Arquivo da categoria: brasileiro

Grande rodada para Corinthians e São Paulo

Leia o post original por Flavio Prado

Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

São Paulo e Corinthians se enfrentarão no próximo domingo no Morumbi, depois de uma rodada positiva para os dois, cada um dentro do seu objetivo.

O São Paulo venceu um confronto direto contra o Vitória. Nas rodadas anteriores , o time não conseguiu superar seus adversários mais próximos. Além do resultado, um aspecto muito positivo do jogo foi a atuação de Cueva. O peruano é um dos jogadores mais qualificados do elenco e faz péssimo campeonato. Cueva bem ajuda muito o São Paulo.

O Corinthians abriu ainda mais vantagem no campeonato. Mesmo com 3 derrotas em 5 jogos no returno, o time não sofreu na matemática. O líder somou 6 pontos na segunda etapa da competição, o segundo colocado fez apenas 4. A vantagem é enorme, dificilmente o título vai escapar e com a vitória o time poderá seguir mais tranquilo seu caminho na competição.

Corinthians ainda perderá mais alguns jogos mas será Campeão Brasileiro.

Leia o post original por Nilson Cesar

Calma torcedor do Corinthians . O time ainda vai perder mais alguns jogos mas será Campeão Brasileiro.  Só faço a ressalva de perder para times muito fracos  tecnicamente e dentro de casa. Agora não pode perder mais. Já deu a cota,. Carille e seus comandados estão de parabéns até agora. A campanha está espetacular. Vejo só o Grêmio em condições de brigar com o Corinthians pelo título até o final. O campeão matematicamente deverá aparecer somente nas 2 ultimas rodadas e isso irá garantir emoção até o final da competição. Definições para os quatro primeiros que irão para a Libertadores e aqueles que irão  ser rebaixados para a série B. Muita água ainda vai rolar e o bicho vai pegar …

Clássico com muitos gols e instabilidade

Leia o post original por Flavio Prado

Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

O jogo entre Palmeiras e São Paulo foi divertido para quem assistiu, muitos gols e viradas, mas mostrou que são dois times que oscilam muito, inclusive dentro do mesmo jogo.

As duas equipes foram muito mexidas durante a temporada. Trocaram de técnico e mexeram no elenco, ainda sentem falta de uma identidade mais bem definida.

Claro que a situação do São Paulo é muito mais complicada. O time corre risco de rebaixamento e não mostra sinais consistentes de reação. Mesmo nas vitórias contra Botafogo e Cruzeiro, o São Paulo não foi um time estável. Contou com o aleatório e com a bola parada de Hernanes. Falta profundidade ao time, faltam jogadores mais incisivos, que incomodem o adversário, muitas vezes é um time lento e sem profundidade. Agora o time enfrenta dois adversários diretos, Ponte Preta e Vitória, o desempenho nesses confrontos não tem sido bom.

O Palmeiras sofre mais pela expectativa criada. O time deve conseguir vaga na Libertadores, mas a ilusão em torno de um possível super time para o ano atrapalhou muito. O Palmeiras é vítima da própria expectativa e isso foi um peso enorme durante o ano.

Cuca está vivendo um mau momento como treinador e Palmeiras tem inúmeros jogadores apenas razoáveis

Leia o post original por Nilson Cesar

O técnico Cuca que sem dúvida trata-se de um grande treinador,  está vivendo um mau momento. O Palmeiras definitivamente para mim está cheio de jogadores apenas razoáveis. Cuca ainda não conseguiu montar um time. A equipe vai brigar para estar entre os seis primeiros colocados do campeonato brasileiro, e hoje isso é um fato. O Palmeiras contratou mal e nesta temporada não convenceu nem o mais fanático de seu torcedor. O ambiente dentro do clube também não me parece bom. Muita coisa deve ser refeita para a temporada de 2018 e sinceramente acho que teremos grandes mudanças dentro do clube incluindo a direção de futebol e comissão técnica também. Vamos aguardar e esperar as novidades do Verdão.

São Paulo no sufoco

Leia o post original por Flavio Prado

Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Um jogo maluco no Morumbi. O Cruzeiro perdeu um pênalti, o São Paulo saiu na frente, tomou a virada e conseguiu ainda a vitória.

Existem várias formas de avaliar um jogo. Uma delas é o resultado puro e simples, o São Paulo conseguiu pontos fundamentais em uma briga contra o rebaixamento que promete se arrastar até as últimas rodadas. Outra análise é sobre o desempenho das equipes e neste ponto o São Paulo preocupa muito.

O time não conseguiu jogar bem contra o Cruzeiro, sofreu muito para criar oportunidades e quando tomou a virada se perdeu completamente no lado emocional, o time mineiro perdeu a chance de liquidar o jogo e foi castigado.

