Arquivo da categoria: Messi

Marrento Cristiano Ronaldo é eleito o melhor do mundo pela quinta vez! Justo?

Leia o post original por Milton Neves

Foto: Eddie Keogh/Reuters (via UOL)

Não teve zebra em Londres.

O marrento Cristiano Ronaldo levou, pela quinta vez, o prêmio de melhor jogador do mundo.

Agora, o craque português está empatado com o também genial Messi.

Neymar, claro, ainda terá que esperar um tempinho para entrar neste “time”.

Mas, e aí, o prêmio está em boas mãos?

Nas outras categorias, Zidane foi escolhido como o melhor técnico da temporada.

Honestamente, Tite merecia, ao menos, estar entre os finalistas.

Buffon foi eleito o melhor goleiro (faltou o Vanderlei na lista, hein?).

E Giroud levou o Prêmio Puskás.

Opine!

Até Messi teria inveja! “Kenoshow”, antes reserva, dá vitória ao Palmeiras!

Leia o post original por Milton Neves

O Palmeiras tinha seu primeiro grande teste contra o Atlético-GO, que seria superar a ausência de Cuca.

Tá certo que o time goiano não atravessa uma grande fase, mas convenhamos, o Verdão também não.

E ainda sem técnico, caso viesse a perder, as coisas poderiam se complicar de vez.

Mas quis o destino iluminar o interino Alberto, que escalou o então reserva Keno.

Que agora, não tenho dúvidas, ganhará posição de titular no time!

Uma partida espetacular fez o jogador alviverde, à lá Messi.

E digo até que podemos chamar a atenção de Tite, hein?

Depois deste duelo, mesmo sendo substituído, quem é que arrisca a dizer que Keno não merece Seleção?

Enquanto a estrela de uns brilham, a de Borja segue apagada.

Já o Dragão, só um milagre pra salvar do rebaixamento…

Fluminense 1 x 0 Avaí

Foi chorado, não é mesmo?

Henrique Dourado achou o gol que livrou o Flu do incômodo Z4.

Mas pra ele, que é artilheiro, não fez mais do que a obrigação.

E o Avaí, que coisa, né? Já é a quinta partida sem vitória!

Chapecoense 0 x 1 Flamengo

Até quando vai durar a paciência do torcedor com o Rueda, hein?

Houve muita reclamação na escalação do técnico, que pouco agradou.

E contra a Chape, a vitória veio no sufoco.

Se não fosse pelo glorioso Diego, o empate persistiria até o final.

Sport 1 x 1 Atlético-MG

Um empate que não foi bom para ninguém, devido a fase de ambos.

No entanto, serviu para Fred afastar tudo quanto é “zica”.

O “camisa 9” desencantou e evitou a derrota do Galo.

Péssimo para o Leão, que não conseguiu a vitória porque Gabriel foi um “monstro” na zaga mineira.

OPINE!!!

Cuca perdeu, Corinthians e Messi ganharam!

Leia o post original por Milton Neves

Ah, como torci contra a Argentina, contra o Messi e pelo… Corinthians!

Claro, porque seleção argentina boa para mim é e sempre será seleção argentina… eliminada!

Por que correr outro risco de Caniggia -90?

Correremos!

E por que “contra” o Messi?

Ora, em qualquer segmento de atividade humana não se deve nunca combater o talento, mas enaltecê-lo.

É que me irrita profundamente essa bobagem segundo a qual o “tristinho número 10 da Argentina” (que riu na terça-feira, milagre!!!) é melhor do que Pelé.

Sim, muito melhor de TV, de internet, de faturamento, de mídia total, atual e mundial.

Mas não de bola.

Ora, não é melhor do que Pelé, não será, ninguém foi, ninguém é e ninguém será até que o mundo acabe.

Messi é gênio raro, sétimo ou oitavo do mundo – os cinco primeiros lugares são do Rei do Brasil e do mundo – e sairá do futebol sem alcançar Maradona, o sexto, e sem um mundial de seleções.

Portanto, não é inveja ou patrulha, porque, afinal, obviamente nada represento nem em 0,0000000000001% perante esse icônico “Fora de Série” (Flávio Cavalcanti).

