Arquivo da categoria: Análise

Analise: FIFA x PES 2018

Leia o post original por Rica Perrone

Entre a preguiça do FIFA em agradar sulamericanos e a vontade do PES, esperava-se uma falha do líder de vendas. O PES não tem a jogabilidade do FIFA 14 ainda em 2018. E portanto não pode competir pelo jogo simplesmente. Precisa de mais do que isso e busca.

Estádios, campeonatos, times brasileiros, foco mundial e um gráfico de ambiente que me agrada mais. Menus idem. Acho o PES melhor em quase tudo, menos na jogabilidade.

“E então não resta dúvidas! O Fifa é melhor e pronto”.  Até é, mas…

Em 2018 eles mudaram o sistema defensivo. Jogar FIFA virou uma brincadeira retrô onde os jogos por mais que sejam brilhantemente reais, tem placares surreais. É fácil demais fazer gols, dificil demais evita-los.

Joguei por semanas para ver se não era só adaptação.  Não é. O jogo exige um nível de cuidado defensivo que o torna menos divertido e mais irritante.  Eu diria que o FIFA se entendeu como E-Sport e resolveu profissionalizar o game. Mas, 99% das pessoas que jogam não o fazem por profissão.

Nessa o PES se torna um jogo mais agradável pra jogar rindo com amigos num sofá comendo um petisco. Ele não é melhor, mas é uma alternativa e não mais um cópia que deu errado.

Prefiro o FIFa, mesmo dificil. Acostumei, acho menos travado. Quando você joga uma partida de FIFA, desliga e coloca o PES imediatamente, a impressão é que colocaram calças jeans nos jogadores.

Mesma impacto causa se você for nos dois e procurar o interesse no futebol brasileiro. Os clubes, toscos, não conseguem licenciar seus atletas. E os games também morrem de medo da lei brasileira trabalhista e por isso não arriscam. 90% deles estão autorizados e não estão no game.

Porque? Porque 30 jogadores liderados por um empresário entraram na justiça pedindo direito de imagem, o mesmo que já recebem dos clubes. No Brasil a justiça é simples quanto a trabalhador: Ele tem razão mesmo se não tiver.

E por isso os gringos nos evitam.

Uma pena.

Em resumo. Se quiser se estressar e jogar em alto nível, vá de FIFA. Se quiser brincar com seu filho, vá de PES.

abs,
RicaPerrone

Precisamos falar sobre o Instagram

Leia o post original por Rica Perrone

Ele não tem culpa. Aliás, é extremamente competente na arte de nos jogar na cara o que negamos por um século: “sim, a opinião alheia importa. E pra caralho!”.

“Mas eu não posto pros outros…”, não fode. Então bota no mural de casa a foto.

O entendimento de que ali é uma ferramenta para se contar vitórias é que nos falta.  Ninguém posta boleto, foto com dor de barriga no banheiro, nem o risoto queimado.

Ninguém posta foto dividindo conta no restaurante. Não se escreve na legenda: “esse famoso nem me conhece mas eu pedi a foto ele nem me olhou e tirou, e eu to aqui fingindo que somos parça”.

A vida que queremos mostrar não é a vida que temos. É a vida que eu quero que você saiba. Por ego, vaidade, ostentação, mera estratégia de marketing pessoal. Tanto faz. Eu nunca postei o quanto tenho de parcelas pra pagar do carro ainda. Nem vou.

O problema é quando as pessoas começam a se sentir inferiores por não ter a vida que eles assistem no Instagram.  Mesmo sabendo que ela não é real.

E então vem surgindo uma geração de pessoas malucas por um objetivo impossível, que é a vida perfeita.  Se em 30 segundos a Doriana enganou o Brasil com aquela família de lençóis brancos, imagina o que acontece na cabeça das pessoas vendo isso a cada 30 segundos, não mais por 30 segundos.

É mentira. É quase tudo mentira.

Sua foto é a sua melhor foto. Aquela que deu certo no angulo, a luz, o tapinha no photoshop. E por mais que a gente queira dar uma de diferentão e dizer que “nem se importa”,  o fato de estarmos na rede social implica em nos importarmos.

