Todos os posts de Milton Neves

Bolão do Miltão: Timão vence na Colômbia pela Sul-Americana. Na Copa do Brasil, empate entre Verdão e Cruzeiro!

Leia o post original por Milton Neves

Bolao-GIF-600

 

COPA DO BRASIL

Palmeiras 1 x 1 Cruzeiro. Estes dois já decidiram duas vezes a Copa do Brasil, o Cruzeiro ganhou em 96 e o Verdão em 98. Agora um vai ficar pelo caminho e nessa primeira partida equilíbrio, mas esse gol fora de casa pode pesar pró Raposa…

Grêmio 2 x 0 Atlético-PR. Tranquilo para o Imortal, apesar da ducha de água fria que levou do Coringão no Brasileiro…

Flamengo 1 x 0 Santos. A fase do Peixe não é boa e o Mengo tem um timaço, que se engrenar vai dar muito trabalho neste ano… Sobre o duelo: um ex-atacante, hoje comentarista de tevê, atuou pelo Fla e pelo Santos. Clique aqui e veja sua página na seção “Que Fim Levou?”

Atlético-MG 2 x 1 Botafogo. O Galo vai levar um susto mas depois vira contra o Fogão.

COPA SUL-AMERICANA

Defensa y Justicia  1 x 1 Chapecoense. Tudo igual no primeiro duelo, na Argentina.

Patriotas 0 x 1 Corinthians. Puxa, certeiros mesmo eram os mísseis “Patriots” na Guerra do Golfo. Bom, detesto guerras, e aqui a artilharia precisa será do Timão, um gol apenas, mas “na mosca”.

Ponte Preta 2 x 0 Sol de América. A Macaca faz bom resultado no Moisés Lucarelli.

Fluminense 1  x 0 Universidad Católica. O Flu também faz sua lição de casa!

COLOQUE SEU E-MAIL NA MENSAGEM PARA CONTATO, OK? SOMENTE SERÃO VÁLIDOS PALPITES COM O E-MAIL, POIS DO CONTRÁRIO NÃO TEREMOS COMO NOS COMUNICAR COM O VENCEDOR.

Os palpites postados serão válidos até às 19h30 (horário de Brasília) desta quarta-feira (28.06.2017). Apenas um prognóstico (com os respectivos placares completos) por participante, um único IP, ok?. Aqueles que enviarem mais de um prognóstico não serão considerados. Favor escrever os nomes dos times do jeito que eu fiz, pois fica fácil na hora de conferir. Portanto, não valerão palpites com abreviaturas, apelidos e sem acentos. Também só serão considerados palpites em uma única mensagem, ou seja, não valem palpites em duas mensagens (uma com alguns jogos e outra com outros). Vencerá aquele (a) que acertar mais jogos, mas em caso de empate, o ganhador será definido por sorteio.

E o felizardo (ou felizarda) vai receber em casa um par de calçado Rafarillo (não necessariamente igual ao das fotos abaixo), pois a remessa depende dos modelos disponíveis no estoque do fabricante

CLIQUE AQUI E ACESSE O SITE DA RAFARILLO

Milton Rafarillo red

Gilberto Camargo Ribeiro, de Valinhos-SP, vencedor de Bolão em junho de 2017

Wellington de Oliveira (de São Paulo), Cláudio Portugal (de Limeira) e João Batista Benetti (o João Mula, de Cuiabá), em junho de 2017

Letícia Zavaglia, de Ribeirão Preto, foi a melhor no Bolão dos dias 22 e 23 de abril de 2017. Ela deu o Rafarillo para o seu namorado, o Guilherme Andrade de Britto, ao seu lado na foto, e mandou a seguinte mensagem: “Acabei de receber o meu Rafarillo, belíssimo e estiloso, ganhei na minha primeira tentativa e agora vou presentear meu namorado, o qual já tentou vários palpites aqui no site e não ganhou, rs. Isso prova que mulher também entende de futebol, kkkkk.”

