Foi Chapê!

Leia o post original por Mauro Beting

A Chape foi. Os jogadores que jogaram por ela em 2017 foram ainda mais. Honraram a partida de Medellin. Ganharam uma vaga na Libertadores mais uma vez. E conquistaram o respeito e carinho do Brasil, a despeito de ainda ter problemas da instituição com a família das vítimas.

Como disse um amigo de rede social que infelizmente perdi o nome, só dois clubes nos fazem chorar no futebol: o nosso e a Chapecoense.

Defendi blindagem para o time no BR-17. Barreira antiqueda que o clube honradamente recusou. E ainda mais heroico reconquistou em campo não apenas o direito de permanecer na Série A. Ainda voltou para a Libertadores como oitavo colocado do BR-18. Arrastado pelas conquistas do Cruzeiro na Copa do Brasil e do Grêmio na Libertadores.

Para um elenco todo remontado por um clube todo reconstruído, o que se fez mais uma vez em Chapecó não tem palavras além de parabéns.