Arquivo da categoria: Atlético/PR

CADÊ o mínimo de PROFISSIONALISMO, hein?

Leia o post original por Craque Neto

Acho essa relação de cautela dos clubes brasileiros com os treinadores até um tanto igual. Ou seja, do mesmo jeito que o empregador dá o boné (leia-se DEMITE!) o cara MUITO antes do término de seu contrato, também acho natural um treinador fazer o mesmo quando tem uma proposta de trabalho melhor. É claro que desde que se respeite as regras contratuais. Só que na minha visão o que o técnico Fernando Diniz fez com o Guarani foi uma tremenda sacanagem. Pelo amor de Deus! O sujeito foi apresentado em dezembro e colocaram uma baita esperança dele resgatar o Bugre […]

O post CADÊ o mínimo de PROFISSIONALISMO, hein? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Santos só tocou a bola, o Atlético/PR pôs pra dentro

Leia o post original por Odir Cunha

O Santos saiu do G4 da maneira mais frustrante e, ao mesmo tempo, previsível possível. Mesmo diante de um adversário limitado, que lhe permitiu ficar mais tempo com a bola nos pés, se contentou em tocá-la de um lado para o outro e, muitas vezes, para trás. O Atlético Paranaense, mesmo recuado a maior parte do tempo, demonstrava mais apetite de gol quando atacava e, por querer mais a vitória, acabou conseguindo.

O resultado foi o mesmo com o qual o santista, em jogos fora de casa, já está acostumado: no finalzinho o time da casa aperta um pouco, consegue uma bola parada e um jogador sem marcação faz o gol da vitória. Inacreditável como o tempo passa e o Santos não consegue mudar sua atitude em jogos no campo do adversário. Só depois que sofre o gol e a viola está em cacos é que se vê alguma correria, alguma vontade de marcar gol, o grande objetivo do futebol. Mas aí é tarde.

Perder a partida e a vaga no G4 com um gol de Paulo André no fim do jogo é o ó do borogodó. Porém, mesmo nas jornadas mais funestas, como esta, ainda há lições a aprender. A primeira é que esse Yuri é mesmo um bom jogador e deve permanecer no time. Aliás, o rapaz pode escolher onde quer jogar, pois o Santos está carente em várias posições.

A segunda constatação que faço é que Renato realmente merece um descanso. O veterano tem errado muitos passes na saída de bola, não faz o jogo evoluir e passa a maior parte do tempo recuando a bola ou tocando de lado, diminuindo a velocidade do time.

Em terceiro lugar, gostaria que alguém me dissesse: quem é o empresário do Diogo Vitor? Aliás, quem é Diogo Vitor? Por que o Ronaldo Mendes, que fez o gol decisivo do título paulista, não entra mais no time e entram esse Diogo Vitor, o Paulinho e até o Alison?

Aliás, por que tirar o Thiago Maia nos últimos minutos para colocar o Alison fora de forma? Só para tomar um gol no finzinho? Dizem que o Thiago Maia disse que estava sentindo alguma contusão. Se foi isso, ainda há uma desculpa, mas não me pareceu que tivesse algum problema.

Bem, o Santos, às vezes, parece um time de moças de colégio de freiras. Seus jogadores não gostam de entrar em divididas, só querem jogar com a bola no pé. Hoje perderam um jogo que era para ganhar se tivessem mais vontade e mais coragem. O torcedor deve estar louco da vida, e com razão. Do jeito que o Santos jogou, perderia de qualquer um. No segundo tempo não chutou a gol, sabe o que é isso?

O técnico Dorival Junior, a quem já defendi várias vezes, hoje pisou no tomate. Parece que ele entra com o Léo Cittadini e o Joel só para poder substituí-los depois. Os dois têm um grave defeito: não sabem proteger a bola, fundamento número um de todo jogador profissional. Perdem na dividida, na cabeçada, perdem na corrida, perdem facilmente o que há de mais precioso no futebol, que é a sagrada posse da bola.

