Arquivo da categoria: Chapecoense

O Barça goleou, mas o nome do jogo foi Apodi! E viva a Chape!

Leia o post original por Milton Neves

Barcelona 5 x 0 Chapecoense

O resultado, é claro, pouco importava.

O jogo entre Barcelona e Chapecoense foi uma ótima ideia do clube catalão para homenagear as vítimas da tragédia com o avião da LaMia e também para celebrar a boa recuperação dos sobreviventes.

E foi emocionante ver Alan Ruschel jogando, não é mesmo?

Bom, e com a bola rolando, não poderia dar outra coisa: goleada do Barça por 5 a 0.

Ou seja, podemos dizer que a Chape foi MUITO melhor do que o Santos, que levou 8 a 0 em 2013.

Mas, sem exageros, Apodi foi o nome do jogo!

O lateral brasileiro simplesmente deitou e rolou para cima do espanhol Jordi Alba.

Dois chapéus, uma caneta e ainda saiu de campo aplaudido pela torcida do Barça!

Espetacular!

E que não falte apoio aos familiares das vítimas da tragédia do ano passado!

Polêmica com Neymar

E, claro, a torcida do Barcelona aproveitou a oportunidade para cutucar Neymar.

Mas pegaram MUITO pesado com o novo reforço do PSG.

Os torcedores cantaram: “Aquí no te queremos, Neymar muérete (aqui não te amamos, morra, Neymar)”.

Algo completamente desnecessário em um jogo organizado para homenagear as vítimas da tragédia da Chapecoense, não é verdade?

Opine!

É muito amor! São Paulo perde outra vez e vive paixão inédita com a “zona da degola”!

Leia o post original por Milton Neves

Ehhh são-paulino, você ainda vai sofrer muito este ano…

E eu, que afirmo que o São Paulo é “incaível”, começo a ter as minhas dúvidas.

Contra o Bahia, mais uma vez, nada funcionou para o time paulista.

Erros primários e absurdos, da defesa ao ataque, foram exaustivamente repetidos.

Os baianos também erraram demais, mas ainda sim, foram superiores.

Um jogo para ser esquecido, pois teve qualidade técnica digna de várzea.

Daí torcedor, não adianta reclamar, os gols do Bahia foram legais!

Arbitragem perfeita, a não ser pelo pênalti marcado em Pratto, lance normal.

Futebol é esporte de contato, “sô”!

E quando a fase é ruim, não adianta chorar e mendigar pênaltis, faltas e cartões…

O negócio é jogar simples e não esquecer a objetividade, coisas que o Tricolor do Morumbi não faz. Além de gol, não é mesmo?

Após a nova derrota, o que você espera torcedor, o São Paulo vai cair?

OPINE!!!

Obrigado Affonso Ata & Cia

Leia o post original por Odir Cunha

dia dos pais
Time dos Sonhos e Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros por apenas 38 reais o exemplar, com dedicatória e porte pago.
Clique aqui para comprar antes que acabe!

Obrigado Affonso Ata & Cia

Acompanhei o jogo do Santos contra a Chapoecoense pelos comentários deste blog, enquanto preparava o jantar. Sim, um jornalista, escritor e blogueiro também tem suas funções domésticas e culinárias, tão importantes como as demais. Sofri com as críticas ao time, pois eram um reflexo do mau futebol apresentado, mas vibrei com a notícia postada em primeiro lugar pelo leitor-comentarista Affonso Ata, de que Vecchio tinha marcado um golaço sem ângulo. O mesmo Ata informou-nos primeiro de que a partida, felizmanete, havia acabado.

Foi uma experiência diferente e gratificante. Pois a Suzana acompanhava o jogo pelo placar do UOL e descobrimos que as notícias sobre o jogo vinham mais rápidas pelo blog do que pelo portal, em uma participação comovente dos meus companheiros santistas.