Este é o Dr. Jeferson Luiz Mezzomo, de Caxias do Sul, com seu belo Rafarillo em seu consultório na Serra Gaúcha!

Este é o colorado Guilherme Schenkel com seu Rafarillo. Ele mora em Campo Novo do Parecis-MT. Ele foi o vencedor na rodada de 18 e 19 de março de 2017. “Recebi meu Rafarillo, belíssimo por sinal. Parabéns pelo blog e pelo comprometimento com quem o acompanha”, escreveu o Guilherme.

O sorridente e competente jornalista Fernando Fernandes

O Diretor da Mondial (líder em eletroportáteis no Brasil), Giovanni Marins Cardoso

O são-paulino Flavio Calderon, vencedor de um Bolão no Blog do Terceiro Tempo

Acima o belo Rafarillo recebido por Jefferson Jean Silva de Oliveira

Este é Adnilson Silva, da Nicom, feliz da vida ao receber seu Rafarillo! E, à direita, já calçando o seu “pisante”!

Marcelo Teixeira com seu Rafarillo, ao lado de Waldir Santos

Este é o ex-goleiro Tomires, de Ribeirão Preto-SP

E se Luan for mesmo corintiano? Qual seria o problema?

Leia o post original por Milton Neves

A noite de segunda-feira foi agitada nas redes sociais.

Uma antiga foto em que supostamente aparece o atacante Luan, do Grêmio, com a camisa do Corinthians, provocou um grande debate entre os internautas.

Bom, mas e se Luan for mesmo corintiano?

Qual seria o problema?

O jogador, que nasceu em São José do Rio Preto-SP, cidade do grande Oscar Roberto Godoi, dificilmente iria torcer para um time do Sul, não é verdade?

O cara é profissional e é um absurdo insinuar que ele perdeu o pênalti de propósito para favorecer seu time de infância.

Cássio que foi gigante!

E Luan não é um caso isolado no futebol.

Afinal, dizem por aí que Casagrande era são-paulino.

Rivellino, ídolo do Timão, era palmeirense.

Sócrates, quando criança, era santista fanático.

Neymar vivia com a camisa do Palmeiras.

Rogério Ceni, por causa de seu pai, era colorado.

Alexandre Pato brilhou com a camisa do Inter, mas quando criança gostava mesmo de usar o manto gremista.

Denílson Show, quando morava em Diadema-SP, vivia cantando o hino do Corinthians.

E Careca, que marcou época no Tricolor, era santista fanático em Araraquara-SP.

Então, meus amigos, deixemos de bobagem!

Opine!

São Paulo precisa “chacoalhar o limoeiro”, mas não vai cair!

Leia o post original por Milton Neves

Foto: Bruno Freitas / UOL Esporte

É, meus amigos, o São Paulo Futebol Clube, que por anos foi o maior time da América do Sul, hoje está estacionado perigosamente perto da zona de degola do Brasileirão.

E a torcida tricolor, que não é boba, já percebeu que a coisa anda feia e tem constantemente realizado protestos no Morumbi.

O alvo, em quase todas as manifestações, é o presidente Leco.

E os revoltados são-paulinos estão certos.

Rogério Ceni, coitado, iniciando a sua carreira como técnico, merecia um time muito melhor para embalar nesta nova empreitada.

Só que, em vez de ajudar, a diretoria só o atrapalha.

Consegue ainda vender os bons jogadores do elenco e, para a substituição deles, tem contratado ilustres desconhecidos que estão esquecidos em algum lugar do mundo.

Alô, Leco, passou da hora de “chacoalhar o limoeiro” aí no Morumbi.

Mas os são-paulinos podem ficar tranquilos.

A temporada será sofrível, mas o Tricolor não vai cair!

Abaixo, ouça a minha opinião sobre a rodada que colocou o Timão com folga na liderança:

Opine!

Em tarde de Gordon Banks, Cássio garante “vitória de campeão” do Corinthians no Sul!