Victor Ferraz também não se achou na nova posição e o zagueirão Luiz Felipe quis entregar o ouro umas duas vezes, no mínimo. Quanto a Gabriel, rebolou mais do que passista da Xis Nove. Com 0 a 0 o rapaz estava dando toquinho de calcanhar. Alguém tem de dizer a ele que o Pelé marcava oito gols em um jogo e nunca rebolou. Mas se quiser rebolar, espere estar 3 a 0 e faltar um minuto para acabar o jogo.

Quem se salvou? Vanderlei, Vitor Bueno, Yuri, Zeca e Thiago Maia. E olhe lá…

Enfim, o Santos não teve a mínima competência para se segurar no G4. Com essa derrota deve cair para o meio da tabela. E se voltar a jogar sem sangue nas veias, sem fome de gol e com medo de entrar nas divididas, perderá de novo do limitadíssimo Fluminense. E perderá do mesmo jeito, com um gol de falha coletiva da defesa.

Como alguém já disse, esse Campeonato Brasileiro está mole de ganhar porque todos os times são medíocres. Mas o problema é que o Santos também é medíocre. Será campeão o medíocre que tiver mais personalidade, mais vontade de ser campeão, e o Santos, como diz o Bozo, parece que só quer chegar aos 44 pontos e entrar de férias.

Torne-se um conhecedor e um divulgador da rica história do Santos. Mantenha vivo o bem mais precioso do nosso time.

Time dos Sonhos + dedicatória + frete pago + Donos da Terra (versão eletrônica) por apenas 68 reais! Promoção continua! Aproveite!
DonosdaTerra Presenteie a você mesmo, ou a um(a) santista querido(a), com um exemplar de Time dos Sonhos e ainda ganhe uma versão eletrônica do livro Donos da Terra. No caso de querer uma dedicatória a outra pessoa, logo após adquirir o livro envie e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br com o nome de quem será presenteado.
Clique aqui para saber como adquirir o seu exemplar de Time dos Sonhos – uma autêntica Bíblia Santista, de 528 páginas – sem nenhuma despesa de correio e com dedicatória do autor, por apenas 68 reais. E ainda receber, gratuitamente, no seu e-mail, o e-book do livro Donos da Terra.

Se quiser adquirir apenas o e-book do livro Donos da Terra, por uma taxa simbólica de R$ 3,00 (três reais), envie e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br para ser orientado a respeito.

Atlético/PR 1 x 0 Santos
Arena da Baixada, Curitiba, 18 horas
Atlético/PR: Weverton, Deivid, Otávio, Sidcley, Paulo André e Walter (Vinícius 13’2ºT); Giovany (Anderson Lopes 19’2ºT), Léo, Thiago Heleno, Ewandro (Pablo 29’2ºT); André Lima Técnico: Paulo Autuori .
Santos: Vanderlei;.Victor Ferraz, Luiz Felipe, Yuri e Zeca; Thiago Maia (Alison 39’2ºT), Renato, Vitor Bueno e Léio Cittadini (Paulinho 28’2ºT); Gabriel e Joel (Diogo Vitor 31’2ºT). Técnico: Dorival Júnior.
Gol: Paulo André 43’2ºT.
Arbitragem: Anderson Daronco (RS), auxiliado por Bruno Raphael Pires (GO) e Alexandre A. Kleiniche (RS).
Cartões amarelos: Giovanny e Sidcley (Atlético); Renato (Santos).

É assim que se joga futebol, com fome de gol, com decisão e coragem. E olhe que o México sempre complica para o Brasil, mas os chilenos passaram um trator por cima. Já que o Santos borrou as calças, o Chile compensou meu sábado:

E pra você, por que o Santos perdeu?


Incrível alguém ainda acreditar no Adriano!

Leia o post original por Neto

Adriano foi visto 'quebrando' a noite após eliminação do Furacão na Libertadores

Adriano foi visto ‘quebrando’ a noite após eliminação do Furacão na Libertadores

Esses dias estava em casa e acompanhei uma partida do Atlético Paranaense pela Libertadores. Vi o Adriano em campo visivelmente puxando a perna. Era um nítido sinal de que ele não tinha totais condições físicas para estar ali. Mas, enfim, o Furacão quis ser louco de bancar uma oportunidade para esse rapaz. Pois então, deu no que deu: jogou dinheiro fora. Após a eliminação do time da competição continental, ele faltou em dois treinos e a diretoria do clube decidiu rescindir seu contrato.