Gente, eu preciso dizer pra vocês algumas duras verdades.

Atriz gostosa tem diarréia. Maridos de terno fofos que postam a semana toda quanto amam a mulher, também traem.  Ator galã fica sem contrato e mantém a pose pegando até o último centavo de empréstimo no banco pra pagar o aluguel.

Dirigente torce contra o time pela força política e lá ta de camisa “juntão” com a massa que tá chateada pela crise.

Aquele jantar caro é permuta. As roupas que você não pode pagar são merchan.  E existe um aplicativo que clareia os dentes nas fotos.

Cachorro vomitando na sala ninguém posta.  Mas eles vomitam no sofá.

Ontem desejaram o corpo de uma menina que tem cancer no estomago. E pessoas chegando a dizer que “preferem ter a doença se for pra ter aquela barriguinha”.

Caras, é quase tudo mentira. Se espelhe no seu pai, no seu avô, não no seu youtuber favorito.  Até porque você jamais saberá de fato quem é o seu youtuber favorito.

E se souber… deixa pra lá.

abs,
RicaPerrone

É assim, sim!

Leia o post original por Rica Perrone

Não me venham os esquerdistas da bola fazer de cada possibilidade de polêmica uma discussão hipócrita sobre comportamento, violência e educação. “Mulheres e crianças no estádio e o jogador coloca a mão no pau”.  Ah, e nos demais 90 minutos onde ele foi xingado de todos os palavrões do planeta por 50 mil pessoas a …

É assim, sim!

Leia o post original por Rica Perrone

Não me venham os esquerdistas da bola fazer de cada possibilidade de polêmica uma discussão hipócrita sobre comportamento, violência e educação. “Mulheres e crianças no estádio e o jogador coloca a mão no pau”.  Ah, e nos demais 90 minutos onde ele foi xingado de todos os palavrões do planeta por 50 mil pessoas a …

F1 2017 – Vale cada centavo

Leia o post original por Rica Perrone

Já era bom, “virou passeio”.  O F-1 2017 é o jogo mais real e surreal de corridas que já vi.  Simplesmente porque te dá a realidade da F-1 e a opção de guiar carros antigos em pistas atuais. Mas quem compra esse jogo, tenho pra mim que é pela temporada e não pelos extras. E …

F1 2017 – Vale cada centavo

Leia o post original por Rica Perrone

Já era bom, “virou passeio”.  O F-1 2017 é o jogo mais real e surreal de corridas que já vi.  Simplesmente porque te dá a realidade da F-1 e a opção de guiar carros antigos em pistas atuais. Mas quem compra esse jogo, tenho pra mim que é pela temporada e não pelos extras. E …

Sr. Olhão avalia a lista da sub 20

Leia o post original por Rica Perrone

O técnico Alexandre Gallo, chamou seus escolhidos para defenderem a Seleção Brasileira no Muncdial sub-20, são 26 escolhidos, ou seja 4 ainda serão cortados. Abaixo minha análise de cada atleta, sempre lembrando que mesmo para um olheiro profissional, existem atletas desconhecidos, principalmente os que saíram muito cedo do Brasil. Goleiros Marcos – Fluminense – seguro […]

Sr. Olhão avalia Gilberto, do Vasco

Leia o post original por Rica Perrone

Bom dia torcida Vascaina, sei que vocês já viram por aqui minha analise sobre os reforços do Vascão, mas como o Euricão não para de trabalhar, voltei aqui para falar sobre o Gilberto, atacante. Gilberto, é um atacante de área, surgiu para o cenário nacional como grande artilheiro no campeonato pernambucano de 2011 foi contratado […]

Sr. Olhão avalia os reforços do Corinthians

Leia o post original por Rica Perrone

Hoje vou escrever a vontade, falar o que quiser, em dia após vitória sobre o arquirrival a torcida Corintiana não vai nem ligar se eu falar besteira. Falando sério, sempre que muda uma comissão técnica o esperado é que venham muitos homens de confiança do novo técnico, porém esse não foi o caso do Tite […]