Por eles, ou melhor, por vocês, fiquei sabendo que Kayke jogou mal, que Vanderlei saiu em falso duas vezes e ainda tomou um cartão amarelo bobo por cera, e que Lucas Lima e Vecchio podem, sim, jogar juntos. Fiquei sabendo, ainda, que o Santos venceu sem convencer, e que se não fosse a sua defesa, teria amargado um resultado ruim.

Uma informação que me deixou triste, mas não surpreso, é a de que o público não chegou a 5.600 pessoas. Sem o apoio dos torcedorez de outras cidades, é isso mesmo que se pode esperar da quantidade de torcedores na Vila Belmiro. Mas a torcida do Santos é bem maior, como veremos domingo de manhã no Pacaembu, diante do Bahia.

E nesta quinta-feira não esqueça: às 18 horas começa a final do Campeonato Brasileiro Feminino, com as Sereias da Vila buscando um título inédito contra o Corinthians na Arena Barueri. No estádio só será permitida a torcida do rival, mas poderemos ver torcer pelas meninas pelo Sportv.

Às 18 horas desta quinta-feira as Sereias da Vila podem conseguir o título inédito de campeãs brasileiras, em jogo de torcida única na Arena Barueri. O Sportv transmitirá e você, santista, poderá viver fortes emoções. Como venceu na Vila Belmiro por 2 a 0, o Santos será campeão mesmo que perca por um gol de diferença, e se fizer ao menos um gol obrigará as adversárias a marcarem quatro, o que é improvável.

Boto fé na centroavante argentina Sole Jaimes, artilheira do campeonato, com 17 gols. Algo me diz que hoje ela deixará o seu e ajudará o Santos a enriquecer ainda mais o seu invejável currículo. Outros destaques do Santos são a goleiraça Dani Neuhaus, uma das melhores em atividade no País; Patricia Sochor, autor de um golaço por cobertura na primeira partida da final, e a experiente Maurine, que mesmo sem estar em sua melhor forma, ainda é muito importante para a equipe.

Estamos correndo contra o tempo para lançar o livro mais importante da história do Santos, mas sem o seu apoio será impossível! Participe da campanha de pré-financiamento de “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, um livro único, que vale por um título mundial, e tenha o seu nome impresso nessa edição histórica! Essa oportunidade tem prazo limitado.

Prossegue a campanha de financiamento coletivo para o lançamento do livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, uma obra única, que nos encherá de orgulho e consolidará o Santos em outro nível na história do futebol mundial. Os autores são Marcelo Fernandes e eu. Prestigie. Garanto que não vai se arrepender. Há muitas recompensas para quem adquirir o livro nesta fase de pré-lançamento.

Clique aqui para entrar no time que vai lançar o livro das viagens maravilhosas do Santos pelo mundo. Ele está pronto e precisa ser impresso. Vamos transformar este sonho de todo santista em realidade. Participe e não se arrependerá!

Reserve desde já os melhores presentes para o Dia dos Pais
O Dia dos Pais está chegando, será em 13 de agosto, e nenhum presente é mais duradouro do que um livro com a história do time do coração do velho. Na livraria deste blog o Dossiê e o Time dos Sonhos continuam a preços de custo. Aproveite!
Entre a compra dos livros, que pode ser parcelada, e a entraga pelos Correios, pode haver uma diferença de até quatro dias úteis. Não deixe para a última hora.

pai santista
Aquele que te fez santista jamais pode ser esquecido

Ninguém vende Time dos Sonhos e Dossiê mais baratos

time-dossie ok

Compare os menores preços do mercado e compre o Dossiê e o Time dos Sonhos

Time dos Sonhos
Livraria 2005, RJ, livro usado: R$ 52,89
Sebo do Monge, SP, livro usado: R$ 57,70
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva e três PDFs de brinde: R$ 38,00

Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros
Livraria Capítulo Primeiro, livro usado, Santos: R$ 67,89
Travessa da Praia, livro usado, Santos, R$ 87,89
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva: R$ 38,00


Santos acelera na subida

Leia o post original por Antero Greco

A fama de corneteiro é do palmeirense – justa e histórica. Mas santista também gosta de soltar a buzina no ouvido do próprio time. Não perdoa o menor vacilo, sobretudo quando joga na Vila Belmiro. E vários estavam azucrinando os jogadores, ainda no primeiro tempo do jogo desta quarta-feira com a Chapecoense. Só pararam com a vitória – 1 a 0, gol de Vecchio.

