Arquivo da categoria: 2018

Roger Machado dará conta do recado?

Leia o post original por Milton Neves

Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Os boleiros costumam dizer que se trata de uma “dor de cabeça boa”.

Mas a verdade é que Roger Machado terá uma responsabilidade IMENSA nesta temporada.

Afinal, como ele conseguirá encaixar em apenas um time tantas boas peças disponíveis no elenco do Palmeiras?

E como ele conseguirá motivar os badalados jogadores que tiverem que ir para o banco de reservas?

Sem dúvida, será o maior desafio da carreira do jovem treinador!

Ele dará conta?

Opine!

Mais um belíssimo chapéu do Palmeiras para cima dos rivais!

Leia o post original por Milton Neves

Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

O Corinthians bem que tentou.

O São Paulo chegou a negociar diretamente com o Fluminense.

Mas, adivinha qual time vai contar com o futebol de Gustavo Scarpa em 2018?

O endinheirado e guloso Palmeiras, é claro!

Verdão que dá mais um belíssimo chapéu em seus rivais, assim como fez na contratação de Dudu, em 2015!

Pobres Timão e Tricolor…

Ficaram a ver navios mais uma vez!

Mas, agora, com essa seleção toda, o Palmeiras tem uma responsabilidade ainda maior do que a que tinha no ano passado.

Esse time aí TEM A OBRIGAÇÃO de ganhar o Paulista, a Copa do Brasil, o Brasileiro, a Libertadores e o tão sonhado Mundial.

Não é verdade?

Opine!

PSG de Neymar x Real de CR7: o eliminado deverá perder também o seu craque!

Leia o post original por Milton Neves

O duelo entre PSG e Real Madrid, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, que você acompanhará na tela da Band, vale muito mais do que apenas uma vaga na próxima fase do torneio de clubes mais importante do mundo.

Afinal, pelo andar da carruagem, é bem provável que a equipe eliminada acabará perdendo também o seu grande craque!

Ou vocês acham que Neymar topará seguir no PSG para disputar apenas a baba do Campeonato Francês, uma espécie de Jogos Abertos do Interior com grife?

Claro que não!

E parece que a Liga dos Campeões também é o único motivo que segura Cristiano Ronaldo no Real Madrid.

Além de a equipe merengue estar caindo pelas tabelas nesta temporada (são 19 pontos de diferença para o líder Barcelona no Espanhol) e dos desentendimentos com o presidente Florentino Pérez, CR7 também anda um pouco enciumado com essas recentes “contratações mais caras de todos os tempos”.

O português quer ocupar o primeiro lugar deste ranking e, segundo o jornal espanhol “AS”, o Manchester United é o grande favorito para levar o craque.

E podem ter certeza que os valores desta transação vão ultrapassar R$ 1 bilhão.

Seria esta a última cartada da vitoriosa carreira de Cristiano Ronaldo!

Portanto, meus amigos, motivos não faltam para acompanhar este grande duelo entre PSG e Real Madrid, não é verdade?

E você, já tem um palpite?

Aposta no PSG de Neymar?

Ou no Real de CR7?

Opine!

Há 18 anos, o Corinthians ganhava o seu primeiro “meio” Mundial de Clubes!

Leia o post original por Milton Neves

axel-witsel-esq-da-belgica-disputa-bola-com-joe-allen-do-pais-de-gales-em-partida-pelas-eliminatorias-da-eurocopa-nesta-sexta-feira-12-1434140743441_615x300

Hoje faz 18 anos que o Sport Club Corinthians Paulista conquistou o seu primeiro “meio” Mundial de Clubes da Fifa.

E digo isso, claro, porque o Timão não merecia minimamente ter participado daquela competição, realizada em 2000.

Em campo, ganhou na bola, é verdade!

Mas e a Libertadores da América, requisito para ingressar em todas as edições anteriores do Mundial?

O Timão foi convidado pela Fifa pela sua força de ibope e de torcida. E só!

Aquele papo de “a entidade chamou o atual campeão do país sede” é balela.

