Arquivo da categoria: gabriel jesus

Menino iluminado!

Leia o post original por Craque Neto

Acabei de acompanhar a partida do Manchester City contra o Napoli pela Liga dos Campeões. Os ingleses venceram por 2 a 1 com mais um gol do atacante brasileiro Gabriel Jesus. Incrível a bola que esse rapaz vem jogando! Já tem 15 gols em 20 partidas pelo atual clube no futebol europeu. Participou nesse período diretamente de 21 gols. Pelo amor de Deus! E de pensar que há pouco mais de três anos esse menino estava empinando pipa na periferia de São Paulo. Isso é mérito exclusivo dele e da sua mãe que sempre colocou juízo na cabeça dos filhos. […]

O post Menino iluminado! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Seleção Brasileira sofre com safra de artilheiros???

Leia o post original por Craque Neto

Confesso que sou meio saudosista com o futebol do passado. Quem acompanha minhas mídias sabe o quanto eu valorizo o ex-jogador e a história do esporte. Poxa vida! Sou do tempo que jogar contra a Bolívia era pra ser goleada de 5 a 0 pra cima. Quando o Brasil fazia uns 3 tinha um gostinho amargo de mau resultado. Veja bem, claro que todo mundo evoluiu. Hoje em dia Seleções como a da Bolívia e da Venezuela evoluíram tecnicamente. Só que ao mesmo tempo acho que a qualidade técnica dos nossos artilheiros caiu bastante. Com exceção do Neymar, que de […]

O post Seleção Brasileira sofre com safra de artilheiros??? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Tite não está sentindo “firmeza” em Gabriel Jesus?

Leia o post original por Milton Neves

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Quando debutou no futebol profissional, no Palmeiras, muitos chamavam Gabriel Jesus de “Novo Neymar”.

Outros, diziam que ele era um “Neymar melhorado”.

Um exagero e tanto, até porque vai demorar muito para surgir um jogador do nível do craque do PSG em nosso futebol.

Mas, de fato, ele arrebentou no Palmeiras campeão brasileiro de 2016.

E teve um começo avassalador no Manchester City.

Atualmente, ele segue cumprindo muito bem o seu papel na equipe comandada por Guardiola.

Mas sem o mesmo protagonismo de seu início na “Terra da Rainha”.

No último jogo pela seleção, contra o Equador, ele esteve um pouco apagado, mesmo tendo participado da jogada genial que resultou no gol de Coutinho.

Agora, para a partida de logo mais, contra a Colômbia, o técnico Tite realizou algumas alterações na equipe, e Firmino assumirá o lugar de Jesus.

Será que o treinador tomou essa decisão apenas para fazer um rodízio no ataque brasileiro?

Ou ele está sentindo mais “firmeza” em Firmino do que em Gabriel Jesus?

Opine!

Seleção de Tite é supervalorizada?

Leia o post original por Craque Neto

Prestes a ser vendido do Liverpool para o Barcelona por mais de R$ 620 milhões o meia Phillipe Coutinho só engrossa a lista de valores absurdos que estão sendo negociados alguns jogadores do futebol mundial. Principalmente os da nossa Seleção Brasileira que entra em campo nesta quarta, contra o Equador, pelas Eliminatórias da Copa da Rússia. Pensem comigo: Neymar já foi vendido por mais de R$ 800 milhões, Paulinho por uns R$ 150 milhões assim como o atacante Gabriel Jesus, que custou uns R$ 130 milhões ao Manchester City. Até o jovem goleiro Éderson, que é a terceira opção no […]

O post Seleção de Tite é supervalorizada? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Pior que o do ano passado?

Leia o post original por Craque Neto

Mesmo garantindo a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil o técnico Cuca na coletiva de imprensa após a derrota para o Inter por 2 a 1 desabafou. Afirmou com todas as letras que o time do Palmeiras da temporada passada era melhor que o formado pela diretoria esse ano. Ainda pontuou a fragilidade da equipe depois das saídas do zagueiro Vítor Hugo e do atacante Gabriel Jesus, negociados, e do meio-campista Moisés, lesionado. Ou seja, deixa claro que os jogadores contratados para jogar nesses setores são fracos. Curioso é pensar que principalmente no meio e na frente […]

O post Pior que o do ano passado? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Brasil na Copa do Mundo. Neymar evoluindo demais.Time forte e competitivo.

Leia o post original por Nilson Cesar

O Brasil já está na Copa da Russia. Parabéns ao Tite, ao Neymar e todo grupo. Claro que euforia em demasia não é nada bom. O Brasil ganhou a Copa das Confederações antes de 2014 e entendíamos que o nosso time iria voar na Copa do Brasil.Antes de 2006 tínhamos o tal do quadrado mágico. Calma gente. Vamos viver jogo a jogo. Ainda não temos um substituto a altura para Gabriel Jesus e no gol o nosso goleiro não foi devidamente testado. Acho sim que Tite vai trabalhar nesse sentido. Não deixar a euforia tomar conta. Copa do mundo é um torneio de um mês e precisamos sim evoluir muito até lá.  Não jogamos ainda com as grandes seleções do mundo. É melhor confiar e ter muita cautela.