Falar em exibição de gala do Santos seria exagero. Tampouco foi um fiasco. Jogou para o gasto, com altos e baixos nada diferentes da maioria dos concorrentes. Ao contrário, até está em ascensão. Parece ter se aprumado, após o impacto da troca de comando. Levir Culpi colocou a equipe nos eixos, sem grande ousadia e à sua maneira.

Até que Levir teve um gesto de atrevimento, ao colocar Vecchio no meio-campo, em princípio para marcação. Como meia de origem, deu conta do recado e ainda se atreveu a ir ao ataque em algumas ocasiões. Na melhor delas, no segundo tempo, fez o gol decisivo. Lucas Lima também se destacou, com a qualidade de sempre nos passes. A defesa comportou-se bem.

O Santos aumentou para cinco a série de invencibilidade no Brasileiro, já com Levir. São dois empates e três vitórias. Com os 27 pontos atuais, mantém perseguição ao vice-líder Grêmio e fica à espreita de tropeços corintianos. Talvez não brigue pelo título, mas pode ao menos repetir desempenho do ano passado, quando terminou em segundo lugar.

Pode não ser muito; porém, lhe garantirá, na pior das hipóteses, vaga para a Libertadores.

 

Noite de muitas emoções

Leia o post original por Odir Cunha

dia dos pais
Time dos Sonhos e Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros por apenas 38 reais o exemplar, com dedicatória e porte pago.
Clique aqui para comprar antes que acabe!

Às 18 horas desta quarta-feira as Sereias da Vila podem conseguir o título inédito de campeãs brasileiras, em jogo de torcida única no Itaquerão. O Sportv transmitirá e você, santista, poderá viver fortes emoções. Como venceu na Vila Belmiro por 2 a 0, o Santos será campeão mesmo que perca por um gol de diferença, e se fizer ao menos um gol, obrigará as adversárias a marcarem quatro, o que é improvável.

Boto fé na centroavante argentina Sole Jaimes, artilheira do campeonato, com 17 gols. Algo me diz que hoje ela deixará o seu e ajudará o Santos a enriquecer ainda mais o seu invejável currículo. Outros destaques do Santos são a goleiraça Dani Neuhaus, uma das melhores em atividade no País; Patricia Sochor, autor de um golaço por cobertura na primeira partida da final, e a experiente Maurine, que mesmos em estar em sua melhor forma ainda é muito importante para a equipe.

Os homens, contra Chape

Às 19h30, na Vila Belmiro, o Santos receberá a Chapecoense com a obrigação de vencer. O adversário, que começou bem este Brasileiro, agora luta para não entrar na zona de rebaixamento. Como sempre ocorre quando enfrenta uma equipe mal colocada, o Santos precisará entrar focado e determinado, ou novamente deixará escapar pontos bobos.

O Alvinegro Praiano deverá ser escalado por Levir Culpi com jogar com Vanderlei (ou João Paulo), Matheus Ribeiro, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Leandro Donizete (ou Alison), Yuri e Lucas Lima; Copete, Thiago Ribeiro e Kayke.

A Chapecoense, do técnico Vinícius Eutrópio, provavelmente jogará com Jandrei, Apodi, Douglas Grolli, Fabrício Bruno e Diego Renan; Andrei Girotto, Lucas Marques, Moisés Ribeiro, Luiz Antônio e Seijas; Wellington Paulista (ou Túlio de Melo). Nem é preciso dizer que o ex-santista Wellington Paulista merecerá atenção especial.

