Arquivo da categoria: elenco

Palmeiras não se apavorou

Leia o post original por Flavio Prado

Na vitória contra o Jorge Wilstermann, o Palmeiras precisou de calma e paciência para conseguir o resultado.

O Palmeiras investiu pesado, formou um elenco forte e naturalmente vem a cobrança por títulos e grandes atuações. Essa cobrança pode atrapalhar o andamento da temporada, mas no jogo da Libertadores a torcida apoiou e jogou com o time.

Eduardo Baptista trabalhou bem. O time boliviano jogou com uma linha de 5 defensores, colada com uma segunda linha com 4 atletas, os espaços eram pequenos e Eduardo colocou jogadores nas pontas para abrir o adversário, esticar a linha defensiva boliviana e abrir buracos. As entradas de Keno e Roger Guedes foram fundamentais na vitória.

Mesmo em uma noite apagada de Dudu e Tchê-Tchê e com Borja perdendo muitos gols, o elenco pesou e outras jogadores fizeram diferença.

Torcedor do Corinthians irá precisar de muita paciência. O São Paulo continua descendo a ladeira.

Leia o post original por Nilson Cesar

O Corinthians venceu a Ponte Preta por 2 x 0, mas durante o segundo tempo tomou um enorme sufoco. O time precisa de reforços, e gente de melhor qualidade. A torcida do Corinthians quer títulos e com esse grupo a possibilidade de conquistas está muito distante. A situação financeira do Corinthians é muito ruim e o torcedor terá que entender esse momento que o clube está atravessando. Se conseguir a vaga para a Libertadores o torcedor do timão terá que soltar rojões. Quanto ao São Paulo , o time continua descendo a ladeira. Esse grupo do São Paulo é perdedor. A direção tricolor precisa passar uma “vassoura” e limpar o elenco. Não adianta trocar o técnico e manter o elenco. Outro detalhe, precisa urgentemente colocar o pagamento dos jogadores em ordem. Acho que o São Paulo nem vaga para a Libertadores irá conseguir. A coisa está feia pelos lados do Morumbi.

Share This:

Continuo afirmando. O Palmeiras de hoje tem um time melhor e mais bem ajeitado que o São Paulo.

Leia o post original por Nilson Cesar

O Palmeiras tem um time melhor hoje e mais bem ajeitado que o São Paulo. O São Paulo é um bando de jogadores regulares correndo atrás de uma bola. Time jogando ajeitadinho e decentemente não existe. Isso é fruto de … Continuar lendo

Coxa tem “café no bule” para manter campanha? Eis a questão

Leia o post original por Mion

Coxa depende exclusivamente de Alex. Ele precisa de companheiros mais qualificados na meia-cancha.

Coxa depende exclusivamente de Alex. Ele precisa de companheiros mais qualificados na meia-cancha.

Apenas 7 rodadas. A cada rodada o Coritiba briga pela liderança. A imprensa nacional analisa com desconfiança. A maioria coloca em discussão algo pertinente: o Coxa terá gás para manter esta campanha e brigar pelas quatro vagas da Libertadores. Não dá nem para falar em liderança porque no Brasileirão sempre há variação na primeira colocação. E a maior dúvida não é a qualificação do time ou do trabalho de Marquinhos Santos e sim as opções em caso de lesões e suspensões. Talvez aí resida o pecado da atual administração do clube, inclusive cometido pela maioria dos clubes brasileiros: elenco numeroso e caro, porém sem qualidade.

O técnico Cuca no domingo falou tudo em uma frase: “o meu elenco tem 20 jogadores e mais seis garotos dos juniores. Gastamos o dinheiro de 35 contratações em 20, mas todos têm excelente nível”. O Coritiba possui um elenco de 36 jogadores, é muita gente. Poderia dispensar pelo menos uns 15 e contratar quatro jogadores mais qualificados, no caso um lateral-direito, dois volantes e atacante. Não entendi a volta de Marcos Paulo, já não resolveu da última vez, só vem encher a prateleira. Na falta do segundo volante de qualidade com capacidade de iniciar as jogadas, Marquinhos está sacrificando Bottineli, no Atletiba foi um dos piores em campo. O argentino não desaprendeu, apenas está jogando lá atrás desperdiçando todo o talento que possui na armação e finalização. Bottinelli é mais aquele antigo meia-direita que arma e chega na área para chutar a gol.

Outro fato constatado é a saída de Deivid da área. Ele tenta ajudar Alex na armação de jogadas porque Júnior Urso, Gil e Robinho não são dotados de tanta técnica e criatividade para criarem alguma coisa. Então qual o segredo desse Coxa? Desde Ney Franco a equipe atua no mesmo sistema, tem um padrão definido há quase cinco anos, tanto é verdade que com a saída de Rafinha a diretoria procura outro jogador com as mesmas características. A esquematização é fixa, apenas mudam as peças, isso é ponto fundamental para manter a equipe dentro de um padrão competitivo. Desde as saídas de Leandro Donizeti e Léo Gago o clube não conseguiu repor com jogadores do mesmo nível. Por isso sofre tanto na saída de bola, Vanderlei precisa dar chutão. Existe a dúvida se o Coxa se manterá entre os líderes. Não considero tanta incerteza assim, caso contrate no mínimo dois jogadores de qualidade, poderá sim brigar. Caso contrário ficará entre os 10, isso se Alex continuar decidindo os jogos em dois ou três lances.