Arquivo da categoria: Dinamite

O í”cone” da injustiça

Leia o post original por Rica Perrone

Não convém fazer de Fred um jogador do tamanho que ele merece.  Talvez porque não seja de um dos times mais populares do país, talvez porque parte da mídia tenha vergonha de reconhecer o exagero no massacre de 2014.

Seja pelo motivo que for, Fred coleciona títulos, artilharias, números e argumentos que só mesmo um desequilibrado pode contestar.  Mas esses não faltam. E ontem Fred escreveu mais um capítulo na história do futebol brasileiro que será citado com menos entusiasmo que um gol de Benzema em Madrid.

Passou Zico, encostou em Edmundo e Romário. O artilheiro do Galo deve encerrar a carreira perdendo, talvez, só para o Dinamite, artilheiro maior da competição.

E quando ultrapassar Romário usarão uma nova mentira para menosprezar o melhor 9 que tivemos desde a curta carreira de Adriano.

Gostemos ou não, Frederico não tem culpa de não estar na linhagem Careca, Romário e Ronaldo. O que não faz dele menor, apenas não lhe dá a condição de gênio.

Sabe aquele filme muito bom mas que você sai frustrado do cinema porque você criou uma expectativa sobre ele ainda maior? Então. A culpa normalmente não é do filme.

Pelé teve média de 0,57 gols por jogo no Brasileiro.  Zico de 0,54. Edmundo 0,48. Fred tem 0.53.  Longe de ousar compara-los, mas será possível que a gente vá passar a carreira toda desse cara contestando e colocando “poréns” ao invés de curtir a história sendo escrita e poder dizer, em alguns anos, “Eu vi o Fred jogar”?

abs,
RicaPerrone

Medido, examinado e apresentado! Neymar veste a camisa do Barcelona e começa uma nova etapa em sua carreira!!! O craque terá problemas para se adaptar ao futebol do Barça?

Leia o post original por Milton Neves

Sonho realizado: Neymar é jogador do Barcelona.

Com contrato assinado, festa no Camp Nou e mil petecadas para os novos fãs.

Tudo que o astro tem direito.

Mas ver o “Pelezinho da Vila” com outra camisa é um pouco melancólico.

Pelo menos para o santista.

É como se deparar com um grande amor nos braços de outro.

E ter que aplaudir.

O Peixe só tem motivos para agradecer o atacante pelo que fez dentro de campo.

Jogando com alguns “surdos”, regeu a orquestra de um instrumento só.

Agora, chega à “Filarmônica da Catalunha”, onde não será mais a atração principal, mas sim uma parte importante do espetáculo.

Xavi, Iniesta e Messi devem ajudar muito o brasileiro.

Que precisará desta “forcinha” para adaptar-se o quanto antes ao estilo de jogo do Barça e da Europa.

*Durante a coletiva de imprensa, o vice-presidente do Barcelona confirmou o valor de R$ 158 milhões, que envolve os direitos federativos e econômicos do craque, além de seus vencimentos

E para você, amigo internauta, o brasileiro se juntará a Romário, Rivaldo, Ronaldo e Ronaldinho Gaúcho, no panteão tupiniquim do Barça?

Ou Neymar corre o risco de ser um novo Roberto Dinamite – que chegou badalado e saiu esquecido – em solo espanhol?

Opine!!!

Fumaça preta na chaminé mostra que o Papa ainda não foi escolhido! Se o novo Pontífice torcer pelo Palmeiras ele só será eleito na segunda? Saiu a fumaça branca!!! E não é que venceu um argentino!!!

Leia o post original por miltonneves

Para ver mais ótimas montagens visite o www.futirinhas.com

E aí, amigo internauta, qual foi a melhor piada dos Papas?

Mande nos comentários a sua!

E saiu a fumaça branca!!!

Venceu Jorge Mario Bergoglio, que será chamado Papa Francisco.

Opine!!!

Dinamite mistura o ídolo Romário com “bugalhos”

Leia o post original por Mion

Romário e Dinamite já tiveram momentos bons juntos. As intrigas não podem mexer na história de cada um dentro do Vasco.

A expressão de origem portuguesa “não misture alhos com bugalhos” encaixa direitinho neste episódio entre Roberto Dinamite e Romário. A língua ferina do baixinho já nocauteou centenas de pessoas, nem o Rei escapou. Quem esquece da declaração… “O Pelé calado é um poeta”. Em toda a sua carreira Romário criou atritos muitas vezes por ser autêntico e inconsequente, fala o que passa pela cabeça.

Concordo que Dinamite deve ser respeitado, o baixinho exagera, porém os dois maiores ídolos da história do clube deveriam ter posturas diferentes. Dinamite ostenta a condição de maior ídolo do clube. Está para o Vasco o que Zico representa ao Mengão ou Falcão no Inter. Hoje é presidente e como todo cargo público está sujeito às críticas.

Romário pode ter extrapolado nas palavras, mas Dinamite não tem o direito e não seria correto em represália tirar a estátua de Romário do Estádio de São Januário ou então cobri-la com uma capa de chuva. Romário foi um dos maiores atacantes de todos os tempos do futebol mundial, cria do Vasco e sem dúvida é o segundo maior ídolo da gloriosa história vascaína. Se as brigas e desavenças são inevitáveis que pelo menos continuem apenas nas palavras ofensivas e contundentes.