A arbitragem será de Elmo Alves Resende Cunha, auxiliado por Fabricio Vilarinho da Silva e Cristhian Passos Sorence, todos de Goiás. Que trabalhem bem, sem privilégios e sem os erros crassos que vimos nos jogos Botafogo 2, Sport 1, e Internacional 1, Luverdense 0, nos quais os times das casa foram absurdamente favorecidos. Que o Santos ganhe na bola.

Estamos correndo contra o tempo para lançar o livro mais importante da história do Santos, mas sem o seu apoio será impossível! Participe da campanha de pré-financiamento de “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, um livro único, que vale por um título mundial, e tenha o seu nome impresso nessa edição histórica! Essa oportunidade tem prazo limitado.

Prossegue a campanha de financiamento coletivo para o lançamento do livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, uma obra única, que nos encherá de orgulho e consolidará o Santos em outro nível na história do futebol mundial. Os autores são Marcelo Fernandes e eu. Prestigie. Garanto que não vai se arrepender. Há muitas recompensas para quem adquirir o livro nesta fase de pré-lançamento.

Clique aqui para entrar no time que vai lançar o livro das viagens maravilhosas do Santos pelo mundo. Ele está pronto e precisa ser impresso. Vamos transformar este sonho de todo santista em realidade. Participe e não se arrependerá!

Reserve desde já os melhores presentes para o Dia dos Pais
O Dia dos Pais está chegando, será em 13 de agosto, e nenhum presente é mais duradouro do que um livro com a história do time do coração do velho. Na livraria deste blog o Dossiê e o Time dos Sonhos continuam a preços de custo. Aproveite!
Entre a compra dos livros, que pode ser parcelada, e a entraga pelos Correios, pode haver uma diferença de até quatro dias úteis. Não deixe para a última hora.

pai santista
Aquele que te fez santista jamais pode ser esquecido

Ninguém vende Time dos Sonhos e Dossiê mais baratos

time-dossie ok

Compare os menores preços do mercado e compre o Dossiê e o Time dos Sonhos

Time dos Sonhos
Livraria 2005, RJ, livro usado: R$ 52,89
Sebo do Monge, SP, livro usado: R$ 57,70
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva e três PDFs de brinde: R$ 38,00

Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros
Livraria Capítulo Primeiro, livro usado, Santos: R$ 67,89
Travessa da Praia, livro usado, Santos, R$ 87,89
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva: R$ 38,00


Timeco do Leco segue no Z4

Leia o post original por Fernando Sampaio

Timeco do Leco segue no Z4

Há tempos o São Paulo virou Timeco do Leco.

Desde 2016 apelidei assim o Tricolor do Morumbi.

Este ano o time está fazendo jus novamente.

O elenco até deu uma melhorada. Este ano vieram Jucilei, Cícero, Pratto, Petros…. Mesmo Wellington Nem que não está jogando nada chegou com expectativa positiva. Acontece, nem todas as contratações de jogadores mais caros dão resultado. Até aí, tudo normal. O problema continua fora de campo.

O grande problema tem sido a gestão.

Juvenal foi mal no final. Saiu e ficou pior: Aidar foi caso de polícia e Leco não é do futebol.

No ano passado foram inúmeras trocas de treinadores, escolhas duvidosas e sem critério. Quando acerta, como no caso do Osório, pisa na bola. Não existe uma filosofia, não existe planejamento, parece biruta de aeroporto.

Este ano Leco pensou na eleição e escolheu o técnico pelo critério “politicagem”. Pagou caro. Rogério Ceni não tinha currículo, nem experiência. Poderia dar certo? Sim mas a chance era mínima. Foi uma aposta arriscada.

O clube não suporta mais inexperiência e amadorismo.

