Arquivo da categoria: Brasileirão

Todo o possível

Leia o post original por Rica Perrone

Eu gosto de ver o Grêmio e o Corinthians jogar pelo mesmo motivo: os dois fazem tudo que podem. O “tudo que pode” do Grêmio é evidentemente melhor que o do Corinthians, por limitações técnicas, o que torna ainda mais incrível o trabalho até aqui.  Mas ainda que os dois times tenham propostas de jogo …

Opinião: seis fatores explicam força corintiana

Leia o post original por Perrone

Desacreditado no começo do ano, campeão paulista meses depois e time que terminou a quinta rodada do Brasileirão na liderança. Como explicar a força da atual equipe do Corinthians? Abaixo, seis pontos que explicam a boa fase alvinegra na opinião deste blogueiro.

1 – Padrão de jogo

O novato Fábio Carille implantou um sistema de jogo eficiente e fácil de ser assimilado pelos jogadores. Esse padrão facilita a entrada de quem vem do banco de reservas. Os substitutos se encaixam sem muito sofrimento. Foi o que aconteceu na vitória contra o Vasco, por 5 a 2, no Rio de Janeiro, apesar de desfalques como os de Rodriguinho, Fágner e Romero.

2 – Bom visitante

Desde o campeonato estadual, o Corinthians se acostumou a jogar fora de casa em busca da vitória. Assim, os triunfos contra Vasco, Atlético-GO e Vitória não podem ser considerados surpreendentes.

3 – Força individual

Não é só o poder de seu jogo coletivo que empurra o Corinthians, mas contar com jogadores que têm desequilibrado, mesmo sem serem tão badalados, também ajuda a explicar a posição do time de Carille na tabela. São os casos do lateral Arana e do meia Rodriguinho.

4 – Recuperação

Atletas que vinham de rendimentos pouco animadores e deram a volta por cima colaboram para o bom momento corintiano. Bons exemplos são Cássio, vindo de temporada irregular no ano passado, e Jô, que chegou desacreditado após um período sem clube.

5 – Descanso

Fora da Libertadores, eliminado da Copa do Brasil e sem jogar pela Copa Sul-Americana desde 10 de maio, o Corinthians tem mais tempo para descansar do que outros rivais que iniciaram o Brasileirão na condição de favoritos ao título, como o Palmeiras, envolvido na Copa do Brasil e na principal competição continental.

6 – Preparo físico

A boa preparação física dos corintianos permite com que os atletas sigam fielmente o plano de jogo de Carille, com todos voltando para marcar e explorando rápidos contra-ataques a fim de surpreender os adversários.

Sem muita “frescura” Carille vem realizando excelente trabalho no Corinthians.

Leia o post original por Nilson Cesar

Muitos afirmam que o Corinthians não têm elenco para conquistar o campeonato brasileiro. Sinceramente não entro nesse time. Acho que o Corinthians pode sim brigar pelo título brasileiro nesta temporada de 2017. Tem um bom time e se conseguir mais 3 ou 4 peças de reposição pode brigar pela ponta até o final da competição. O fato de não estar  disputando Libertadores da América também pode ser um fator positivo em se tratando de conquista do título do Brasileirão. Não vejo nenhum “bicho  papão”. Claro que só estamos no começo da competição, mas o Corinthians tem também um treinador que sem muita “frescura” ,vem realizando o seu trabalho de maneira muito positiva.Parabéns ao Carille, para todo grupo de jogadores do Corinthians . Não será fácil derrotar o Corinthians nesta competição. Os adversários sabem muito bem disso.

Tudo pode quando é “só futebol”

Leia o post original por Rica Perrone

Veja você, torcedor do futebol não caramelizado e sem flocos crocantes, como ainda é fácil reviver uma legítima tarde de futebol. Mesmo que longe do meio a meio do Maraca, que é meu cenário ideal para clássicos, os dois times se enfrentaram sob a dignidade mínima exigida do bom futebol que é permitir a entrada …

Opinião: em Chapecó, melhor elenco do Brasil não justificou seu preço

Leia o post original por Perrone

Na opinião deste blogueiro, Cuca fez bem em poupar parte de seus titulares do jogo em Chapecó. Afinal, o alto investimento feito em contratações não foi para ter um só time forte, mas dois. O objetivo é fazer com que o rendimento seja semelhante independentemente de quem está em campo. Isso permite disputar com tranquilidade uma competição longa como o Brasileirão e ter condições de brigar por mais de um título na temporada.

Só que em seu primeiro teste de força no Brasileiro, o time misto do Palmeiras decepcionou ao perder para a Chapecoense por 1 a 0 fora de casa. Não que o time de Chapecó seja fraco. Pelo contrário, é organizado e já tinha conseguido um empate em São Paulo contra o Corinthians. Mas, com o elenco que tem, o Palmeiras deve ser cobrado por vitórias quando enfrenta equipes mais modestas, seja onde for.

Prass, Michel Bastos, Tchê Tchê, Roger Guedes e Willan formam uma base suficientemente forte para brigar por três pontos fora de casa contra a Chape. Claro que o fato de ser apenas o terceiro jogo com Cuca atrapalha, mas os que entraram em campo estão devendo. A equipe escalada tinha obrigação de fazer muito mais do que se preocupar prioritariamente em se defender, como quem se contenta com o empate.

 Jogar para empatar fora de casa e acabar perdendo por 1 a 0 é para quem tem um time muito mais barato do que o atual campeão brasileiro. O dono do melhor elenco do Brasil, pelo menos na opinião deste blogueiro, precisa fazer muito mais.

Quem são vocês pra reclamar?

Leia o post original por Rica Perrone

Na história fica a verdade e para a história fica o que vocês quiserem contar.  Um dia os clubes TIVERAM que se unir para fazer um Brasileirão e formaram nossa primeira e sonhada Liga. A Copa União de 87 foi seguramente o melhor campeonato brasileiro que já tivemos. Durante o processo político com a CBF, …

Corinthians ainda precisa evoluir muito.

Leia o post original por Nilson Cesar

O Corinthians precisa de reforços e necessita evoluir muito para brigar pelo título brasileiro. Os regionais servem de parâmetro para pouca coisa. Não se iluda o torcedor do timão, pois com esse grupo, acho quase impossível o título do Brasileirão por exemplo. Precisa de mais qualidade no ataque . Gente para chegar e jogar. Nada de jogador ” meia boca”. O Corinthians é grande demais para disputar competições para não brigar por título. A direção sabe disso e acredito que para o campeonato brasileiro poderemos ter novidades no timão. Vamos aguardar e com certeza o torcedor do Corinthians irá cobrar.

Fantasy com prêmios em dinheiro!

Leia o post original por Rica Perrone

Imagine ser o cartola de um time e poder escalar quem quiser, no campeonato que quiser, ganhando dinheiro de verdade e não só tapinha nas costas se for bom mesmo? Achei! Olha esse site www.escalacao.com. Eu explico: Existem diversos torneios , você escolhe um e entra e vai sendo premiado ($). Podendo entrar em vários. …

Minha seleção do Brasileirão

Leia o post original por Rica Perrone

Essa acima é a seleção da Globo. A minha muda um pouco, mas nenhum dos escolhidos acima eu chego a “discordar”.  Apenas trocaria por um critério ou outro uns nomes. Sempre importante lembrar os mais neuróticos que quando você opta por João e não por Pedro, não quer dizer que Pedro jogou mal. Apenas que …