Arquivo da categoria: apagão

Eu também faria

Leia o post original por Rica Perrone

Não sei se o Galo que apagou a luz.  Nem sei se o Cruzeiro entregaria o jogo pro Botafogo ao ouvir no rádio que o Galo estava vencendo.  Nunca saberemos. Mas tem uma coisa que eu sei, e que não vou omitir pra parecer fofo: eu faria os dois.

Se eu fosse atleticano, apagaria a luz porque na minha cabeça o Cruzeiro sabendo que um gol sofrido eliminaria o Galo e não lhe causaria NENHUM dano, eu amoleceria, como já vimos campeonatos e mais campeonatos serem decididos dessa forma. Não é ética, é lógica.  Se meu gol ajuda meu rival e não me dá nada de bom, ele é um gol contra. Logo não o farei.

Se fosse cruzeirense, sabendo que o Galo está ganhando, não faria a menor questão de endurecer pro Botafogo e veria com ótimos olhos o gol alheio.  Seja hipócrita na rede social, lá funciona. Mas na vida real, qualquer torcedor do Cruzeiro preferia tomar o terceiro do Botafogo se já soubesse do gol do Galo.

Os dois times estão com o regulamento, o direito anti ético de ser prático e de ostentar a rivalidade entre eles.  Fazer gol pra nós dois é uma coisa. Só pra ajudar meu rival? Não. Ninguém faz.

Nunca saberemos se a luz apagou de propósito, nem se o Cruzeiro entregaria o jogo. Mas por dignidade ou desapego a ele, confesso: Faria os dois. Só depende do lado que eu estivesse.

abs,
RicaPerrone

Diretoria do Santos investiga apagão “inexplicável” na Vila Belmiro

Leia o post original por Perrone

Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, presidente do Santos, determinou uma investigação sobre o apagão na Vila Belmiro, durante a partida contra o Corinthians, pelas semifinais da Libertadores.

O episódio é considerado inexplicável pela cúpula santista. Isso porque não havia motivo aparente, como um temporal, para justificar a queda de energia, ocorrida exatamente no início de um ataque corintiano. Além disso, não houve apagão na vizinhança.

Informações preliminares explicam a falta de luz por um problema com um gerador. Os holofotes estariam ligados a ele. Mas a diretoria espera a conclusão de sua apuração para se manifestar sobre o assunto.

Conselheiros da oposição também querem explicações formais. Avaliam que o episódio denigre a imagem do Santos, ainda mais depois de o clube protestar das faltas de condições em estádios de rivais na Libertadores.