A estátua do baixinho é um patrimônio histórico do clube e não pode ser atingida por picuinhas políticas ou desavenças pessoais. Não tenho a menor dúvida seria uma grande mancha na história do Vasco e Dinamite ficará com a imagem de invejoso e despeitado. Na real mesmo, São Januário deveria ostentar três estátuas. Entre grandes ídolos e craques que defenderem o clube, ficariam muito bem colocadas as estátuas de Romário, Dinamite e Juninho Pernambucano.

E aí Dinamite? Cadê os salários?

Leia o post original por Neto

Presidente não vem pagando em dia os atletas do Vasco

Poxa vida! Sempre fui um dos maiores defensores da administração do Roberto Dinamite no Vasco. Quando ele finalmente conseguiu ganhar as eleições e tirou o Eurico Miranda de São Januário, fiquei contente pra valer. Acabava ali uma diretoria que se apoderou do clube por mais de uma década. Estou certo que muito torcedor cruz-maltino pensou como eu. E apesar das dificuldades, o time correspondeu dentro de campo. Fez uma baita temporada em 2011! Para quem não lembra a equipe dirigida pelo Ricardo Gomes/Cristovão Borges chegou na reta final de todas as competições que disputou. Foi vice-campeão do Estadual, campeão da Copa do Brasil e vice do Brasileirão. É mole?

Mas para minha surpresa o trabalho desse ano tem sido ridículo. Com problemas financeiros se desfez do Diego Souza, um dos principais atletas do elenco, não chegou em nenhum final de campeonato (não vale Taça Guanabara!) e quando ia consolidando uma posição entre os quatro primeiros do Brasileirão, deixa de pagar salários? Aí não dá, né? É lógico que o desempenho cai. E não adianta neguinho ir lá no treinamento chamar jogador de mercenário. Isso não existe! Ninguém exerce sua profissão tranquilo se não for remunerado. Em qualquer setor.

Portanto a minha pergunta para o Dinamite é simples: cadê os salários dos caras? O que aconteceu que do dia pra noite tudo foi para o vinagre? Por sinal no arquirrival Flamengo acontece a mesma coisa. Só que lá a administração dos caras é piada. Várzea total! No Dinamite pelo menos eu confio. Só queria entender os motivos reais para tanta mudança. Porque na boa? O Vasco não busca mais o G-4 nem aqui nem na China.

Choradeira boba de Dinamite. R-10, a porta está aberta!

Leia o post original por Mion

A verdade com ou sem dor

O clássico entre Flamengo e Vasco reservou grandes emoções nos últimos minutos, entretanto o maior destaque ficou por conta do pós-jogo.  Do lado vascaíno, a choradeira descabida do presidente Roberto Dinamite. O pênalti reclamado em Thiago Feltri não foi tão absurdo assim. Já o lance em Leo Moura não tem nem comparação: Fernando Prass entrou no meio do lateral. Se o árbitro não apitasse teria que ser internado. A bola estava distante de Léo, o goleiro se jogou contra as pernas do adversário.

Roberto marca a sua administração por ser equilibrado, dessa vez “chutou o pau da barraca”. Fez um escândalo desproporcional à realidade da partida. Deve ser duro perder o clássico aos 47 do segundo tempo e de penalidade máxima, porém o futebol é assim. A choradeira desesperada soou como desculpa por uma derrota diante do seu maior rival.

Ronaldinho jogou bem, fez diferença em quatro ou cinco lances, não chegou a ser sensacional, pelo menos teve um rendimento decente.  Após a partida também exagerou. Falou em querer sair pela porta da frente. A pose de vítima não cabe, porque vem recebendo críticas e cobranças por não ter comprometimento e render bem abaixo do que pode: exagera em noitadas e falta treinos. Vive com dores e lesões inexplicáveis. A vitória acalma a dor rubro-negra, entretanto a cura do problema está bem longe. Aliás, a porta da Gávea está bem aberta. É só sair, R-10!

Dinamite, “divisor de águas” da cartolagem

Leia o post original por Mion

Dinamite conseguiu transformar o Vasco: do inferno ao céu.

O sonho de Zico sempre foi assumir a presidência do Flamengo. Não conseguiu até o momento. Coube a Roberto Dinamite inaugurar a nova fase de um ídolo assumir a presidência de seu clube do coração, onde fez história. E deu certo, aliás, muito certo. O Vasco estava no fundo poço tanto na condição de clube quanto na de time.

E qual o segredo de Roberto Dinamite? Além de se cercar de pessoas competentes colocou a serviço da nação vascaína toda a sua experiência dentro do futebol. Dinamite sabe muito bem como pensa o jogador, aquilo que faz um grupo estar motivado ou perder o interesse. Conhece os pontos fortes e fracos dos técnicos e tem intimidade com os bastidores.

Abre uma nova fase, pelo menos um espaço de questionamentos: hoje o cargo de presidente é ocupado por conselheiros, alguns amadores passionais e com boa vontade, outros em busca de poder, vaidade e até interesses escusos. Não tenho duvida, Dinamite veio para ficar e também abrir uma discussão que pode dar novo rumo na administração dos grandes clubes brasileiros.