Trata-se apenas de opinião, e a inveja é o mau hálito da alma, sentimento asqueroso e medíocre.

E nunca patrulhei ninguém, esse perverso modo de vida, digno apenas de diplomados e pós-graduados acadêmicos do curso frequentado só por alunos mal resolvidos na vida.

E o patrulheiro é muito fácil de definir e de se identificar, em qualquer lugar do mundo.

Ele (ou ela) é sempre (repito: sempre!) um pobre de espírito, paupérrimo de bolso, milionário de inveja e trilionário de sofrimento na arte de se viver.

Que morram todos “do segmento” com 150 anos de vida sofrida!

E dizem que “persigo o Corinthians”.

Ora, gosto do Timão tanto quanto gosto do meu microfone, a bola de futebol de minha vida.

Não “sesse” ele, “netamente” falando, e não “tesse” ele, “denilsisticamente” falando, minha carreira, de 72 a 2017, em São Paulo, não teria tudo isso obtido, o que considero surpreendente, exagerado, gratificante, emocionante e maravilhoso com tudo esculpido com jatos de suor na rocha do mais improvável possível.

Obrigado, Corinthians, o nome mais bonito de todos os times do mundo!

80% dos times do planeta têm nomes feios ou comuns e brigam pelo segundo lugar Real Madrid, Flamengo, Barcelona, o bi ex-time de Cuca, o Palmeiras (Palestra Itália é ainda mais bonito), Fluminense, Paris Saint Germain, Borussia Mönchengladbach e Bayern de Munique.

Só não gosto do distintivo do Timão porque ele mais parece aquele despertador antigo que tínhamos no criado-mudo do quarto, mas em dias ele estará sendo exibido em São Paulo, no Brasil, no mundo e na lua com mais um merecido Campeonato Brasileiro de Futebol, já garantido.

Ave primeiro turno, Carille, Jô, Clayson, Cássio e a Fiel que me ama tanto quanto odeia meu “apito amigo”, já eternizado e consagrado na literatura esportiva do Brasil.

Um título que achava que seria fácil do milionário Palmeiras de Cuca, o triste.

Achava!

Opine!

Tudo que não somos

Leia o post original por Rica Perrone

Não somos raçudos como eles, nem apaixonados pela seleção. Não temos a mesma força na arquibancada, nem mesmo a declarada torcida incondicional da mídia. Não estaríamos focados em passar, mas em preparar a pauta para a eliminação.  Não somos patriotas, não somos “fechamento”. Somos um bando que cobra, não que empurra. Não flertamos tanto com …

Messi resolve e Argentina está dentro

Leia o post original por Antero Greco

Gosto do Messi – e até aí é chover no molhado. Astros devem ter a admiração de quem ama futebol, independentemente da nacionalidade. O argentino está no bloco daqueles seres extraordinários, que baixaram na Terra para nos divertirem.

E para serem decisivos, também, quando necessários. Como nesta terça-feira (10/10). A Argentina estava com a corda no pescoço, corria risco de ficar fora do Mundial, de não pegar nem repescagem. Por causa de seus erros e das lambanças no comando.

Para dar um bico no fantasma da eliminação, era necessário ganhar do Equador, fora de casa. Mal a bola rola e tome gol dos donos da casa. Era para bater desespero. Era, para quem não tem Messi.

Com o moço em campo, em noite inspirada, como se estivesse no Barcelona, resolveu a parada, com três gols, um mais bonito do que o outro. Fatura liquidada, Argentina na Copa. E, na Rússia, Messi continuará sua interminável batalha com Cristiano Ronaldo, que horas antes havia ajudado Portugal e se garantir também.

Quem ganha com isso? Nós, que nos divertimos com o futebol.

Nada justifica

Leia o post original por Rica Perrone

Sob qualquer angulo que desejar analisar, não faz o menor sentido um brasileiro torcer pela Argentina. Queira você ou não, o próprio respeito e admiração pelo futebol deles lhe faria no mínimo incoerente. Pois se gosta do que eles fazem, então repita. Eles não torcem por nós. Eles amam sua seleção. Estão com ela na …

Momento lindo do genial Messi! Ele não tem coração de pedra e emocionou a todos em Montevidéu!

