Arquivo da categoria: Raposa

Santos vice-líder, Cruzeiro vice lanterna

Leia o post original por Fernando Sampaio

raw20160731048O Santos é vice-líder do Brasileirão.

Venceu a terceira seguida.

O Cruzeiro é vice-lanterna.

Perdeu a quarta seguida.

O primeiro tempo foi fraco, típico 0x0.

No segundo tempo o Cruzeiro criou duas oportunidades, estava pressionando quando o Santos fez 1×0. Daí em diante o Peixe tomou conta da partida e a Raposa perdeu a confiança. O time mineiro mostrou bom futebol na estreia de Mano Menezes mas a recuperação não é tão simples, ainda mais jogando na Vila. De qualquer forma não vejo rebaixamento.

Enquanto o Cruzeiro colhe frutos da demissão de Marcelo Oliveira e o fim de um trabalho bicampeão brasileiro, o Santos colhe os frutos da manutenção de Dorival que mais uma vez está fazendo um bom trabalho na Vila. Ficou fora da Libertadores mas foi vice da Copa do Brasil, sétimo no Brasileirão e Campeão Paulista. Balanço positivo.

Além da vitória na Vila, o time ainda comemorou a vitória do Botafogo.

 

 

Qual será o melhor time brasileiro na Libertadores de 2015? Rogério Ceni encerrará sua carreira com chave de ouro? E o Timão? Conseguirá espantar o fantasma colombiano?

Leia o post original por Milton Neves

Ceni Libertadores 2

Cinco equipes brasileiras estarão em campo na Libertadores de 2015.

Quatro estão “bem na fita”, porque o Corinthians ainda precisará desbancar um fantasma colombiano para chegar à fase de grupos…

Cruzeiro e Atlético (não necessariamente nessa ordem) estão alguns degraus à frente da concorrência, óbvio…

O Inter, que provavelmente manterá Abel Braga, é candidato forte.

O são-paulino respira Libertadores 365 dias por ano. Às vezes 366, nos anos bissextos…

A Libertadores é tão importante para o Tricolor, que demoveu a ideia de aposentadoria de Rogério Ceni.

O goleiro-artilheiro sonha em conquistar seu quarto caneco no torneio para fechar com chave de ouro sua jornada vitoriosa no Morumbi.

Aí, vira a página para buscar ser campeão como técnico, em um futuro não muito distante.

O Corinthians guerreiro, talvez sem Guerreiro, corre atrás de Tite, mas precisará se reforçar bastante, porque o time atual não é nem sombra daquele de 2010…

E então?

O título da Libertadores será de um clube brasileiro?

Rogério Ceni levanta mais uma taça?

Qual o favorito?

Opine!

Bolão: Galo campeão da Copa do Brasil atropelando a Raposa! E o São Paulo é eliminado da Sul-Americana!

Leia o post original por Milton Neves

Galo 1

 

Imagem: Ianes

 

Cruzeiro 1 x 3 Atlético-MG. Não é a primeira, mas a última impressão é aquela que vale… O (merecido) título da Raposa no Brasileirão será página virada após a supremacia do Galo no mata-mata da Copa do Brasil! Mata-mata é muuuuuuuito melhor!

São Paulo 1 x 1 Atlético Nacional-COL. Pois é,  o Tricolor não fará a final da Sul-Americana…

Galo x Cruzeiro 640

Os palpites postados serão válidos até quarta-feira (26/11/2014). Horário limite: 22h (horário de Brasília).

Apenas um prognóstico por participante, um único IP, ok?. Aqueles que enviarem mais de um prognóstico não serão considerados. Favor escrever os nomes dos times do jeito que eu fiz, pois fica fácil na hora de conferir. Portanto, não valerão palpites com abreviaturas, apelidos e sem acentos. Em caso de empate, o vencedor será definido por sorteio.

E o felizardo (ou felizarda) vai receber em casa um par de calçado Rafarillo (não necessariamente igual aos das fotos abaixo), pois a remessa depende dos modelos disponíveis no estoque do fabricante, OK?