Além de não ter manter uma mesma filosofia de trabalho, as mudanças no elenco são frequentes. Você treina um time durante a semana e horas antes da partida o cara é vendido. Impossível fazer um bom trabalho. O técnico não participa da escolha e formação do elenco, até porque o técnico hoje não chega a durar seis meses.

E não são só treinadores que são desrespeitados pela atual diretoria. Comissão técnica e jogadores também. São vários exemplos. No mais recente, pisaram na bola com Cueva. O peruano foi o melhor da temporada. Pediu um aumento. Disseram que o clube estava sem dinheiro e trouxeram Nem ganhando bem mais. Antigamente, a maioria dos jogadores queria jogar no São Paulo. Hoje o cara troca por qualquer coisa, ninguém está disposto a ficar passando vexame, sendo vaiado e queimado, prefere jogar na Rússia, na China….

Dorival terá muito trabalho.

O torcedor vai ficar mais um ano vendo o time na parte de baixo da tabela.

Lamentável.

 

Você viu o SP por aí?

Leia o post original por Antero Greco

O São Paulo sumiu. Deve ter sido abduzido por algum disco voador, um bando de ETs ou coisa do gênero. Só pode. Porque o time vencedor, com camisa que entorta varal e que tem taça de tudo quanto é qualidade, desapareceu do Brasileiro. O que se vê, ultimamente, é um arremedo de equipe, um monte de jogador sem saber o que fazer.

É duro ver como desmontaram o Tricolor. Dói constatar como erros constantes de escolhas o empurram para baixo na classificação. A fase atual é desdobramento da mediocridade em que se transformou a administração do clube nos últimos anos. Antes modelo de governança, agora parece mais uma agremiação qualquer de terceira categoria.

Mas, por incrível que pareça, não acredito em queda. Pois é, na Série A deste ano tem tanto competidor ruim, e fazendo força para ser rebaixado, que dá para ter esperança de salvação. Apesar de não ganhar há nove rodadas, mesmo com os 12 pontos em 14 rodadas, o torcedor pode manter a fé de que a permanência na elite será possível. Tem muito jogo pela frente.

Porém, se quiser mesmo continuar na Primeira Divisão e reconstruir-se em 2018, precisa urgentemente jogar bola. Um pouquinho que seja, o suficiente para evitar mais vexames, como o deste domingo, na derrota por 2 a 0 para a Chapecoense. Não se trata de tarefa fora do comum, impossível de ser alcançada. Uma pitadinha de qualidade ajudará.

O que se viu em Chapecó foi, de novo, uma porção de atletas em busca de conjunto. Dorival Júnior até manteve a escalação do meio da semana – a mudança foi Bruno na direita no lugar de Buffarini -, como forma de acelerar entrosamento. Ou seja, definiu um grupo titular com o qual trabalhar; daí, aos poucos, fará ajustes.

Mas dá-lhe ajustes a fazer. A defesa ficou um pouco menos exposta, não o suficiente para evitar os dois gols catarinenses. O meio-campo esboçou ligeira reação, igualmente aquém do necessário. Cueva teve lampejos dos bons momentos do início da temporada. Pratto pareceu um zumbi perdido no ataque.

Injusto, todavia, descer a lenha em Dorival Júnior. Ele não tem uma semana de casa, mesmo que os resultados sejam ruins. Precisa de um mínimo de crédito. Caso contrário, aí vira balbúrdia de vez.

Feia a situação. Horrorosa a bola murcha tricolor destes tempos sombrios.

Vocação

Leia o post original por Rica Perrone

Criada na década de 70, campeã logo em seguida. Promovida a elite do futebol nacional, destroçada por um acidente que comoveu, doeu, mas lhe apresentou ao mundo. A Chapecoense parece ter vocação para escrever uma das histórias mais incríveis do futebol mundial. Que clube é esse que perde a Libertadores de manhã e consegue dormir …