Arquivo da categoria: Roberto de Andrade

Cúpula corintiana se recusa a contestar liminar de Garcia e gera revolta

Leia o post original por Perrone

A diretoria do Corinthians decidiu não tentar cassar as liminares obtidas na Justiça que recolocaram Paulo Garcia e Eduardo Caggiano Freitas na disputa da eleição do próximo sábado (3) e gerou nova polêmica na política alvinegra.

A decisão revoltou membros da comissão eleitoral, que recomendou as impugnações das duas candidaturas. Os pedidos tinham sido acatados pelo presidente do Conselho Deliberativo, Guilherme Strenger.

A indignação acontece principalmente porque Garcia, candidato à presidência, e Caggiano, postulante ao conselho, têm ligações com a atual gestão e receberam tratamento diferenciado em relação ao oposicionista Antonio Roque Citadini. O opositor, também concorrente ao posto máximo no clube, foi impugnado, obteve liminar para participar do pleito mas viu a direção tentar derrubar a decisão judicial e fracassar.

Garcia indicou membros para a diretoria e tem em como candidatos a vice-presidentes em sua chapa dois ex-integrantes dela: Flávio Adauto, ex-diretor de futebol, e Emerson Piovesan, ex-diretor financeiro. Caggiano é diretor administrativo e um dos organizadores da chapa do situacionista Andrés Sanchez, candidato a presidente.

Luiz Alberto Bussab, diretor jurídico corintiano, afirmou ao blog, em mensagem pelo celular, que a decisão de não tentar cassar as liminares favoráveis a Garcia e Caggiano foi tomada por presidência e vice-presidência do clube.

O blog apurou que membros da comissão eleitoral acreditam que tal postura foi adotada não só para proteger dois candidatos que têm ligação com a diretoria, mas também por supostamente a direção avaliar que Garcia tirará votos de Citadini, supostamente favorecendo Sanchez.

“Nada me surpreende porque todos estão me atacando desde o começo da campanha, o que mostra a força da nossa candidatura”, disse Citadini.

Miguel Marques e Silva, presidente da comissão eleitoral, afirmou que só soube da decisão da direção de não tentar cassar as liminares favoráveis a Garcia e Caggiano de maneira oficiosa. “Oficialmente, ninguém me falou nada. Mas não acho normal uma entidade que é acionada na Justiça não se defender”, afirmou ele.

Por meio da assessoria de imprensa do Corinthians, o blog questionou o presidente do clube, Roberto de Andrade, sobre ter decidido não tentar reverter o parecer da Justiça favorável aos dois candidatos, diferentemente do que fez em relação a Citadini. Porém, até as 23h46 desta terça, nenhuma resposta havia sido dada.

Já André Luiz Oliveira, primeiro vice-presidente do Corinthians, confirmou ter defendido que o clube não tente derrubar as duas liminares. “Não adianta tentar cassar porque não vai conseguir. As decisões estão bem fundamentadas, então é melhor deixar como está”, disse o dirigente.

Indagado porque então o clube agiu (sem sucesso) para anular a liminar que sustenta a candidatura de Citadini, o vice afirmou que os casos não podem ser comparados. “A Justiça deixou claro que a comissão eleitoral não podia fazer uma analogia com a legislação do país para impugnar as candidaturas de Paulo e Caggiano. Agora, o Citadini não pode assumir o clube se ganhar, então entenderam que precisavam questionar a Justiça”, declarou André.

Citadini teve sua impugnação pedida pela comissão eleitoral apoiada no entendimento de que ele não pode acumular os cargos de membro do Tribunal de Contas do Estado e de presidente alvinegro, se vencer o pleito. Em primeira instância, ele não obteve a liminar, conseguida após recurso. Prevaleceu a tese de que disputar a eleição não equivale a acumular cargos. A irregularidade só ocorreria em caso de vitória.

Já Garcia foi impugnado por conta da acusação de compra de votos por admitir que pagou para sócios inadimplentes regularizarem suas situações e poderem votar. O estatuto do clube é omisso em relação a tal procedimento, mas a comissão usou a legislação eleitoral brasileira para tomar sua decisão.