5
6

Fotos: Marcos Júnior/Portal TT

Face

CLIQUE NO LOGO ABAIXO E CONHEÇA A RAFARILLO

Sapato-1

Galo embala e agora se prepara para operar novo milagre: tirar o título do Cruzeiro!

Leia o post original por Milton Neves

charge_vaga

Vamos admitir: Levir Culpi, outrora tão criticado pelos atleticanos, acertou a mão no time do Galo neste segundo semestre.

Em campo, a equipe tem jogado um futebol vistoso e os resultados são animadores.

E isso tudo mesmo perdendo recentemente dois de seus principais jogadores nas últimas temporadas: Ronaldinho Gaúcho, que foi para o México, e Jô, enrolado com problemas pessoais.

Agora, acreditem: o Galo está se preparando para operar um milagre neste fim de temporada ainda maior do que a virada sobre o Corinthians na última semana pela Copa do Brasil.

Restando nove rodadas para o fim do Brasileirão, o Cruzeiro, apesar da vantagem, demonstra estar com o fôlego de corredor veterano no fim da maratona.

Enquanto o Galo parece ter iniciado a temporada agora, “correndo” como Usain Bolt na prova dos 100 metros rasos.

Ou seja, nos “metros finais”, o Atlético irá tirar de seu maior rival o título mais ganho da história.

Podem anotar!!!

E, convenhamos, com os milagres operados nas últimas temporadas, não dá para duvidar do Maior de Minas, né?

Mas que os defensores dos pontos corridos não comemorem, pois será a primeira e última dose de emoção nos 11 anos do sistema que está matando o futebol brasileiro.

Opine!

São Paulo termina bem a primeira parte do Brasileiro pré-Copa

Leia o post original por Quartarollo

Foi a semana do frango dos goleiros mineiros. Primeiro foi Fábio contra o Corinthians. Como ele mesmo reconheceu era uma bola defensável aquela chutada por Guerrero apesar do gramado irregular do Canindé. Hoje à tarde foi a vez de Geovani, … Continuar lendo

O que você deseja para o rival em 2014?

Leia o post original por Milton Neves

2014_1

Tomara que em 2014 o Corinthians, o Cruzeiro e o Fluminense percam todos os seus jogos não marcando um gol sequer.

O Timão teve um 2013 abaixo da crítica.

E não adianta vir falar de “dois títulos”, porque o Paulista não vale muito e a Recopa é decidida em dois jogos.

Merece azar em 2014 para equilibrar as conquistas lotéricas de 2012.

O Cruzeiro foi além do esperado.

Um time repleto de refugos conseguiu ser campeão nacional e até “encantou”.

De tanta “zica” que fez pra cima do Galo no Mundial, a Raposa merece sete anos de azar.

E o Fluminense está aqui por motivos óbvios.

Rei do tapetão, deixou a ética de lado e carimbou mais uma virada de mesa.

O Tricolor das Laranjeiras é o verdadeiro “Show da Virada”.

E você, amigo internauta, o que deseja ao seu rival em 2014?

Lembrando sempre do bom e velho espírito esportivo!

OPINE!!!

Nos terríveis pontos corridos, Cruzeiro se consagra campeão do Brasileirão mais sem graça da história!!! Que o Galo sirva de exemplo e retornem com o mata-mata pela emoção do futebol!!! E o Corinthians, por milagre, conseguiu vencer; Ganso joga muito e o São Paulo atropela o Flamengo!!!

Leia o post original por Milton Neves

charge_cruzeiro

E o Campeonato Brasileiro acabou.

Chato, sem graça e sem emoção.

A falta de carisma é tamanha que o campeão Cruzeiro não precisou nem terminar sua partida para levantar a taça.

Como defender um torneio que tem seu vencedor decretado durante um intervalo de partida?

Futebol mesmo é mata-mata.

Igual a Copa Libertadores.

E o Atlético Mineiro!

O título do Galo teve maior importância por um simples motivo:

Houve a emoção de uma decisão.

Nada contra a Raposa, que mereceu a conquista.

Mas é inegável que tal título não teve a vibração tão característica do futebol.

Uma pena.

placar_13_11

E por falar em chatice, o Corinthians operou um milagre: venceu uma partida!