Leia o post original por Milton Neves

Grêmio 0 x 1 Corinthians

Em Porto Alegre, contra o Grêmio, o time do Corinthians fez uma partida simplesmente espetacular.

Paulo Roberto, tão questionado pela torcida quando de sua contratação, teve uma atuação perfeita.

Já o goleirão Cássio, que não viveu um bom momento em 2016, teve participação MAIS DO QUE PERFEITA na “decisão antecipada” do Brasileiro-2017.

Inclusive, não é exagero dizer que o arqueiro foi mais decisivo hoje do que na final do Mundial de 2012, contra o Chelsea.

Afinal, além de defesas inacreditáveis com bola rolando, Cássio também interceptou a penalidade máxima cobrada por Luan, apontado por muitos como o craque do Brasileirão!

Alô, Tite, passou da hora de dar nova chance ao arqueiro alvinegro na seleção, hein?

E no duelo entre os melhores técnicos do campeonato, deu Fábio Carille “com um pé nas costas”.

É impressionante como ele transformou esse modesto Corinthians em uma verdadeira “máquina de vitórias”.

Agora, já que nem o poderoso Grêmio foi capaz, eu insisto na pergunta: quem conseguirá parar esse embaladíssimo Corinthians?

Ponte Preta 1 x 2 Palmeiras

Não é de hoje que o meia Guerra tem carregado o Palmeiras nas costas.

E neste domingo não foi diferente.

O venezuelano marcou dois gols e garantiu a vitória do Verdão sobre a Ponte Preta, em Campinas.

Mas, vejam só, parece que o time de Cuca está embalando, não é verdade?

Vamos ver se conseguirá passar com tranquilidade pelo Barcelona-EQU na Libertadores.

São Paulo 1 x 1 Fluminense

E se Cássio foi espetacular Sul, Renan Ribeiro também foi ótimo no Morumbi.

Chegou a fazer uma sequência de defesas muito parecida com aquela de Rodolfo Rodríguez, em 1984.

Mas, mesmo assim, o seu São Paulo só empatou em casa diante do Flu.

E o Z-4 está cada vez mais perto…

Cruzeiro 2 x 0 Coritiba

Boa vitória da Raposa sobre o Coxa, no Mineirão.

Com o resultado, o Cruzeiro volta a subir na tabela, enquanto o Coritiba segue despencando.

Atlético-PR 4 x 1 Vitória

Eduardo Baptista está começando a embalar com o Furacão.

Será que o Atlético conseguirá passar pelo Santos na Libertadores?

Aguardemos…

Opine!

Leão assusta Peixe e quebra tabu

Leia o post original por Milton Neves

Foto: Marcello Zambrana/AGIF/Estadão Conteúdo (Retirada do Portal UOL)

Santos 0 x 1 Sport

Fora de casa, Luxemburgo surpreende Levir Culpi e garante a primeira vitória do Sport em jogos oficiais na Vila Belmiro. Quem diria hein?

1×0 doloroso e que contrariou o torcedor santista que vaiou o time e cobrou raça dos jogadores. Afinal, hoje, faltou mesmo!

O resultado quebra o embalo do novo treinador do Peixe, mas ainda há muito pela frente. Afinal, essa é a 10ª de 38 rodadas. Então, calma torcedor!

Agora, uma dúvida que não quer calar: rumores da possível ida de Lucas Lima ao futebol espanhol teria atrapalhado o elenco? Abalado as estruturas da Vila Belmiro? O que acha?

OPINE!

Torcer para o São Paulo voltará a ser moleza!

Leia o post original por Milton Neves

Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC

Quem diria?

O São Paulo FC virou saco de pancadas.

O outrora glorioso Tricolor do Morumbi é hoje a quinta força do futebol paulista.

E um dos piores do Brasil.

Há 20 anos que não perdia tanto no Brasileirão.

Até quando resiste Rogério Ceni?

É um mito ameaçado.

“Ameaçado” com exclamação ou com interrogação?

As próximas semanas dirão.

Ou os próximos dias.

Leco precisa dar leite A de Guaxupé-MG para seu raquítico elenco.