Só acho curioso, pra não dizer loucura, ver alguém ainda acreditando na palavra desse ex-jogador em atividade. Pra mim ele não tem o menor discernimento do ridículo que ele está passando. Na boa! Na minha visão ele está arrebentando com toda história positiva que ele criou no futebol.

Mais ridículo ainda foi o próprio Adriano vindo a público para dizer que tem dezenas de propostas de clubes do exterior. Eu não duvido. Entretanto fico impressionado com a falta de conhecimento desses clubes. Reafirmo o que disse aqui em outras oportunidades. Pra mim ele não só não vai voltar a jogar em alto nível como nunca mais vai conseguir encaixar uma temporada decente por um time.

Seu comportamento nos últimos quatro anos é totalmente inaceitável para um profissional do futebol. Isso é igual em qualquer lugar do mundo. Descartou aposentadoria? Mal sabe ele que já está aposentado faz tempo.

Ainda não consigo acreditar no Imperador

Leia o post original por Neto

Adriano assinou contrato de produtividade com o Furacão

Adriano assinou contrato de produtividade com o Furacão

O Adriano foi apresentado oficialmente como novo reforço do Atlético/PR para a disputa da temporada 2014. Demorou, mas enfim vestiu a camisa do Furacão. Bem, juro que gostaria de acreditar nesse cara, como fiz dezenas de vezes. Mas com toda a sinceridade não consigo. Por mais que ele apareça sorrindo nas fotos e dizendo que gostaria de dar a volta por cima, seu anti-profissionalismo das últimas temporadas supera qualquer coisa. Impressionante o migué que ele deu nas passagens por Roma e Corinthians. Sem contar a enrolada que ele deu no Flamengo na última vez que esteve na Gávea.

No Timão ele chegou ao ponto de faltar em mais de 60 sessões de fisioterapia. Isso porque ele tinha feito uma cirurgia no tendão de aquiles, é mole? E por mais que de fato ele esteja motivado, será que o problema com o álcool não vai bloqueá-lo novamente? Vale lembrar que ele não joga futebol há praticamente dois anos. Disse em uma entrevista que só lhe falta preparo físico para poder estrear no time paranaense. Só isso? Para atletas com seu porte físico a preparação é fundamental. Senão mal vai conseguir andar em campo.

Que o Adriano tem qualidade, isso ninguém nunca questionou. Era um atacante de alto nível. Mas como disse, era. Que me desculpe o torcedor do Atlético vou continuar tratando o Imperador como ex-jogador até que ele prove o contrário. E torço sim para que faça muito gols e queime minha língua. Mas uma pena que isso ainda seja algo muito distante.

Acreditar ou não no improvável?

Leia o post original por Neto

Após dois anos parado, Adriano treina no Furacão

Após dois anos parado, Adriano treina no Furacão

Apesar de estar de férias acompanhei o ‘Donos da Bola’ da Band e vi os amigos levantando uma questão que para mim parecia esquecida no passado. Os caras discutiram se o Adriano Imperador vai ou não voltar a jogar em alto nível. Só pode ser brincadeira, né? Primeiro a reflexão que tem que ser feita é se ele vai ou não voltar a entrar em campo profissionalmente. Isso sim! Na minha visão acho muito difícil isso acontecer. Primeiro porque ele não deve parar de levar a vida boêmia, o que é totalmente incompatível com o profissionalismo que o futebol exige nos dias atuais. E mesmo que a diretoria do Atlético/PR passe a mão na cabeça dele e lhe dê regalias, a tendência é que isso arrebente o bom clima do elenco paranaense.

Vejam bem, torço também para que ele volte. Sempre torci. Mas prefiro enxergar o óbvio do que trabalhar o improvável. Fazer um jogador retornar após dois anos parado não é nada fácil. Fazer isso com um cara com mais de 30 e que tem sério problemas psicológicos é pior ainda. Isso sem contar que o Adriano teve uma grave cirurgia no tendão de aquiles.