Diante do Coritiba, no Alto da Glória, o Timão somou “inéditos” três pontos.

Rendimento pífio para o ex-campeão mundial…

Quem venceu bem foi o São Paulo.

Jogando em Itu, o Tricolor bateu o Flamengo com direito a gol de Rogério Ceni.

Que pode voltar atrás no desejo de aposentadoria.

Quem sabe Luis Fabiano não troca com o M1t0 e desiste de uma vez.

Que “nhaca”, Fabuloso!

E para você, amigo internauta, o título cruzeirense teve emoção?

Mata-mata ou pontos corridos?

OPINE!!!

 

 

Hoje no Brasil é assim: Brasília tem o poder, São Paulo o dinheiro, Rio de Janeiro a paisagem e Belo Horizonte tem o melhor futebol! Por que Minas Gerais hoje é líder do futebol brasileiro? Qual o segredo de Galo e Cruzeiro?

Leia o post original por Milton Neves

post_minas

Não adianta o pessoal do eixo Rio-SP vir aqui chorar…

Pois, com o os títulos da Libertadores e do Brasileirão garantidos, é inegável que hoje a capital do futebol brasileiro é Belo Horizonte!

Afinal, na sua opinião, além da estrutura de primeiro mundo que os clubes dão aos seus jogadores e das duas moderníssimas arenas da cidade de BH, quais são os outros segredos do sucesso de Atlético-MG e Cruzeiro?

Por que os clubes do Rio e de São Paulo, que sempre remam a favor da maré, não conseguiram copiar os exemplos mineiros e naufragaram neste ano?

Ah, e só para lembrar, faltam ainda duas cerejas para que este típico bolo mineiro fique completo:

A primeira, é o acesso do América-MG, que, na Série B, está a apenas dois pontos da zona de classificação para a primeira divisão.

E, claro, o título mundial do Galo!

Este último, anotem, virá com certeza!

Afinal, segundo já comentam alguns amigos jornalistas alemães, os jogadores do Bayern já estão tremendo de medo do verdadeiro nó tático que Cuca prepara para cima de Guardiola há meses!

Opine!

Zebra passeia em BH e o Tricolor quebra a invencibilidade do Cruzeiro no Mineirão! Será o início da “pipocada” celeste? Sonolento Timão empata com o Atlético-PR; Bota vira sobre o Náutico; Vasco supera o Flu; Ponte vence o Galo; Bahia leva a melhor contra o Vitória; Grêmio decepciona na Arena; e Coxa afunda o Peixe!

Leia o post original por Milton Neves

Cruzeiro 0 x 2 São Paulo

Honestamente, antes de a bola rolar, quem poderia apostar em uma vitória do São Paulo para cima do embalado líder Cruzeiro?

Mas o improvável aconteceu no novo Mineirão, e o Tricolor venceu (e bem) a Raposa, pelo placar de 2 a 0 (gols de Douglas e Reinaldo).

E que não venham os cruzeirenses choramingar aqui nos comentários, dizendo que o time celeste só perdeu pelo fato de eu ter apostado o contrário na publicação anterior!

Afinal, essa “pipocada” estava prevista por mim há tempos, e ela ficará ainda mais clara no final de semana, após o Galo “passar o trator” no clássico mineiro!

Anotem!

Corinthians 0 x 0 Atlético-PR

zzzzzZZZZZzzzzz…

Tem como não dormir assistindo aos jogos do completamente desmotivado Corinthians?

Nesta rodada, mais um empate, novamente em 0 a 0, desta vez contra o Atlético-PR.

E pelo visto, disputar a Libertadores no ano da inauguração do Itaquerão é um sonho cada vez mais distante.

Que desastre, hein, Tite?

Vasco 1 x 0 Fluminense

O Vasco segue na zona de rebaixamento, mas conseguiu nesta rodada uma belíssima vitória sobre o Fluminense de Luxemburgo, pelo placar de 1 a 0.

Com o triunfo, o Cruzmaltino pelo menos não ficou para trás de seus concorrentes diretos na luta contra a degola, que se deram bem nesta rodada, enquanto o Flu segue em uma zona delicada da tabela.