Só vejo um nome para substituir Gabriel Jesus

Leia o post original por Craque Neto

Está todo mundo comentando como será o desempenho da Seleção Brasileira sem o artilheiro Gabriel Jesus, que se lesionou defendendo o Manchester City e ficará um tempo de molho. O técnico Tite vai testar o Roberto Firmino, jogador do Liverpool. Posso falar? Nunca coloquei muita fé no futebol desse rapaz. Na minha visão tem muita gente na frente dele. Independente da idade ou lugar onde joga. Até porque não o considero um artilheiro nato como o ex-palmeirense. Sei que muita gente vai ficar indignada comigo, mas o único nome que vejo para substituir o Jesus é o sempre goleador Fred. […]

O post Só vejo um nome para substituir Gabriel Jesus apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Gabriel Jesus: Esqueço de tudo quando treino ou jogo

Leia o post original por Craque Neto

Ao ser perguntado pelo ex-goleiro da Chapecoense, Jakson Follmann, sobre a sensação de jogar num time tão grande como o Manchester City, o atacante contou que ficou muito feliz com a oportunidade no clube e falou de seu amor pelo futebol.

O post Gabriel Jesus: Esqueço de tudo quando treino ou jogo apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Aê, Jesus!

Leia o post original por Rica Perrone

O moleque! Deixa eu te dar um papo.  Eu não sou religioso, de modo que talvez essa seja minha primeira conversa com um “Jesus”.  Assim sendo, considere-se especial por me cativar a fazer isso. Eu sei que você tá ansioso, que tudo na sua vida é absurdo. Você é um “pivete”, ta com a 9 …

Palmeiras, cante e vibre: o Brasil é verde e branco!

Leia o post original por Antero Greco

Solte a voz, torcedor do Palmeiras. Grite, sorria, chore, vá pra rua, confraternize. Ignore provocações, fique na paz, pois seu time é campeão brasileiro de 2016!

Vencedor legítimo, limpo, merecido, sem restrições. Ganhou na bola, ganhou no campo, ganhou por competência, estratégia, brilho.

O título, depois de 22 anos de espera, não caiu do céu, não veio por acaso, não foi obra de “Deus do futebol” e outras bobagens do gênero. Foi desdobramento de trabalho, de erros e acertos, de união, de suor e garra. De sorte também, ora por que não? Sorte de quem buscou, desde o início, ficar à frente dos demais.

Ignore quem diz que se trata de equipe limitada, que o nível do torneio foi baixo, que a estrela verde sobressaiu por incompetência dos demais. Não dê a mínima para quem insinuar roubos, esquema, favorecimento, “tabela fácil” e mixarias dessa ordem. Leve na esportiva, considere apenas zoeira ou dor de cotovelo.

O Palmeiras foi o melhor, e ponto! Pode não ser extraordinário, magnífico, uma seleção, uma reunião de craques. Mas comandou a Série A, esteve na ponta em 29 das 37 rodadas disputadas até agora. E ainda se tem a petulância de dizer que não passa de acidente ou coincidência? Isso se chama regularidade, cadência, constância. Algo que só os vencedores tem. E o Palmeiras é vencedor.

Eneacampeão? Pentacampeão? Outro detalhe. O que vale são as centenas de taças, as toneladas de troféus. Conta, pra valer, o fato de que o Palmeiras é o maior colecionador de títulos nacionais. Tanto faz a denominação, a soma sempre indicará quem é aquele que mais deu volta olímpica nestas bandas.

O Palmeiras foi digno, de Fernando Prass e Jaílson a Gabriel Jesus, Moisés, Tchê Tchê. Salve, Dudu, o cabeça quente que amadureceu com a braçadeira de capitão. Salve Zé Roberto, o vovô com fôlego de menino. Salve, Edu Dracena, o veterano que entrou em frias e se saiu bem. Um salve pra Roger Guedes, Jean, Alecsandro, Fabiano, Victor Hugo e sua alegria ingênua. Salve, Cuca, que não é incensado como gênio da estratégia, mas que soube dar harmonia ao time.

Um viva para todos os personagens, famosos ou anônimos, que recolocaram o Palmeiras em destaque. Eles também são campeões.

Comemore palestrino, o Brasil é seu de novo. Não se curve diante da repressão, não se intimide com cara feia de quem mede a vida no porrete.

Mais do que nunca hoje é dia da torcida que canta e vibra.

Viva o Palestra Itália dos imigrantes que deixaram a velha Bota, vieram ganhar a vida na América e há mais de 100 anos fundaram um dos colossos da cultura brasileira, a Sociedade Esportiva Palmeiras!