Arquivo da categoria: mercedes

Relaxa, negão!

Leia o post original por Rica Perrone

Caro Lewis Hamilton e demais membros da equipe Mercedes;

Como brasileiro, lamento. Como jornalista, faço cara de surpreso. Como conselho, lhes peço que relaxem.

Assalto aqui é normal. O alarde é porque é com vocês e a gente morre de vergonha de quando um gringo descobre a merda que vivemos todo santo dia. A dona Maria, que lava roupa pra fora, é assaltada toda hora por homens armados e ninguém se importa.

Negão, a gente se amarra em você. Por isso também ficamos incomodados com o assalto. Mas essa parada de “arma na cara” que vocês estão aterrorizados, numa boa, nem é pra tanto.  A gente tem aplicativo pra desviar de arrastão, irmão.  Deixa de ser Nutella.

O máximo que ele ia fazer é dar um tiro e mandar um pai de familia ingles pro cemitério. Nada além disso. Uma mãe inglesa ia chorar, umas crianças em Manchester, mas só. Não vamos fazer alarde a toa né?

Afinal, não sei se você sabe, mas esses caras tiveram uma infância fodida. E você, responsável por isso, devia entende-los e não desejar mal a quem te ameaça com uma arma.

Aproveito pra perguntar se vocês os ofenderam. Espero que tenham entregado tudo com educação e respeito, até porque eles não tem obrigação de ouvir desaforo de trabalhador honesto.

Negão, se liga. Não briga com os caras, não fala mal deles. Aqui agora é maneirão ser bandido, do caralho ser pedófilo, e cult desejar adota-los.

Eu sou parte dos ignorantes estúpidos que não pensa assim.  Não sou artista, não tenho essa capacidade ímpar de entender as questões sociais do bandido entre um baseado e outro.  Eu trabalho, não dá tempo.

Mas se liga! O importante é vocês estarem bem e, principalmente, eles também.

Sei que estão soltos e em casa. O que já nos alivia. Já pensou que tragédia se um de vocês dá um tiro e machuca um dos meninos de fuzil? Porra… não quero nem pensar.

Boa corrida pra vocês!  E cuidado na volta! Ouvi falar que vocês tem problemas com terrorismo lá …  Eu hein?

abs,
RicaPerrone

Hipocrisia cristalina

Leia o post original por RicaPerrone


Acho bonito quando o ser humano pára de fingir uma situação e escancara a verdade. O jogo de equipe é tão óbvio na F-1 que passou a ser culpado sem nunca merecer. Bastava enxergar como um duelo de times e não apenas de pilotos para não precisar deste show de mentiras nos anos seguintes.

Discute-se abertamente se Hamilton deveria ou não ter cumprido a ordem e deixado Nico passar.

Ora, mas se a ordem era proibida, do que estamos falando? E se não é mais, porque as equipes “escondem” as ordens como se tivesse vergonha delas?

Se todos sabem e discutem o “Alonso está mais rápido que você”, porque temos que fingir que não houve para evitar punições? A punição ao esporte é a credibilidade dele. Muito mais negócio assumir que são equipes buscando vencer do que pilotos em busca de um título.

Aprendi a ver F-1 assim e desde então nunca mais me frustrei com nada disso.

Se eu fosse o Hamilton também não deixaria. Mas aí discutimos a relação do piloto com o seu empregador. Não a F-1 com seu publico.

Toda essa polêmica, onde até os envolvidos confessam a atitude, não pode ser discutida oficialmente porque não há um pedido oficial de mudança de posição, pois segundo pregaram aos telespectadores, é anti ético.

Não teria sido mais fácil a verdade desde sempre?

Porque o teatrinho?

A equipe quer vencer. E se não parece ético que assim seja, então que cada equipe tenha apenas um piloto. Mas entre discordar de uma regra e ser feito de idiota eu prefiro discordar da regra.

abs,
RicaPerrone