Afinal, os conselheiros tricolores não quiseram Pimenta e o time ficou sem Abílio “Parmalat” Diniz.

E sem Abílio “Crefisa” Diniz.

Agora é aguardar e torcer.

Já Rogério Ceni, culpado ou não, lamenta não ter ovos para fazer um bom omelete.

Mas os corredores do Morumbi já gritam que ele é um cozinheiro sem sal e que sua maionese irá desandar.

Tomara que não!

E acho que não!

Ceni nasceu para ser ganhador.

Não quis fazer TV, dispensando fortunas, porque é são-paulino demais.

Foi e é muito mito como goleiro, uma dificuldade.

Fácil é ser técnico, espécie de dono de sauna, que vive do suor alheio.

Definição simplista, mas que ameaça a imagem do segundo maior jogador da história do São Paulo FC.

O primeiro é Roberto Dias (1943 – 2007).

Incrível como “Robertão” Dias, como narrava Geraldo José de Almeida, não tenha disputado uma Copa do Mundo sequer.

Ele é o Ademir da Guia do Morumbi.

74 “não vale” para o Divino, um dos 10 maiores e melhores jogadores da história.

Humilde, calado e superior a Cruyff, mas esqueceu de avisar.

O mundo não soube de Ademir da Guia.

Só que o Vale do Silício deu um jeito e os geniais Roberto Dias e Ademir da Guia “ganharam a Copa de 66”.

Com a criatividade sem fim dos milagrosos meninos da Califórnia-EUA, nasceu outro dia o “Computador de Deus”.

Nele você escolhe e digita a “sua” seleção brasileira, desde 1930, e fica sabendo em segundos em que lugar ficou ou ficaria o Brasil sem os erros de Píndaro de Carvalho, Luís Augusto Vinhaes, Ademar Pimenta, Flávio Costa, Zezé Moreira, Feola-66, Zagallo, Parreira, Coutinho, Felipão 7 a 1 e Dunga.

Fiz isso e “constatei”.

O Brasil foi campeão mundial de 1966 na Inglaterra jogando com Valdir Joaquim de Moraes; Carlos Alberto Torres, Djalma Dias, Roberto Dias e Lima Curinga; Dino Sani, Ademir da Guia e Rivellino; Tostão, Pelé e Edu.

Esse time não marcava ninguém porque o adversário não pegava na bola.

Ganhamos todos os jogos por 4 a 1 e a final foi contra a Argentina.

Edu, o maior 11 da história, maravilhou o mundo e ofuscou Pelé.

Roberto Dias e Ademir da Guia foram definidos como “perfeitos”!

Assim, obrigado ao “Computador de Deus” por fazer justiça a dois gênios esquecidos do São Paulo e do Palmeiras.

Ah, digitei também nesta mágica máquina do passado e do futuro a hashtag #RogérioCeniTreinador.

Saiu: “Campeão Brasileiro de 2017”!

Opine!

Bolão do Miltão: Grêmio vence duelo com o Timão e assume a ponta! São Paulo perde outra e Ceni segue na corda bamba…

Leia o post original por Milton Neves

Bolao-GIF-600

CAMPEONATO BRASILEIRO

Santos 2 x 0 Sport. O Peixe segue na cola do Timão e do Grêmio.

Vasco 1 x 0 Atlético-GO. Depois da goleada sofrida para o Botafogo, o Vascão volta a vencer!

Atlético-PR 2 x 1 Vitória. O Furacão vence o time baiano segue na zona da degola…

Ponte Preta 1 x 0 Palmeiras. A Macaca, recente algoz do Verdão no Paulista, volta a aprontar…

São Paulo 0 x 2 Fluminense. Mais uma derrota do São Paulo e veremos como será a reação da torcida e diretoria sobre a continuidade ou não de Rogério Ceni…

Cruzeiro 1 x 1 Coritiba. Chance enorme de empate. É o que vai acontecer!