O desconto de 50% na taxa para os associados em atraso ficarem em dia foi considerado ilegal pela comissão e eles foram retirados da lista de votantes. Caggiano é apontado pela comissão como idealizador da promoção.

 

A volta de Sheik é uma boa para o Timão???

Leia o post original por Craque Neto

Sinceramente me surpreendi com a notícia da volta do Emerson Sheik para o Corinthians. Primeiro porque não esperava que a diretoria do clube – basicamente os mesmos caras – recontratasse o cara que chutou de lá em 2015. Depois porque esse jogador tem 39 anos e nem de longe lembra o ídolo que foi decisivo para a conquista da Libertadores da América em 2012. Fico com a impressão, até por saber da situação financeira do Timão, que é um desespero de causa. Ou seja, não tem grana pra contratar atacante bom, então traz o Sheik de volta a um custo […]

O post A volta de Sheik é uma boa para o Timão??? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Corinthians ainda deve cerca de R$ 3,7 mi por empréstimo de Carlos Leite

Leia o post original por Perrone

Protagonista de polêmica na campanha eleitoral do Corinthians, o agente Carlos Leite ainda é credor do clube no valor de R$ 3.763.000 referentes a empréstimo registrado no balanço financeiro do clube de 2016.

A quantia foi emprestada no final de 2016 com a previsão de ser paga em 30 dias, mas até agora não foi quitada. Emerson Piovezan, diretor financeiro do clube à época da operação, confirmou ao blog a dívida. Segundo ele, porém, o pagamento está previsto para ser feito até o final de janeiro. O cartola deixou o cargo para ser candidato à vice-presidente na chapa de Paulo Garcia no pleito marcado para 3 de fevereiro.

De acordo com o balanço corintiano, o agente de Cássio, Fágner e Camacho cobra juros de 1,94% ao mês. A taxa é superior à cobrada do clube por instituições financeiras. O documento registra que o BIC Banco, por exemplo, cobrou juros de 1,45% ao mês. O BCV/BMG acordou taxas de 1,86% e 1,63% ao mês.

Leite afirma que no final de 2017 fez outro empréstimo no valor de R$ 200 mil com a promessa de que receberia o pagamento em 30 dias. O envio do dinheiro para a conta do Corinthians virou alvo de uma investigação no clube. A comissão eleitoral identificou a operação enquanto apurava a suspeita de que candidatos pagaram para sócios inadimplentes regularizarem suas situações e poderem votar.

Segundo Miguel Marques e Silva, presidente da comissão eleitoral, uma funcionária do clube afirmou em seu depoimento que o dinheiro de Leite foi enviado para pagar taxas de associados inadimplentes. O empresário nega. Sustenta que fez um empréstimo e que não sabe como a verba foi usada. Por sua vez, Piovezan nega que o clube tema tomado R$ 200 mil emprestados junto ao empresário. Agora a comissão deve questionar o presidente Roberto de Andrade sobre a operação financeira com o agente.

A investigação a respeito dos pagamentos começou depois de a diretoria anunciar desconto de 50% para os inadimplentes normalizarem suas situações. O estatuto do clube proíbe anistia financeira a sócios a partir de um ano antes da eleição. A comissão eleitoral, então, tirou da lista de votação quem se beneficiou da promoção. A diretoria argumenta que a anistia só se caracterizaria com o perdão total da dívida.

 

Esqueçam, Corinthians não trará grandes reforços!

Leia o post original por Craque Neto

O torcedor corintiano está totalmente perdido e sem entender por é que ‘cargas d’água’ o time foi campeão do Brasileirão, ganhou uma baita grana de premiação e não contrata NINGUÉM de expressão para a próxima temporada? Simples a resposta. NÃO TEM GRANA! Isso mesmo! Tudo que entra abate os milhões – juntando o estádio chega a bilhões – e não sobre nada para reforçar o elenco. O único que chegou oficialmente foi o atacante Junior Dutra, rebaixado com o Avaí. É brincadeira? O Sr. Roberto juntamente com a diretoria tentaram o colombiano Tréllez, que era menos pior e escapou por […]

O post Esqueçam, Corinthians não trará grandes reforços! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Chapa do Corinthians se sente dona do clube! Futuro sombrio?