O Palmeiras, que conquistou a Libertadores de 1999, era quem merecia ter participado da competição ao lado do Vasco (campeão da Libertadores-98), do Real Madrid (campeão da Liga dos Campeões-97/98), do Manchester United (campeão da Liga dos Campeões-98/99), do Al-Nassr (campeão da Supercopa da Ásia-98), do Raja Casablanca (campeão da Liga dos Campeões da CAF-99), do Necaxa (campeão da Liga dos Campeões da CONCACAF-98/99) e do South Melbourne (campeão da Liga dos Campeões da OFC-98/99).

E outra, onde já se viu uma decisão de Mundial com… DOIS TIMES DO MESMO PAÍS???

Por essas e outras, corintianos, não continuem dizendo de peito aberto por aí que vocês são bi-mundiais.

O Timão é, no máximo, uma vez e meia campeão mundial de futebol.

Opine!

Foto: revista Placar

Animador o início de temporada do Timão!

Leia o post original por Milton Neves

Foto: Gregg Newton/AFP Photo (VIA UOL)

CORINTHIANS 1 x 1 PSV

Mesmo ainda “frio” na temporada, foi muito bem o Corinthians em sua estreia na Florida Cup.

E isso diante do bom PSV, atual líder do Campeonato Holandês.

No primeiro tempo, com os titulares, o Timão dominou as ações ofensivas e abriu o placar com o ótimo Rodriguinho.

E, além do meio-campista, destaco também a atuação do recém-chegado Juninho Capixaba, que foi muito bem substituindo Guilherme Arana.

No segundo tempo, os reservas entraram em campo e o nível, claro, caiu demais.

Aí, o PSV foi para cima, mas sempre esbarrando no iluminado Caíque França, que pegou quase tudo.

Só não conseguiu segurar a última bola do jogo, que acabou garantindo o empate dos holandeses.

Mas, nas cobranças de pênaltis, mais uma vez brilhou a estrela de Caíque França, e o Timão faturou um pontinho extra.

Xiiii… Com esse menino Caíque voando, será que Cássio corre o risco de perder a sua vaga na equipe titular do Corinthians?

Pode acontecer, não é mesmo?

Mas, e aí, o que você achou do Timão neste primeiro teste de 2018?

Carille precisa mexer na equipe titular?

Opine!

Vale mesmo a pena apostar em técnicos estrangeiros?

Leia o post original por Milton Neves

Nos últimos tempos, com a decadência de nossos “supertécnicos”, os dirigentes brasileiros passaram a acreditar que a solução seria contratar famosos treinadores estrangeiros, especialmente dos países vizinhos aqui da América do Sul.

Vieram para os nossos clubes nomes como Daniel Passarella, Jorge Fossati, Ricardo Gareca, Diego Aguirre, Juan Carlos Osorio, Edgardo Bauza, mais recentemente Reinaldo Rueda, entre tantos outros.

Por aqui, eles não ganharam nenhum título relevante e não trouxeram nenhuma evolução tática.

Os “gringos” que não fracassaram logo de cara, acabaram simplesmente usando o futebol brasileiro como trampolim para seleções.

Dá até a impressão de que eles vêm ao Brasil para um período férias…

Não é verdade?

E então, mesmo com tudo isso, será que ainda vale a pena apostar em técnicos estrangeiros por aqui?

Opine!

Mercado dos paulistas

Leia o post original por Flavio Prado

Mais uma vez o Palmeiras é o time que mais contratou no mercado de transferências entre os paulistas. Chegaram Wéverton, Émerson Santos, Marcos Rocha, Diogo Barbosa e Lucas Lima. Gostei mais do mercado deste ano do que do ano passado. O elenco é forte, mas não pode repetir alguns erros de 2017. Seria importante deixar Róger Machado trabalhar durante todo o ano e não mexer muito no elenco. Entre os jogadores mais utilizados no ano passado, saíram Mina, vendido ao Barcelona e por opção do clube Róger Guedes foi envolvido na troca com Marcos Rocha, além da aposentadoria de Zé Roberto. Victor Luis e Allione que retornam de empréstimo podem ser úteis.