Leia o post original por Milton Neves

O vídeo acima enche os olhos!

Em Montevidéu, o genial Messi provou não ter coração de pedra e realizou o sonho de um garotinho uruguaio que queria entregar uma carta ao seu ídolo.

E esta cena me lembrou muito a foto abaixo:


No quesito “simpatia com a criançada”, Pelé e Messi estão rigorosamente empatados!

Opine!

Opinião: Neymar perde sem o brilho de Messi por perto

Leia o post original por Perrone

No PSG, sem a sombra de Messi, Neymar terá mais chances de realizar o sonho de ser eleito o melhor do Mundo pela Fifa? Não acredito.

Na minha opinião, a transferência não livra o atacante da sombra do argentino, que continuará brilhando no Barça e sendo um adversários dificílimo a ser batido, assim como Cristiano Ronaldo, pra ficar em dois nomes.

Mais que isso. Em vez de fugir da sombra de Lionel, vejo Neymar perder o brilho de seu ex-companheiro. Por mais forte que fique o Paris Saint-Germain, o brasileiro não terá ao seu lado um colega com a mesma qualidade de Messi para transformar seus passes em gol ou para lhe servir. Essa parceira era boa para os dois. Um ajudava o outro a se destacar.

Conquistar grandes títulos, em especial a Liga dos Campeões da Europa, também é importante na construção do melhor jogador do mundo. Acredito que Neymar estaria mais perto desses triunfos no Barça. Claro que tem uma Copa do Mundo no ano que vem que pode ajudar o brasileiro a chegar o topo. Mas ele também teria essa chance se continuasse na Catalunha.

Vale lembrar que desde 2008, quando Cristiano Ronaldo defendia o Manchester United, um jogador que não atua na Espanha não é eleito melhor do mundo. Desde então, ele e Messi se revezam no primeiro lugar.

Não significa que este blogueiro entenda que o ex-camisa 11 do Barcelona errou ao  se mudar para Paris. Ninguém é capaz de fazer esse julgamento. Só ele sabe o quanto estava feliz ou não em sua ex-equipe. E apenas o próprio jogador pode medir o que atende melhor a seus anseios.

O ponto aqui é que se afastar de Messi não parece ser uma vantagem. Assim como sair do Barcelona também não parece. Será que Neymar seria a grife que é se nos últimos anos tivesse jogado pelo PSG? Teria ele tantos fãs no Japão e na China como tem?

O Barça é um dos clubes com mais seguidores no Mundo. Isso ajuda quem esta lá a ter mais visibilidade e a ganhar mais dinheiro com publicidade. O tamanho do clube catalão também serve para inflar os contratos publicitários de seus atletas. Certamente mais do que o PSG pode fazer. Se bem que pelos valores do contrato, Neymar não tem com o que se preocupar em termos financeiros.

A proporção do aumento de seus vencimentos será proporcional ao crescimento da responsabilidade. Ter que liderar o PSG rumo a uma guinada em sua história trará muita pressão. Como ele disse que precisava de desafios, encontrou o que queria.

Exagero mal calculado?

Leia o post original por Craque Neto

Na véspera do duelo contra a Bolívia em La Paz a Fifa surpreendeu e anunciou a suspensão do argentino Lionel Messi por quatro partidas das Eliminatórias. A punição aconteceu pelo fato do craque mundial ter ofendido o auxiliar brasileiro Emerson de Carvalho no duelo contra o Chile, na última quinta-feira. Querem saber? Pelas imagens que vi acho um certo exagero da parte da entidade máxima do futebol. Poxa vida! Xingamentos e provocações existem com frequência no campo de jogo. Ainda mais com os caras de cabeça quente. O próprio auxiliar brasileiro sabe disso. Se a Fifa pensa que com isso […]

O post Exagero mal calculado? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Os próximos capítulos

Leia o post original por Rica Perrone

Talvez há alguns dias para alguns tenha acontecido apenas uma virada emocionante do Barcelona sobre o PSG.  Talvez um grande jogo do craque brasileiro. Enfim.  Vi algo mais do que isso e os próximos capítulos podem revelar mais do que um jogo. Neymar é inteligentíssimo.  Chegou no Barcelona, ficou amigo do chefe, nunca peitou, esperou …