Grêmio 2 x 0 Corinthians. Na disputa pela liderança, melhor para o Imortal, que vai deslanchar de vez depois desta vitória! Falando no confronto… Um dos grande ídolos da torcida do Grêmio, uruguaio, teve curta passagem pelo Timão. Clique aqui e veja sua bela página, com muitas informações e recheada de fotos na seção “Que Fim Levou?”.

Bahia 1 x 0 Flamengo. O Tricolor baiano se recupera da traulitada que levou do Timão.

Chapecoense 1 x 1 Atlético-MG. Depois da goleada que levou do Mengo, a Chape consegue esse empate redentor em casa.

Botafogo 2 x 0 Avaí. O Fogão continua fazendo bonito! Segue no G-4!

COLOQUE SEU E-MAIL NA MENSAGEM PARA CONTATO, OK? SOMENTE SERÃO VÁLIDOS PALPITES COM O E-MAIL, POIS DO CONTRÁRIO NÃO TEREMOS COMO NOS COMUNICAR COM O VENCEDOR.

Os palpites postados serão válidos até às 19h00 (horário de Brasília) deste sábado (24.06.2017). Apenas um prognóstico (com os respectivos placares completos) por participante, um único IP, ok?. Aqueles que enviarem mais de um prognóstico não serão considerados. Favor escrever os nomes dos times do jeito que eu fiz, pois fica fácil na hora de conferir. Portanto, não valerão palpites com abreviaturas, apelidos e sem acentos. Também só serão considerados palpites em uma única mensagem, ou seja, não valem palpites em duas mensagens (uma com alguns jogos e outra com outros). Vencerá aquele (a) que acertar mais jogos, mas em caso de empate, o ganhador será definido por sorteio.

E o felizardo (ou felizarda) vai receber em casa um par de calçado Rafarillo (não necessariamente igual ao das fotos abaixo), pois a remessa depende dos modelos disponíveis no estoque do fabricante

CLIQUE AQUI E ACESSE O SITE DA RAFARILLO

Milton Rafarillo red

Wellington de Oliveira (de São Paulo), Cláudio Portugal (de Limeira) e João Batista Benetti (o João Mula, de Cuiabá), em junho de 2017

Letícia Zavaglia, de Ribeirão Preto, foi a melhor no Bolão dos dias 22 e 23 de abril de 2017. Ela deu o Rafarillo para o seu namorado, o Guilherme Andrade de Britto, ao seu lado na foto, e mandou a seguinte mensagem: “Acabei de receber o meu Rafarillo, belíssimo e estiloso, ganhei na minha primeira tentativa e agora vou presentear meu namorado, o qual já tentou vários palpites aqui no site e não ganhou, rs. Isso prova que mulher também entende de futebol, kkkkk.”

Este é o Dr. Jeferson Luiz Mezzomo, de Caxias do Sul, com seu belo Rafarillo em seu consultório na Serra Gaúcha!

Este é o colorado Guilherme Schenkel com seu Rafarillo. Ele mora em Campo Novo do Parecis-MT. Ele foi o vencedor na rodada de 18 e 19 de março de 2017. “Recebi meu Rafarillo, belíssimo por sinal. Parabéns pelo blog e pelo comprometimento com quem o acompanha”, escreveu o Guilherme.

O sorridente e competente jornalista Fernando Fernandes

O Diretor da Mondial (líder em eletroportáteis no Brasil), Giovanni Marins Cardoso

O são-paulino Flavio Calderon, vencedor de um Bolão no Blog do Terceiro Tempo

Acima o belo Rafarillo recebido por Jefferson Jean Silva de Oliveira

Este é Adnilson Silva, da Nicom, feliz da vida ao receber seu Rafarillo! E, à direita, já calçando o seu “pisante”!

Marcelo Teixeira com seu Rafarillo, ao lado de Waldir Santos

Este é o ex-goleiro Tomires, de Ribeirão Preto-SP

O Timão segue imparável, enquanto a arbitragem brasileira continua lamentável!