Adriano foi um centroavante espetacular, um dos melhores que vi jogar no estilo de força física. Mas a bola dele ficou no passado. Ainda assim respeito os sonhadores.


 

Furacão à beira de um desmanche catastrófico

Leia o post original por Neto

Apesar do aproveitamento de campeão, Vágner Mancini não teve contrato renovado

Apesar do aproveitamento de campeão, Vágner Mancini não teve contrato renovado

Apesar de ter sido vice-campeão estadual, vice também da Copa do Brasil e terceiro colocado do Campeonato Brasileiro, continuo com a mesma opinião de algumas semanas. Acho que o Atlético Paranaense é a equipe mais regular do País. Conseguiu formar um elenco de jogadores desconhecidos mas de muita qualidade. Caras de boa técnica que encaixaram perfeitamente em um esquema tático bem definido. Só penso que a partir de agora a diretoria tem que correr atrás para evitar um rápido desmanche.

A tendência é que boa parte do time deixe o Furacão. Afinal os direitos federativos deles ficaram muito inflacionados. O primeiro a zarpar da capital paranaense foi o meia Everton, que já foi aprovado nos exames e é o novo reforço do Flamengo para 2014. Os atacantes Éderson, artilheiro do Brasileirão com 21 gols, e Marcelo Cirino, eleito pela CBF a revelação do Nacional também podem seguir um novo rumo em suas carreiras. O Corinthians, por exemplo, se interessou por Marcelo, mas a direção do Atlético fixou os valores em 12 milhões de euros. Aí o acordo emperrou!

O zagueiro Manoel foi durante muito tempo pretendido pelo Palmeiras. O ala direito Léo também foi assediado pelo Flamengo. Já o técnico Vágner Mancini, responsável por um incrível aproveitamento de 62,3% dos pontos disputados, foi comunicado que não teria seu contrato renovado. Brincadeira, né? Fico pensando se a cartolagem do Furacão está consciente dos seus atos. Porque se perder mais três ou quatro peças importantes vai brigar na próxima temporada para não ser rebaixado. Depois não digam que não avisei.

O Vasco choramingar vaga na elite é piada, né?

Leia o post original por Neto

Vascaíno pisa na cabeça de torcedor desacordado

Vascaíno pisa na cabeça de torcedor desacordado

Sempre demonstrei minha admiração pelo ídolo Roberto Dinamite, um dos maiores jogadores da história do futebol brasileiro. Mas não dá pra negar que administrativamente ele e toda sua equipe tem deixado muito a desejar. Os caras em menos de cinco anos rebaixaram o Vasco em duas vezes. Isso não pode acontecer! Pra completar, além de cair vergonhosamente dentro do campo, os dirigentes estão insistindo em uma virada de mesa. É brincadeira?

Estão querendo anular a última partida alegando que deveria ser anulada por falta de segurança. Tudo bem que houve de fato um problema nesse sentido na Arena Joinville. Mas quando um não quer, dois não  brigam. A torcida cruz-maltina também partiu pra porrada nas arquibancadas. Aliás, foram eles que mais arrumaram confusões em jogos nesse Brasileiro. Se não me engano foram uns três ou quatro quebra-paus promovidos pelas organizadas do Vasco. E isso só pra se limitar àqueles que foram transmitidos ao vivo na TV.

Como diz o Dinamite abaixo, o Furacão tem até responsabilidade pelas cenas de violência. De repente merece sim uma punição. Mas isso nada tem a ver com o desempenho ridículo dos jogadores vascaínos. Acho que ao invés de reivindicar uma vaga que o clube não merece, a cartolagem deveria colocar o rabo entre as pernas e trabalhar firme e forte para fazer o Vasco voltar à elite do futebol do País. A vergonha pelo rebaixamento já deveria ter sido assimilada. É apenas resultado de muita incompetência.

