feito. Houve a contratação de um “coaching esportivo”, a saída daquele Josimar e mais nada.

É muito pouco ainda para um time com um elenco tão inchado e ao mesmo tempo tão carente em várias posições!

Tiveram tempo de sobra para agir durante a parada para a Copa do Mundo e nada fizeram. Agora vão fazer tudo no desespero e da pior forma possível.

Você também pode me seguir no Twitter ou Facebook…e vale a pena!

Abraço a todos!

******

Segue abaixo um recado do Ciro “Hooligreen” para quem vai ao jogo de hoje:

“Caros Palestrinos,

Antes de me apresentar, queria agradecer ao Canuto por me deixar ajudá-lo hoje aqui.

Aproveito também para deixar claro, que meus posts tem um único e imutável motivo: AJUDAR O NOSSO PALMEIRAS! Principalmente nessa reta final de brasileiro para que NÓS da torcida consigamos mudar essa que parece ser mais uma tragédia anunciada na história do queridíssimo Palestra. Afinal, o elenco que temos é lamentável, e só a torcida, que é o único patrimônio do Palmeiras que impõe respeito atualmente pode mudar a trajetória rumo à série B.

Bom, apenas me apresentando, meu nome é Ciro, mas podem me chamar de Hooligreen. Um palmeirense como vocês, fanático, apaixonado pelo Palmeiras e extremamente cansado de tantas humilhações e vergonhas que os que estão lá nos fazem passar há anos! Nessas horas passam-se diversas coisas em nossa cabeça, como abandonar o futebol de vez, mas vamos ser sinceros, a verdade é que nós não conseguimos ficar longe do NOSSO Palmeiras e é por isso que insisto que nós torcedores temos o dever de mudar o destino desse time, uma vez que se depender de jogadores e dirigentes, podemos ter certeza que seremos rebaixados.

Chegou a hora da nossa torcida fazer um pacto com esse time e o carregarmos para a permanência na série A. Única e exclusivamente por amor ao Palmeiras, é hora de estreitar a relação com os jogadores, continuarmos apoiando esse time os 90 minutos de forma incondicional. Chegou a hora de lotarmos o Pacaembú e transformá-lo em um verdadeiro caldeirão, pois só assim conseguiremos sair dessa situação.

Por favor, prestem atenção, já foi comprovado através de outras torcidas que essa história de fazer o famoso “torcida zero” nos estádios NÃO FUNCIONA, isso só aumenta a falta de comprometimento dos atletas, e principalmente a essa altura do campeonato, faltando menos de um turno para acabar. A resposta é justamente o contrário, é abraçar o time até o último minuto de cada partida. Sei que a torcida tem feito sua parte, mas talvez precisemos de mais ainda para manter a equipe na série A, se estamos colocando 15.000, 20.000 nos últimos jogos, tentemos colocar 30.000.

Aproveito aqui para levantar algumas bandeiras, que na minha opinião as mais urgentes para ajudar o time a sair dessa situação:

1-Lotar o estádio em todos os jogos e fazer a nossa parte, apoiando incondicionalmente esses jogadores, independente da raiva que dê ver aquele bando de perna de pau em campo. E vamos nós mostrarmos para o presidente/aventureiro o real significado de sangue na veia. Vamos transformar o pacaembú em um verdadeiro caldeirão. E quando falo de apoiar incondicionalmente, é se fingir de louco, ou seja, é olhar para o Henrique e enxergar o Evair e o apoiar como se fosse nosso querido chorão, é olhar para os nossos péssimos volantes e enxergar um Dudu ou um Sampaio e incentivá-los, olhar para um Valdivia e enxergar um Divino e empurrá-lo o jogo inteiro.

2-Vaiar, cobrar e infernizar o presidente/aventureiro Paulo Nobre antes do jogo, durante o intervalo e após o jogo. E em todas as oportunidades pedir a desistência de candidatura a reeleição. Ele conseguiu ser o pior presidente de todos os tempos, bem pior que o Tirone.

3-Exigir em todas as oportunidades que a diretoria coloque ingressos a R$1,00 para lotarmos todos os jogos. E para que eles aprendam o sentido de “Economia burra”, uma vez que jamais precisaríamos chegar a este ponto se não tivessem desmanchado o time.

******

Para quem quer assistir ao filme “12 de Junho de 1993 – O dia da paixão palmeirense”, consegui a relação de cinemas paulistas que vão exibir o filme que estreia nesta quinta-feira:

12_filme