Arquivo da categoria: rodrigo caio

O último que sair apaga a luz?

Leia o post original por Craque Neto

O Zenit da Rússia fez uma proposta de R$ 44 milhões e deve tirar o zagueiro Rodrigo Caio do São Paulo. Se concretizada o jogador será mais um nome importante a deixar o clube. Sei que muita gente da imprensa tem valorizado a direção do Tricolor por vender bem seus atletas. Mas fazer isso no meio de uma competição importante como é o Brasileirão soa como desdém. Afinal, na esfera esportiva, quais as aspirações da turma do presidente Leco para a temporada 2017? Do planejamento feito pelo técnico Rogério Ceni no início da temporada o time praticamente todo foi alterado. […]

O post O último que sair apaga a luz? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Rogério não é louco

Leia o post original por Rica Perrone

Eu conheci o Rogério Ceni quando ele tinha uns 19 anos. Ele era reserva do reserva, jogava vôlei na social as vezes.  Nunca imaginei que ali estava um cara que faria a história que fez. Rogério é um cara com o ego inflado. “Arrogante”, no Brasil, é o cara que tem conciencia de sua capacidade. …

Conselheiros suspeitam que atleta vazou informações para fritar Ceni

Leia o post original por Perrone

O vazamento sobre episódios envolvendo Rogério e jogadores despertou a desconfiança de conselheiros graduados do São Paulo e com trânsito na diretoria e de pelo menos um membro do Conselho de Administração do clube de que há alguém no elenco interessado em fritar o treinador.

A suspeita é de que um ou mais jogadores descontentes fizeram com que a informação chegasse à imprensa para queimar Ceni. Porém, ninguém arrisca quem seriam os delatores.

Foram dois casos que saíram do vestiário. Um bronca do treinador em Rodrigo Caio após o zagueiro, ao ser sincero, evitar que o corintiano Jô tomasse cartão amarelo, e o chute dado por Ceni num quadro usado para explicações táticas no vestiário e que atingiu Cícero no intervalo do mesmo jogo com o Corinthians.

A suspeita de que o vazamento foi feito por um ou mais atletas também deixou nos mesmos cartolas a dúvida sobre se Ceni teria perdido o controle do vestiário. Até então, apesar dos maus resultados recentes, sua situação era considerada sólida.

A partir dessas notícias, foi ligado o sinal de alerta. A expectativa desse grupo passou a ser em relação ao comportamento dos jogadores nos próximos jogos para saber se havia algum risco de Rogério ficar sem clima para seguir no cargo. A cúpula tricolor, no entanto, em nenhum momento deixou de blindar o técnico.

Mas, antes de a equipe voltar a campo, líderes do elenco, como Rodrigo Caio, Lugano e Pratto, além de Cícero, defenderam Ceni publicamente numa tentativa de mostrar apoio do grupo ao treinador.

Os discursos acalmaram os bastidores do Morumbi, mas a desconfiança de que algo cheira mal no vestiário são-paulino ainda não foi dissipada.

Treta no vestiário? Prancheta voando? Tá explicado o racha no SP!

Leia o post original por Craque Neto

Durante o programa ‘Os Donos da Bola’ da Band recebi a notícia pelo ponto eletrônico dizendo que existiu uma briga feia do técnico Rogério Ceni com o meia Cícero. Segundo consta, após a derrota para o Defensia y Justicia (mais conhecido com o Íbis da Argentina), o comandante entrou no vestiário e jogou a prancheta no chão. Ela teria acertado o jogador que não gostou. A porrada só não comeu solta porque a turma do ‘deixa disso’ apartou. É brincadeira??? Se for recordar o Rogério já tinha ficado insatisfeito com a atitude do zagueiro Rodrigo Caio que confessou o pisão […]

O post Treta no vestiário? Prancheta voando? Tá explicado o racha no SP! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Amoroso sobre Rodrigo Caio: é um menino fantástico!

Leia o post original por Craque Neto

O ex-jogador e ídolo do Tricolor defende Rodrigo Caio, mas não nega que faltou um pouco de malandragem por conta do zagueiro que, para ele, poderia ter deixado nas mãos do juiz.

O post Amoroso sobre Rodrigo Caio: é um menino fantástico! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Jô deveria ter pedido para não jogar?

Leia o post original por Milton Neves

Após o Majestoso de ontem, perguntei a Jô no “Terceiro Tempo” da Band se ele, em algum momento, pensou em pedir para não jogar contra o São Paulo no Itaquerão (confira no vídeo acima).

Muita gente não entendeu o motivo de meu questionamento, mas eu explico.

