Arquivo da categoria: grandes

Mercado dos paulistas

Leia o post original por Flavio Prado

Mais uma vez o Palmeiras é o time que mais contratou no mercado de transferências entre os paulistas. Chegaram Wéverton, Émerson Santos, Marcos Rocha, Diogo Barbosa e Lucas Lima. Gostei mais do mercado deste ano do que do ano passado. O elenco é forte, mas não pode repetir alguns erros de 2017. Seria importante deixar Róger Machado trabalhar durante todo o ano e não mexer muito no elenco. Entre os jogadores mais utilizados no ano passado, saíram Mina, vendido ao Barcelona e por opção do clube Róger Guedes foi envolvido na troca com Marcos Rocha, além da aposentadoria de Zé Roberto. Victor Luis e Allione que retornam de empréstimo podem ser úteis.

O campeão brasileiro Corinthians perdeu 3 titulares importantes. Deixaram o clube Pablo, Guilherme Arana e Jô. Para repor chegou o jovem Juninho Capixaba do Bahia para a lateral e estão próximos Henrique e Henrique Dourado, ambos do Fluminense, seriam bons substitutos para Pablo e Jô. O Corinthians é um dos poucos times brasileiros com uma identidade clara de jogo, isso pode diminuir o prejuízo com as saídas.

O São Paulo perdeu Hernanes e Pratto, dois jogadores importantes. Chegou Diego Souza que pelo menos no início deve ser utilizado na função do argentino. O time terminou o ano com uma base, que já começou a ser mexida, e com algumas carências que ainda não foram preenchidas, Ainda é necessária a chegada de um lateral-direito e um atacante de velocidade, sem Hernanes será preciso buscar mais um jogador para o meio. Chegou o goleiro Jean do Bahia, considero uma ótima contratação. Reinaldo e Hudson retornam de empréstimo e serão úteis.

Até aqui, o Santos é o que mais preocupa. O time mantinha uma base desde 2015 e conseguiu bons resultados no período. Vice da Copa do Brasil 2015 e do Brasileiro 2016, terceiro no Brasileirão do ano passado, além de dois títulos estaduais. Essa base não existe mais, no ano passado saíram o técnica Dorival Júnior e o volante Thiago Maia, neste ano não estarão Zeca, Lucas Lima e Ricardo Oliveira, um novo time terá que ser montado pelo técnico Jair Ventura, com pouco dinheiro. Mais uma vez a base precisará ajudar o Santos.