Uma virada pode ajudar na recuperação pelo menos do emocional, mas a impressão era a mesma depois da vitória contra o Botafogo. Na sequência o time perdeu para Coritiba e Bahia. O emocional é importante, o embalo, o apoio da torcida, mas o time precisa jogar, precisa de desempenho e o São Paulo está devendo muito.

Na próxima rodada, o adversário é o Avaí. O time catarinense é concorrente direto na luta contra o rebaixamento. O São Paulo não tem bom desempenho contra os rivais diretos e isso tem um peso grande na classificação.

São Paulo vira o turno entre os últimos

Leia o post original por Flavio Prado

Foto: Rubens Chiri/SPFC

Depois da improvável virada contra o Botafogo, o São Paulo perdeu para dois adversários diretos na luta contra o rebaixamento e jogou fora o que conseguiu no Rio de Janeiro.

A situação é preocupante, claro que o São Paulo não tem um dos 4 piores times do campeonato, mas isso tem um peso relativo no momento. Outros fatores pesam bastante contra o São Paulo.

O time foi montado com o campeonato em andamento, o preço da falta de um planejamento melhor está sendo cobrado e o emocional também pesa bastante. Um time grande ameaçado joga com um peso enorme. As duas derrotas quebram totalmente o emocional que parecia melhor.

 

Corinthians tranquilo

Leia o post original por Flavio Prado

Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

O primeiro turno do Corinthians é histórico. Time invicto e 47 pontos ganhos em 19 rodadas. Foram 15 vitórias e 4 empates.

No ano passado, o Palmeiras fechou o turno na liderança com 36 pontos. A diferença é de 12 pontos em relação ao líder de 2017.

O Corinthians venceu com facilidade o Sport, que briga por vaga na Libertadores. O time de Carille sofre pouco na defesa, o posicionamento defensivo é quase perfeito, pouco espaço entre as linhas e os jogadores. No primeiro tempo contra os pernambucanos, o Corinthians não fez nenhuma falta e mesmo assim não deixou o adversário jogar.

Normalmente, o campeão no Brasileiro por pontos corridos faz um pouco mais de 70 pontos. O Corinthians já está perto dos 50, ou seja no segundo turno vai precisar de um pouco mais da metade dos pontos que fez no primeiro turno para ficar com o título. Pelo desempenho, pela matemática e por todas as circunstâncias, é muito improvável que alguém ameace o título do Corinthians.

São Paulo volta para a zona de rebaixamento

Leia o post original por Flavio Prado

Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

O São Paulo perdeu para o Coritiba no Morumbi e voltou para a zona de rebaixamento.

Difícil imaginar que o São Paulo mantenha uma regularidade no Campeonato Brasileiro. O time foi muito modificado com a bola rolando, chegaram alguns jogadores, saíram outros e o técnico foi trocado. Por mais que o time tenha boas individualidades, o jogo é coletivo e um time não é formado de uma hora para a outra.

Neste momento o lado emocional pesa muito. O São Paulo venceu o Vasco depois de 9 rodadas de jejum e recuperou a confiança, conseguiu reverter resultados adversos contra Grêmio e Botafogo, algo que parecia impossível em rodadas anteriores.

Na próxima rodada, o São Paulo vai enfrentar o Bahia, mais um adversário direto. Uma nova derrota pode derrubar o time no lado emocional e isso é perigoso no atual momento.

Empate melhor para o São Paulo

Leia o post original por Flavio Prado

Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

São Paulo e Grêmio empataram no Morumbi. Apesar de permanecer na zona de rebaixamento, vejo o empate melhor para o São Paulo, dentro do objetivo de cada equipe.

Era importante para o São Paulo não perder. Um time nesta situação sofre muito na parte emocional, o São Paulo venceu o Vasco depois de 9 rodadas sem um resultado positivo, uma derrota na sequência poderia derrubar o emocional da equipe.

O Grêmio quer o título e com o empate ficou mais distante do Corinthians. São 8 pontos de diferença para um time que quase não perde, soma pontos sempre.

Dentro de campo foi nítida a diferença no estágio das equipes. O Grêmio é muito mais forte coletivamente, tem uma sequência de trabalho e de elenco. O São Paulo está sempre recomeçando, ainda parece um time em pré-temporada.

São Paulo se enrola ainda mais

Leia o post original por Flavio Prado

A situação do São Paulo no Campeonato Brasileiro é muito preocupante. Não é uma simples questão matemática, a diferença para o primeiro time fora da zona de rebaixamento não é grande.

O time não mostra poder de reação e se abate muito fácil, o lado emocional pesa muito.

O São Paulo nos últimos anos vive em constante mudança de elenco e técnico. O time não tem nenhuma identidade, sempre está recomeçando. O ano inteiro tem cara de pré-temporada.

O primeiro passo para resolver o problema é entender exatamente o que está acontecendo e os dirigentes do São Paulo parecem distantes da realidade. Os discursos são de uma aparente tranquilidade, como se tudo fosse resolvido automaticamente a qualquer momento.