Leia o post original por Craque Neto

Acabei de receber a informação que a diretoria do Corinthians – leia-se presidente Roberto de Andrade – renovou o contrato com a fornecedora de material esportivo até 2029. Isso mesmo! Acreditem! Mesmo com o mandato do Sr. Roberto acabando em fevereiro de 2018, quando terão novas eleições, ele prorrogou o vínculo com a Nike por mais 12 anos. É brincadeira? Nada contra a empresa, mas o cara não pode fazer isso por um período desses. Só tem uma explicação para tal atitude. Essa chapa do Roberto e do Andrés, que estão mantendo uma nova DITADURA dentro do clube, tem a […]

O post Chapa do Corinthians se sente dona do clube! Futuro sombrio? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Dívidas forçam direção do Timão a apelar para reforços contestados

Leia o post original por Craque Neto

Obviamente que o momento é só de elogios para o Corinthians. Afinal mesmo com um elenco contestado tecnicamente o time faturou o ‘hepta’ do Brasileirão. O Timão é o maior vencedor do torneio na década e na ‘Era’ dos pontos corridos. Agora é inegável que a diretoria afundou o clube em mar de dívidas impressionante. Segundo especialistas, somando as contas pendentes da Arena de Itaquera, o valor do buraco atingiria quase R$ 2 bilhões. Dá pra acreditar??? O duro é planejar o elenco para a próxima temporada sem grana para investir. Enquanto toda a Fiel sonha  com reforços de peso […]

O post Dívidas forçam direção do Timão a apelar para reforços contestados apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Incompetência de DIRIGENTE deve fazer Corinthians perder Pablo

Leia o post original por Craque Neto

Lembram quando logo após o título do Brasileirão de 2015 houve uma debandada de jogadores campeões do Corinthians para o futebol chinês. Sabem qual foi o motivo daquilo? Incompetência do presidente Roberto de Andrade que só não acreditou na conquista como não revisou anteriormente o contrato dos atletas, que tinham vínculos mais curtos, dívidas com eles e multas baixas. Ou seja, ficou fácil demais para empresários e procuradores quebrarem os vínculos. O Ralf, por exemplo, que foi talvez o melhor volante do clube na década saiu por apenas um milhão. É brincadeira? Achei que o tal cartola tinha aprendido a […]

O post Incompetência de DIRIGENTE deve fazer Corinthians perder Pablo apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Presidente admite dívida com dois, mas outros atletas cobram o Corinthians

Leia o post original por Perrone

Roberto de Andrade afirmou nesta quinta (26) ao canal Fox Sports que o Corinthians deve luvas apenas para Jô e Gabriel entre os jogadores do elenco. Em seguida, disse que com o volante está tudo praticamente em dia. Porém, internamente, os estafes de pelo menos mais dois atletas cobram o clube: Jadson e Pedrinho.

Em ambos os casos os valores alegados são referentes a luvas. Em relação a Jadson, a cobrança feita junto à diretoria é de parte de uma parcela que deveria ter sido paga logo após o retorno dele ao time, no início do ano, e outra vencida em outubro. Com Pedrinho a conta é de três parcelas de luvas atrasadas.

Além das luvas, são contabilizadas comissões que não teriam sido pagas aos agentes dos dois jogadores.

A assessoria de imprensa do Corinthians afirmou que o clube não comentará o assunto e que se há algum problema os empresários entram em contato com a diretoria. Emerson Piovezan, diretor financeiro, e Flávio Adauto, diretor de futebol, não responderam até a publicação deste post às mensagens enviadas pelo blog.

Integrantes dos estafes de Jadson e Pedrinho também não quiseram dar entrevista sobre o tema.

Como Carille entra na disputa eleitoral no Corinthians

Leia o post original por Perrone

A escolha de Fábio Carille como técnico do Corinthians, líder com folga do Brasileirão, entrou na pauta política da próxima eleição presidencial no clube, prevista para fevereiro de 2018. Em discussão está a “paternidade” da decisão de efetivar o ex-auxiliar como treinador.

