Arquivo da categoria: Nilton Santos

Alívio e missão cumprida

Leia o post original por Rica Perrone

Ao Vasco, o título que virou “obrigação”.  Ao Botafogo, a digna derrota que o isenta de qualquer pressão. E assim, a final da Taça Rio que não servia pra nada, serviu para aliviar a crise num dos lados, para fortalecer o grupo em outro. Deu Vasco.  E é natural que tivesse sido assim, já que …

Ninguém tem tantos motivos

Leia o post original por Rica Perrone

Todo mundo quer ganhar a Libertadores. Do mais favorito ao mais vira-latas dos candidatos, todo torcedor em algum momento se pega pensando em “como seria se…”. Eu já fui em muito jogo na vida e a maioria deles fico na arquibancada que é onde gosto de ver futebol. Já vi times ganharem e perderem a …

Mas é claro que valeu!

Leia o post original por Rica Perrone

Com gol espírita a favor e contra, pressão, contusão, golaço e casa cheia, o Botafogo não pode considerar nada ruim o resultado desta noite contra o Colo Colo. Primeiro porque os chilenos estão em meio de temporada, nós no começo. Depois porque o Botafogo, alguns esquecem, segue sendo um azarão. Ele não montou um timaço …

No caminho

Leia o post original por Rica Perrone

Eu tenho certo receio quanto ao Botafogo a médio prazo. E não me refiro a time, elenco, estádio. Me refiro ao posicionamento do clube entre os grandes.  Porque? Porque sua dívida é uma das maiores e seu faturamento um dos menores entre eles. Tem uma torcida que custa a se envolver (menor sócio torcedor dos …

Renê, o melhor do Bota

Leia o post original por Rica Perrone

Eu não gosto do Rene Simões. Toda vez que ele chega num clube eu critico e quando sai faço piada, até porque invariavelmente ele sai dizendo que o clube não era suficientemente estruturado para seu talento. Mas neste Botafogo de elenco bastante contestável, ainda que na série B, Renê tem me surpreendido. E pra não […]

Estava impedido!

Leia o post original por Rica Perrone

É de enlouquecer qualquer um. O time que sofre por não ter força política entra em campo como vilão do pobrezinho que nacionalmente carrega a fama de ser o mais forte de todos no “tapetão”. Mando de jogo, ídolo suspenso, torcidas que não vão. Fé, arrogância, superação e um olhar especial pro gato, caso o […]

Uma grande vitória

Leia o post original por Rica Perrone

Não pelo adversário, pelo campeonato, mas pelo enredo. O Botafogo colocou 13 mil pessoas num Niltão que só cabia 14. Ou seja, “lotou” o estádio pra ver um time de série B correr feito maluco pra ganhar mais uma no estadual. Isso não é comum. Também não é muito comum elogiar o Renê Simões, mas […]

Morre o capitão do primeiro título mundial do Brasil, o homem que eternizou o gesto de levantar a taça!

Leia o post original por Milton Neves

Clique nos nomes dos craques e veja a história deles na seção “Que Fim Levou?“.

mn

Morreu nosso primeiro capitão, o homem que eternizou o gesto de levantar a taça. Em um ano, perdemos boa parte da defesa campeã na Copa do Mundo de 1958. Gylmar do Santos Neves, De Sordi, Djalma Santos, Nilton Santos e, agora, Bellini. Outra coincidência, todos morreram na casa do dia 20 (Gylmar do Santos Neves – 23 de agosto de 2013; De Sordi – 24 de agosto de 2013; Djalma Santos – 23 de julho de 2013; Nilton Santos – 27 de novembro de 2013).

Temos que reverenciar esses atletas que mostraram para os estrangeiros que a capital do Brasil não era “Buenos Aires”.

Bellini foi internado ontem após sofrer uma para cardíaca. O Capitão também sofria do Mal de Alzheimer há 10 anos.

O zagueiro brilhou com a camisa do Vasco da Gama, ganhando 10 títulos com o time carioca, e ainda jogou pelo São Paulo.

O gesto de Bellini após a conquista da Copa do Mundo na Suécia é até hoje repetido em qualquer competição. Tentando fazer com que todos vissem a Taça Jules Rimet, ele a levantou por cima da cabeça e marcou a história do futebol mundial.
Documento sem título

Cliquem nas fotos de cada  herói brasileiro campeão do mundo em 1958 e veja o arquivo mais completo da memória esportiva virtual

BelliniVicente FeolaDjlama SantosZitoNilton SantosOrlando PeçanhaGylmar dos Santos NevesGarrinchaDidiVaváZagalloPaulo Amaral