Leia o post original por Milton Neves

Corinthians 3 x 0 Bahia

O jogo não foi lá dos mais emocionantes, sejamos honestos.

Jô abriu o placar para o líder do Brasileirão aos 24 minutos do primeiro tempo, e depois o Timão passou a esperar o Bahia em seu campo de defesa para explorar o contra-ataque.

No início da etapa complementar, os lances mais polêmicos do duelo.

O primeiro, aos 11 minutos, quando o corintiano Gabriel foi expulso após um lance completamente normal.

Depois, aos 15, o juizão compensou um erro com outro e mostrou cartão vermelho para Renê Júnior após uma jogada totalmente limpa com Fagner.

Por isso estou adorando a novidade do árbitro de vídeo na Copa das Confederações.

Que essa modernidade chegue logo ao futebol brasileiro…

Não é mesmo?

Bom, mesmo depois de toda confusão, ainda sobrou tempo para Balbuena e Marquinhos Gabriel garantirem o ótimo triunfo do Timão no Itaquerão.

Que coisa esse Corinthians, hein?

E aí, quem poderá parar o líder do campeonato?

Ponte Preta 1 x 0 Cruzeiro

Que fase da Raposa, hein?

Será que vai acabar sobrando para Mano Menezes?

Opine!

São Paulo perde mais uma (mesmo sem Lucão) e vai se aproximando da zona da degola… Verdão vence e segue subindo!

Leia o post original por Milton Neves

Atlético-PR 1 x 0 São Paulo.

O Furacão, que precisava mesmo se recuperar, venceu o combalido e fraco São Paulo, gol de Wanderson, logo aos 5 minutos de bola rolando.

O Tricolor jogou sem Lucão, o “bode expiatório” que elegeram nos recentes infortúnios.

Jogou Lugano, para muitos um ex-jogador em atividade, que em um lance bizarro quase proporcionou outro gol do time paranaense.

Pois é, parece que os problemas do São Paulo vão além de Lucão, não é mesmo?

O time é fraco e Rogério Ceni segue se emplacar um estilo de jogo com as peças quem tem.

Verdade seja dita, o time melhorou no segundo tempo, mas principalmente em função da retração do Atlético-PR, que se postou muito atrás e deixou campo para o time do Morumbi ter mais posse de bola mas não concluir.

Está difícil torcer para o Tricolor…

Aí, me lembro da frase que cunhei há décadas:

“Torcer para o São Paulo é uma grande moleza”.

Ah, como o mundo dá voltas…

Palmeiras 1 x 0 Atlético-GO.

O Verdão precisou de 45 minutos para abrir o placar diante do time goiano no Allianz Parque, com Miguel Borja, e ficou nisso.

Muito pouco se levarmos em consideração a diferença abissal de orçamentos entre o clube esmeraldino e o Atlético-GO.

De qualquer forma, garantiu três importantes pontos e subiu um pouco mais na tabela.

Botafogo 3 x 1 Vasco.

No Engenhão, no clássico carioca, Roger fez dois, Victor Luiz marcou o outro e o Fogão marcou três contra apenas um do Cruzmaltino, que fez com Caio.

Bela vitória do time de Jair Ventura que fecha a quarta-feira na quinta colocação.

Atlético-MG 2 x 2 Sport.

No independência, com gol de Osvaldo, o time pernambucano abriu o placar, ainda no primeiro tempo, mas antes da virada de campo, o Galo empatou com Felipe Santana e virou com Fred.

No 2º tempo, de pênalti, Diego Souza deixou tudo igual e ficou nisso.

 

Avaí 0 x 3 Fluminense.
Na Ressacada, Henrique Dourado, o artilheiro do campeonato, marcou o primeiro tento tricolor. Maicon fez contra seu patrimônio, o que ampliou a vantagem do time carioca.
Mascarenhas marcou o terceiro gol do Flu e assim se definiu o placar, bela vitória do time de Abel Braga diante do Avaí.
 E então?
A rodada empolgou?
O São Paulo vai se recuperar?
OPINE!