Pimpão & Lindoso. Botafogo 1 x 0 Atlético Nacional. 

Leia o post original por Mauro Beting

Não é dupla caipira. Mas se entenderam como tal no gol da classificação alvinegra na Libertadores, aos 5 finais, em bela enfiada do segundo para a incursão e o tiro cruzado do primeiro. 
Pimpão & Lindoso, de fato, parecem nome de dupla de palhaços. Atchim & Espirro. Quais mais? Não lembro. Amo humor. Não necessariamente palhaços. Sei lá. Questão de gosto. Como tem gente que não gosta desse Botafogo de Ventura. Jornada alvinegra que respeito demais. 

Era time para brigar para não cair. Foi pra Libertadores. É elenco para se esfalfar pelas quatro partidas a mais na pré-temporada abreviada. Segue se superando. Com combinações como a do gol da dupla de nome e futebol inusitado contra o multicampeão da América. Com apoio em campo e fora dele da Arena Nilton Santos. Dando ao time do Botafogo a guarida para saber jogar cada partida como se fosse o primeiro, não o último jogo. 
Um dos tantos méritos da equipe é esse. Parece sempre que está debutando. Mas no melhor sentido. Não é pelo noviciado. É pela juventude. Frescor. Tesão de fazer a coisa bem feita. 

E o time está fazendo muito bem. Propondo ou reagindo, o Botafogo não dá bola aos seus limites. 

Veja a análise de GUSTAVO ROMAN