O Mano não quis o Flamengo! Deu no que deu…

Leia o post original por Neto

O artilheiro Hernane 'Brocador' marcou o 34º gol dele na temporada

O artilheiro Hernane ‘Brocador’ marcou o 34º gol dele na temporada

Na noite desta quarta-feira o Flamengo conquistou seu terceiro título da Copa do Brasil. Foi a consagração um grupo limitado tecnicamente mas com muita raça, força de vontade e alguns valores individuais excelentes. A bola que o Elias e o Hernane estão jogando no Mengão é de encher os olhos. Curioso é que esses caras só começaram a crescer na temporada depois que o Mano Menezes deixou o clube. E naquela oportunidade ele disse que os jogadores não entenderam o método dele trabalhar. Poxa vida! Ainda bem, né torcedor rubro-negro?

O Jayme assumiu o time, bem ao estilo do Carlinhos e Andrade (caras que conhecem o Flamengo e também foram campeões) e soube conduzir o elenco com inteligência. No Brasileirão a equipe está meia-boca, não dá pra negar. Mas nessa Copa do Brasil foi o legítimo campeão. Arrancou na reta final. Particularmente eu acreditava mais no potencial do Furacão, que pra mim tem um time mais ajeitado. Mas depois que a decisão foi para o Maracanã, aí já era, né? A força da torcida rubro-negra é impressionante. E o Mano preferiu abandonar o barco. Que coisa, hein?

O Clube de Regatas Flamengo tem uma força incrível. Se nos últimos 10 anos tivesse sido administrado de forma correta, sem roubalheira, seria um dos maiores clubes do planeta. Não tenho dúvidas disso. Mas muita gente picareta passou por ali. Só espero que com o presidente Eduardo Bandeira de Mello esse cenário comece a mudar. O primeiro passo foi dado.

Tricolor cai da Ponte: Na semifinal da Copa Sul-Americana caiu do cavalo quem pensou que o São Paulo teria força para reverter o placar do primeiro jogo contra a Ponte. Os 3 a 1 do Morumbi foram mais do que suficientes para fazer o valente time da Macaca segurar um empate em Mogi Mirim e garantir uma vaga na decisão da competição internacional. Algo inédito na história centenária dos campineiros. Parabéns a diretoria, ao técnico Jorginho e a toda boleirada. Só acho incoerente e não entra na minha cabeça o fato dessa equipe ter sido rebaixada no Brasileirão. Pra mim não tem lógica.

Furacão é o melhor time do País!

Leia o post original por Neto

Éderson é artilheiro do Brasileirão com 16 gols

Éderson é artilheiro do Brasileirão com 16 gols

Me desculpem os milhões de fanáticos torcedores atleticanos que vibram pelos gols do Galo, atual campeão da Libertadores. Me desculpem também os cruzeirenses doentes que estão radiantes com o óbvio título brasileiro do Cruzeiro. Mas pra mim não tenho dúvidas de que HOJE a melhor equipe do País é do Clube Atlético Paranaense. A bola que eles estão jogando é digna de muitos aplausos. E vejam como são as coisas, né? A direção contratou o Vágner Mancini com o objetivo de traçar um planejamento para evitar o rebaixamento. E a que ponto chegamos!

Hoje o Furacão é vice-líder do Campeonato Brasileiro e finalista da Copa do Brasil. É mole ou quer mais? Os flamenguistas já estão comemorando o título por antecipação, mas vocês vão ver a força do adversário. Esse time tem um ataque muito poderoso com o bom atacante Marcelo (que vem sendo sondado pelo Corinthians), Dellatorre e o oportunista Éderson, artilheiro desta edição do Brasileirão com 17 gols. A defesa é consistente e tem um baita entrosamento. O central Manoel tem muita qualidade e já está na mira de clubes da Europa. Ah, isso sem contar o veterano Paulo Baier. Esse cara é muito bom de bola. Pra quem não sabe ele é o maior artilheiro do Nacional nessa Era dos pontos corridos com 99 gols.

Pra mim o Atlético vai faturar essa Copa do Brasil e/ou certamente ficará com uma vaga na Libertadores por ser um dos quatro primeiros colocados no Brasileiro. Só espero que os dirigentes não aproveitem esse sucesso pra fazer caixa em 2014. Faturar é importante, mas manter o time forte para a 2014 é fundamental. Com toda a sinceridade estou na torcida pelos paranaenses.