Arquivo da categoria: pênaltis

17 de junho de 92

Leia o post original por Rica Perrone

Hoje o dia mais feliz da minha vida completa 25 anos. E eu não tenho o menor pudor em dizer isso porque nunca menti em nenhum dos meus casamentos, eventuais formaturas (que sequer compareci) ou outras festividades.  Nada na minha vida foi mais incrível que o exato momento da foto acima. Quando Zetti pega o …

Vocês não ententederam nada

Leia o post original por Rica Perrone

Era quarta-feira e todo mundo vibrava em frente a TV com a possível reação do SPFC em Minas. Em seguida os pênaltis de Inter x Corinthians, eternizando uma noite qualquer. Vem o sábado e a Allianz Arena cheia a espera de um milagre. Não veio, mas houve drama, nervosismo, momentos para se guardar. No Rio …

Pelos seus 452 anos

Leia o post original por Rica Perrone

Querido Rio de Janeiro, Eu tenho feito tudo que posso para amenizar as bobagens que vocês fazem por aí e dar à terra de meu filho a melhor condição possível. Infelizmente não posso fabricar dinheiro para cobrir rombos de políticos, nem mesmo mandar reforço policial para resolver o problema da violência. Mas pude fazer o …

Quanto vale o ouro?

Leia o post original por Rica Perrone

Claro, após uma eliminação em casa, pressionado na Libertadores e questionado pela imprensa, o Palmeiras vai ser alvo de muito barulho nos próximos dias. Se por acaso não se classificar na Libertadores, piora.

Colocarão Luxemburgo a beira de uma demissão, coisa que não acontece há tempos no futebol brasileiro.

O torcedor do verdão, que diga-se de passagem é chato pra cacete e cobra mais do que ajuda no Palestra Italia, vai cair nessa e achar que tudo que falam sobre o Luxemburgo é verdade e que o time só é fraco por culpa dele.

O Maracanã tem alma

Leia o post original por Rica Perrone

Times tem alma, torcidas tem alma. Porque imaginam que estádios não tenham?  O Maracanã foi palco de mais uma derrota dolorosa pro Brasil, e mais uma vez surgem as manchetes dos fantasmas. Você sabia que na final de 1950 contra o Uruguai havia milhares de convidados que jamais foram a um jogo de futebol e, …

Meio macho, meio maluco

Leia o post original por Rica Perrone

Tite é cerebral, moderno, genial.  Diniz é macho, maluco. A diferença entre os dois é experiência, camisa, responsabilidade, histórico, obrigação de ganhar, entre outros mil pontos. Mas a semelhança é simples: Os dois enxergam um futebol que no Brasil poucos conseguem ver. A bola, enquanto minha, é certeza que não levarei gols.  Os passes, quanto …

“Praticamente”

Leia o post original por Rica Perrone

O Fluminense tropeçou na primeira rodada da Liga em casa diante do Atlético PR. Ali, com o Cruzeiro pela frente em pleno Mineirão, jogando mal e ensaiando crise, o Fluminense estava “praticamente” eliminado na primeira fase. A vitória no Mineirão na única grande noite do clube na temporada até aqui. Depois disso mais jogos ruins …