Náutico 1 x 3 Botafogo

No Recife, o Botafogo deu um grande susto em sua torcida ao sair atrás no placar contra o Náutico,  lanterna do Brasileirão.

Mas, ainda no primeiro tempo, a equipe conseguiu a virada, e a vitória se confirmou na etapa complementar, com o terceiro gol marcado por Gegê.

Após tanta luta, pelo menos uma vaguinha na Libertadores você precisa conseguir, não é, Fogão?

Ponte Preta 2 x 0 Atlético-MG

Com a cabeça no clássico contra o Cruzeiro, o Atlético-MG, jogando com o time reserva, acabou derrotado pela Ponte Preta, pelo placar de 2 a 0.

Mas não fique triste, atleticano!

Afinal, domingo tem um verdadeiro baile para cima da Raposa, e no final do ano veremos o tão aguardado nó tático de Cuca para cima de Guardiola.

Aguardem!

Bahia 2 x 0 Vitória

Em Salvador, o óbvio aconteceu: triunfo tranquilo do Bahia para cima do Vitória.

Os gols da partida foram marcados por Fernandão e Raphael Miranda.

Grêmio 1 x 2 Criciúma

E que pipocada do Grêmio jogando em casa, hein?

O Tricolor gaúcho acabou sendo derrotado nesta rodada pelo ameaçada Criciúma, pelo placar de 2 a 1.

Agora, após esse resultado, será que a diretoria gremista vai seguir apressando a renovação de Renato Gaúcho?

Coritiba 1 x 0 Santos

O esforçado Claudinei Oliveira vai complicando a sua situação no Santos.

Após a vexatória derrota para a Lusa no final de semana, pelo placar de 3 a 0, o peixe foi vencido na rodada deste meio de semana pelo Coritiba, por 1 a 0.

Não sei não, mas é possível que os atrapalhados dirigentes santistas busquem um técnico de peso ainda para este ano!

Opine!

Raposa a galope passa por cima das “galinhas mortas”

Leia o post original por Mion

Marcelo montou um Cruzeiro vencedor em poucos meses. Dagoberto desacreditado no Inter mostra que ainda é  diferenciado.

Marcelo montou um Cruzeiro vencedor em poucos meses. Dagoberto desacreditado no Inter mostra que ainda é diferenciado.

       O Cruzeiro arrebenta no Brasileirão porque é um timaço ou os adversários não têm qualidade? Este é o tema atual de muitos programas e artigos da imprensa nacional. Uns defendem a primeira hipótese, outros a segunda. Em minha opinião prevalecem as duas opções: o Cruzeiro tem um belo time e realmente os adversários estão bem abaixo do representante mineiro. Por isso mesmo a Raposa já está 11 pontos à frente do vice Grêmio, a tendência segue no sentido de aumentar ainda mais nas próximas rodadas.

Se analisarmos criteriosamente a campanha do líder, observamos certas características que contrariam o normal. Começa por seu técnico: Marcelo Oliveira assumiu em janeiro o comando de um time desmontado que em 2012 lutou barbaridade para terminar em 9º lugar na Série A. No decorrer do certame Mineiro a diretoria contratou reforços e Marcelo conseguiu em pouco mais de três meses dar padrão de jogo e em seis tornar o grupo entrosado e vencedor. Fato que merece registro, poucos atingem esta excelência em tão pouco tempo.

Outro fator a ser analisado, assim como Atlético Mineiro o elenco conta com jogadores desprezados em outros mercados e até ironizados. Como exemplo Nilton e Egídio, quando saíram de Vasco e Flamengo respectivamente, não deixaram nenhuma saudade, ao contrário as duas torcidas cansaram de vaia-los. O mesmo aconteceu com Dagoberto no Inter, sem esquecer de Ceará e Borges considerados em final de carreira. Todos eles estão próximos de conquistar o Brasileirão. Quem diria?

Não há como negar a fragilidade técnica e tática dos demais adversários mais próximos, entretanto contestar a competência e qualidade do time que conquista em 25 rodadas, 17 vitórias, somente 3 derrotas, marca 55 gols (média superior a 2 gols por jogo) e sofre apenas 20, é má vontade ou pura inveja de torcedor adversário.