A atitude de Rodrigo Caio no Morumbi foi tão nobre que, de forma alguma, merecia motivos para ser criticada pelos torcedores do São Paulo.

E qual seria um dos grandes motivos para a ira dos tricolores?

Jô, livre de suspensão pela bondade do zagueiro, balançar as redes do time do Morumbi.

Como, ironicamente, acabou acontecendo mesmo…

Agora, já imaginaram a saia-justa que Rodrigo Caio está enfrentando diante de seus companheiros, de seu treinador e da torcida são-paulina?

E isso por ter tomado uma atitude maravilhosa e única!

Claro que o atacante do Timão não cometeu nenhum pecado, mas ele poderia ter colaborado com o gentil zagueiro, não é mesmo?

O que acha sobre o assunto?

Opine!

A web de todos os santos

Leia o post original por Rica Perrone

Ao final de mais uma decisão, polêmica. Normal, é disso que vivemos.  Mas essa polêmica passar perto de se cobrar de um jogador o “fair play” de avisar o juiz sobre um impedimento que óbviamente ele não faz idéia se estava ou não, beira a sacanagem. É a polêmica a todo custo. É a vontade …

Passada a emoção, dê sua nota para Rodrigo Caio!

Leia o post original por Milton Neves

Não dá para dizer que TODO MUNDO aprovou a nobre atitude de Rodrigo Caio no Majestoso.

Afinal, Maicon, seu companheiro de zaga, se mostrou incomodado com a situação:

“Prefiro a mãe do adversário chorando do que a minha”.

Olha, Maicon, eu aposto que nenhuma mãe no mundo choraria após uma grande demonstração de honestidade de seu filho.

Só se for um choro de felicidade…

Mas não foi só o zagueirão Maicon que torceu o nariz.

Segundo o UOL, Rodrigo Caio levou puxão de orelha de parte do elenco são-paulino.

E os ex-jogadores Edmundo e Paulo Nunes admitiram que não fariam igual.

”Com a cabeça quente, eu queria era ganhar”, comentou o Animal, hoje comentarista da FoxSports.

“Eu buscava irritar os adversários, tirar proveito de uma situação”, explicou Paulo Nunes.

Mas, e agora, passada a emoção, de 0 a 10, que nota você dá para a atitude de Rodrigo Caio.

Não querendo influenciar nas respostas, mas este blog segue dando nota 10 ao zagueiro!

Opine!

Honestidade tumultuou vestiário do Tricolor

Leia o post original por Craque Neto

Após o clássico deste domingo entre São Paulo e Corinthians toda a opinião pública elogiou a atitude do zagueiro Rodrigo Caio, que assumiu ter dado o pisão no goleiro Renan Ribeiro. Isso fez com que o árbitro Luis Flávio de Oliveira retirasse o cartão amarelo – e a consequente suspensão – ao atacante Jô. O que ninguém imaginaria é que essa ação de honestidade causaria a discórdia dentro do vestiário do Tricolor. Quem estava no Morumbi já tinha desconfiado de algo estranho pelo fato do jogador ter sido o primeiro a sair e depois ter voltado ao vestiário mais tarde. […]

O post Honestidade tumultuou vestiário do Tricolor apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Sevilla volta a ter interesse em Rodrigo Caio

Leia o post original por Perrone

Com José Eduardo Martins, do UOL, em Sāo Paulo

O Sevilla voltou a ter interesse em contratar Rodrigo Caio a pedido do técnico Jorge Sampaoli.

Intermediário que trata da negociaçāo avisou Carlos Leite, agente do zagueiro, que o clube espanhol trabalha numa proposta para apresentar em breve ao Sāo Paulo.

Em agosto do ano passado, o Sevilla estava disposto a pagar 11 milhões de euros por 80% dos direitos econômicos do beque, mas a negociação nāo evoluiu.

Hoje, o Sāo Paulo tenta renovar o contrato de Rodrigo, que termina em outubro de 2018. A ideia tricolor é estender o compromisso até junho de 2019.

Rodrigo já recusou duas propostas tricolores. Ele ganha R$ 120 mil mensais e deseja receber R$ 350 mil, teto do clube.

Apesar da tentativa de renovação, parte dos cartolas sāo-paulinos avalia como fundamental para as finanças a venda do zagueiro.

Em dezembro, o diretor financeiro Adilson Alves Martins admitiu que precisaria vender jogador ou conseguir empréstimo para pagar em dia os salários de janeiro já que o Conselho Deliberativo vetou a  renovação  do contrato com a Globo para transmissão dos jogos do Brasileirāo em TV aberta.