Em recente entrevista ao programa Bandsports News, Andrés Sanchez, nome mais cotado para ser o candidato da situação, afirmou que o corintiano será o próximo técnico da seleção brasileira. Declarou ainda que, pela sua vontade, o jovem treinador estaria há mais tempo no comando do time. “Carille não me surpreende. Pelo contrário. Ele tinha que ter ficado até o final do ano (2016) quando o Cristóvão saiu. Foi opção do presidente (Roberto de Andrade contratar Oswaldo de Oliveira). Se deu errado, todo mundo critica. Ele colocou o Carille esse ano e todo mundo achou uma loucura. Hoje, ele já é o melhor técnico do Brasil”, declarou o ex-presidente corintiano para a Band.

Andrés, porém, não explicou porque indicou Cristóvão para assumir o lugar de Tite e não sugeriu a efetivação de Carille na ocasião. Quando Oswaldo caiu e o ex-auxiliar assumiu, o deputado federal e seus aliados estavam em campanha pelo afastamento do gerente de futebol Alessandro, o que poderia mudar os rumos da comissão técnica.

Nesse cenário, adversários políticos de Andrés, avaliam que, após negar interferência no futebol alvinegro, ele tenta colar sua imagem ao sucesso de Carille. O ex-presidente não fala com o blog, por isso não pôde ser ouvido.

Porém, o atual deputado federal pelo PT não é o único presidenciável visto como quem se coloca no papel de “padrinho de Carille”. Interlocutores de Paulo Garcia afirmam que ele diz no Parque São Jorge ter sugerido o nome do ex-auxiliar como treinador para Andrade. Tradicional opositor ao grupo de Andrés e Andrade, ele se aproximou do atual presidente e indicou dirigentes para a gestão.

Indagado pelo blog se indicou Carille como treinador para o presidente, Garcia respondeu, por mensagem no celular, apenas: “não quero polemizar”.

Por sua vez, Osmar Stabile, opositor que já está em campanha ironizou os dois colegas de Conselho Deliberativo. “De filho bonito todo mundo quer ser pai. Se todos querem ser pai do Carille, eu também quero ser pai, tio, mãe, tudo”, disse ele.

Direção corintiana é cobrada para explicar em conselhos impostos não pagos

Leia o post original por Perrone

Colaborou Dassler Marques, do UOL em São Paulo

A diretoria do Corinthians deverá ser cobrada nos conselhos de Orientação (Cori) e Deliberativo (CD) para explicar por que não pagou em dia cerca de 13 milhões em tributos federais. A inadimplência fez com que a Receita Federal notificasse o clube. Para quitar o débito e evitar maiores problemas a direção vai usar receita referente às cotas de TV do Campeonato Paulista de 2018, o que gera mais polêmica interna.

O não pagamento foi identificado pelo sistema de controle da receita em relação aos times que refinanciaram suas dívidas fiscais pelo Profut. A lei exclui do parcelamento agremiações que deixarem de pagar três prestações. Isso também contribui para a pressão dos conselheiros sobre a diretoria.

Membros do Cori querem que a direção explique ao órgão os motivos para o atraso e detalhem a operação com a Federação Paulista envolvendo as receitas do Paulista de 2018. “Ainda não examinei o caso, mas claro que uma situação dessa magnitude precisa ser explicada ao Cori pela diretoria”, afirmou ao blog Osmar Basílio, presidente do Conselho de Orientação.

Em outra frente, integrantes da oposição estudam apresentar um requerimento para o Conselho Deliberativo também para que a direção detalhe o episódio.

Além do atraso no pagamento, existe a queixa do comprometimento de receita que seria recebida pela administração que vai suceder a de Roberto de Andrade no ano que vem sem consulta ao Cori e ao CD.

Porém, Emerson Piovezan, diretor financeiro alvinegro, alega que não houve antecipação de verba do próximo Estadual. Segundo ele informou à assessoria de imprensa corintiana, a FPF costuma liberar nessa época do ano quantia referente ao Estadual do ano seguinte. Por isso, ele entende que a operação não pode ser tratada como antecipação.