Arquivo da categoria: Diego

Convicções de Tite geram injustiças na Seleção

Leia o post original por Craque Neto

Não tenho dúvidas sobre honestidade e decência do profissional Tite, técnico da Seleção Brasileira. Apesar da CBF viver cercada por uma turma de índole totalmente duvidosa, o treinador é um cara totalmente do bem. Sei que ele não convoca por esquema, mas por convicções. E meus questionamentos são em cima dessas convicções. Ainda mais porque elas automaticamente geram injustiças com muitos jogadores de qualidade. Vejam o caso do goleiro. O Tite insiste em convocar o Alisson como titular. Deverá sim ser o camisa 1 do Brasil na Copa da Rússia. Além dele outros que tem oportunidade são Weverton e até […]

O post Convicções de Tite geram injustiças na Seleção apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Invenções de Tite podem colocar Copa a perder

Leia o post original por Craque Neto

O técnico Tite convocou nessa sexta-feira o grupo da Seleção Brasileira que vai disputar dois amistosos contra Argentina e Austrália nos próximos dias 9 e 13 de junho. Como já era esperado ele poupou grandes nomes como o atacante Neymar e os laterais Daniel Alves e Marcelo. Todos os três afirmo sem medo de errar que já estão na Copa da Rússia no ano que vem. O que me surpreendeu pra dizer bem a verdade foi a ausência do goleiro Cássio. O corintiano já vinha merecendo há um bom tempo uma oportunidade. Está evidente que se ele não foi agora, […]

O post Invenções de Tite podem colocar Copa a perder apareceu primeiro em Craque Neto 10.

E o Flamengo, hein? Que vergonha dessa jogadorzada!

Leia o post original por Craque Neto

Ontem estava com dores de cabeça e acabei dormindo mais cedo. E para minha surpresa acordei pela manhã e descobri que o Flamengo acabou eliminado da Libertadores pelo San Lorenzo da Argentina com o gol no último minuto. Ou seja, o time rubro-negro entrou na rodada líder de seu grupo e acabou fora. Isso só pode ser brincadeira, né? Veja bem, a torcida está pegando no pé dos dirigentes do clube, mas será que eles tem culpa mesmo? Poxa vida! Os caras pagaram milhões de dívidas e montaram um baita elenco para o Flamengo brigar pela taça da competição continental. […]

O post E o Flamengo, hein? Que vergonha dessa jogadorzada! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

O reencontro

Leia o post original por Rica Perrone

O Maracanã está para o Flamengo como qualquer estádio particular está para seu dono no mundo todo. A idéia de um estádio de todos é bastante contestável toda vez que o Flamengo entra em campo. Diria que se os dois pudessem falar, implorariam aos dirigentes para jamais sequer sugerirem a idéia de um outro estádio. …

Ué, esse cheirinho de título tá longe, hein?!

Leia o post original por Craque Neto

Na temporada passada o torcedor do Flamengo estava confiante que o time rubro-negro passaria o Palmeiras na classificação e ficaria com mais um título do Brasileirão. Vieram até com aquele papinho furado de ‘cheirinho’ que ganhou repercussão monstruosa. E não dá pra negar que o elenco que a diretoria montou era pra sonhar com taça sim. Afinal que clube hoje em dia pode ter a disposição três centroavantes como Guerrero, Damião e Felipe Vizeu? Pelo amor de Deus! Fora Diego e Arão que acertaram esse meio-campo do técnico Zé Ricardo. Até por isso a massa foi confiante que venceria o […]

O post Ué, esse cheirinho de título tá longe, hein?! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Sem climão, Flamengo é melhor

Leia o post original por Rica Perrone

O que faria de um Flamengo e Vasco um jogo igual, hoje, é apenas o fato de ser um Flamengo e Vasco.  É evidente que o rubro-negro está melhor, tem mais time e joga mais futebol há algum tempo. Mas por ser clássico, por ser quem é, o Vasco iguala as condições pré jogo rapidamente. …

Fla, Galo e o empate ruim para ambos

Leia o post original por Antero Greco

Não se deve tirar o mérito do Atlético-MG, jamais. Faz boa campanha, ainda com chance até de título. Ou, no mínimo, a segunda colocação. Tem time pra isso.

Mas, aqui entre nós, o Flamengo deixou escapar uma oportunidade e tanto, na tarde deste sábado, para manter-se na cola do Palmeiras. No primeiro tempo do clássico com o Galo, no Mineirão, jogou muito, criou chances, abriu vantagem de 1 a 0. Poderia liquidar a fatura antes do intervalo. Porém (sempre tem um porém), tirou o pé na segunda parte, tratou de garantir o resultado. Conclusão? Se deu mal, tomou a virada e ainda encontrou forças para o empate definitivo por 2 a 2.

Placar ruim para ambos, pois na pior das hipóteses continuam com 5 (Fla) e 6 (Atlético) pontos do líder, respectivamente. Escrevo antes do jogo entre Santos x Palmeiras, por isso no momento afirmo que a disputa se mantém aberta, apesar de mais difícil para os dois que entraram em campo antes.

A decepção, na verdade, foi o Fla, por aquilo que mostrou na etapa inicial. Zé Ricardo soube deixar a equipe redonda, bem protegida na defesa e ágil do meio para a frente. O Atlético ensaiou algumas descidas, logo de cara, mas aos poucos cedeu terreno. A turma rubro-negra aproveitou-se disso, começou a empurrar a marcação para o campo adversário e foi testando os reflexos de Victor.

A postura melhor resultou no gol de Diego, aos 32 minutos. O Galo sentiu o golpe, abriu-se e por pouco não levou o segundo, quase em seguida. Foi atordoado para os vestiários, refrescar a cabeça.

O segundo tempo mostrou o Fla menos impetuoso, mais cauteloso, preocupado muito cedo em garantir os três pontos. Além disso, Zé Ricardo tirou Gabriel aos 14 (entrou Sheik) e Fernandinho aos 26 (colocou Alan Patrick). As mexidas não surtiram efeito. Ao contrário, quebraram o ritmo do time.

O Atlético percebeu a mudança de ritmo, explorou brechas e virou, com  Robinho aos 35 (pênalti) e Pratto aos 41. Dava o salto para a segunda colocação. O Fla encontrou força para empatar, com Guerrero aos 44. E ficaram nisso.

Jogo eletrizante, sobretudo no final. Na prática, pode representar o fim das esperanças para um lado e outro.