O campeão brasileiro Corinthians perdeu 3 titulares importantes. Deixaram o clube Pablo, Guilherme Arana e Jô. Para repor chegou o jovem Juninho Capixaba do Bahia para a lateral e estão próximos Henrique e Henrique Dourado, ambos do Fluminense, seriam bons substitutos para Pablo e Jô. O Corinthians é um dos poucos times brasileiros com uma identidade clara de jogo, isso pode diminuir o prejuízo com as saídas.

O São Paulo perdeu Hernanes e Pratto, dois jogadores importantes. Chegou Diego Souza que pelo menos no início deve ser utilizado na função do argentino. O time terminou o ano com uma base, que já começou a ser mexida, e com algumas carências que ainda não foram preenchidas, Ainda é necessária a chegada de um lateral-direito e um atacante de velocidade, sem Hernanes será preciso buscar mais um jogador para o meio. Chegou o goleiro Jean do Bahia, considero uma ótima contratação. Reinaldo e Hudson retornam de empréstimo e serão úteis.

Até aqui, o Santos é o que mais preocupa. O time mantinha uma base desde 2015 e conseguiu bons resultados no período. Vice da Copa do Brasil 2015 e do Brasileiro 2016, terceiro no Brasileirão do ano passado, além de dois títulos estaduais. Essa base não existe mais, no ano passado saíram o técnica Dorival Júnior e o volante Thiago Maia, neste ano não estarão Zeca, Lucas Lima e Ricardo Oliveira, um novo time terá que ser montado pelo técnico Jair Ventura, com pouco dinheiro. Mais uma vez a base precisará ajudar o Santos.

Sim, ótimo reforço!

Leia o post original por Rica Perrone

Mas que dúvida é essa? O SPFC gasta 25% do valor que custou um argentino de cintura dura pra ter um jogador da seleção brasileira em seu elenco e é questionável a negociação.  A do Pratto não foi.

Como falar outra lingua nesse país acrescenta credibilidade. Inacreditável.

Diego Souza é um grande jogador. Some, dorme, poderia ir bem mais longe do que foi. Fato incontestável.  Mas 10 milhões de reais por um jogador que briga por vaga na Copa?  Não, não é um absurdo.

Absurdo é dar 40 no Pratto. Mas o mercado determina valores, não a gente individualmente discutindo num bar.  Vale o quanto alguém está disposto a pagar. E eu pagaria 10 no Diego.

Porque?

Porque se ele estiver naquele ano bom dele, resolve jogo, faz a diferença.  Não é mais um. Ele pode ser mais um, pode ser o cara. E paga-se essa quantia por diversos jogadores que com absoluta certeza serão “mais um”.

Que seja o cara.  Ou mais um.

O São Paulo precisa ter jogadores da seleção em seu elenco, mirar alto, arriscar títulos e não brigar por G16.  Sem riscos Luizão não viria em 2005, nem Amoroso pra meio torneio.  Aloísio não seria titular do Mundial, e talvez o Telê não valesse a pena sendo o maior “perdedor pé frio” do país quando contratado.

Eu também traria. Não há momento mais motivador pro Diego em sua vida do que estar no SPFC e ter 6 meses pra buscar uma vaga na Copa.  Portanto, não havia momento melhor para apostar nele.

abs,
RicaPerrone

Saiba por que Henrique Dourado seria a maior contratação da história do Timão

Leia o post original por Milton Neves

Foto: Nelson Perez / FluminenseFC

O mercado da bola segue agitado no futebol brasileiro.

Agora chegou a vez do Corinthians se mexer para buscar um substituto para o Jô, que se transferiu para o futebol japonês.

E, de acordo com os colegas jornalistas que acompanham o dia a dia do Timão, Henrique Dourado está muito perto de trocar as Laranjeiras pelo Parque São Jorge.

O Ceifador, como é conhecido, não teve uma passagem muito marcante pelo Palmeiras, é verdade.

Mas, no ano passado, brilhou com a camisa do Fluminense, sendo o artilheiro do futebol brasileiro na temporada, com 32 gols.

Ah, e saibam que, se for confirmada, essa será a maior contratação da história do Corinthians.

Afinal, no ano passado, Dourado simplesmente converteu as 11 penalidades que cobrou no Brasileirão.

Logo, imaginem quantos gols ele faria no “campeão mundial de pênaltis a favor”.

Opine!