Arquivo da categoria: Sport

O Palmeiras vai precisar jogar muito mais bola na próxima fase da Libertadores!

Leia o post original por Milton Neves

Palmeiras 3 x 1 Tucumán

O milionário Palmeiras venceu, é verdade, o modesto Tucumán no belíssimo Allianz Parque.

Mas, assim como em toda a primeira fase da Libertadores, o Verdão, pelo elenco que tem, ficou devendo bom futebol.

Afinal, o time argentino, que não é nada demais – nada demais MESMO -, pressionou, meteu bola na trave, teve gol mal anulado…

Pô, Palmeiras, a sua obrigação era garantir a classificação para a próxima fase da Libertadores sem levar nenhum tipo de susto!

Assim não dá, não é mesmo?

E por falar na próxima fase da Libertadores, o Palmeiras terá que melhorar muito para seguir avançando na competição.

Pela bola que tem jogado, se pegar um time encardido nas oitavas, sei não…

E uma coisa é certa:

O Verdão vai melhorar 76,4% quando Cuca deixar de insistir no mico Borja e colocar o iluminado Willian como titular.

Aí, meu amigo, não tem para ninguém!

Atlético-GO 1 x 2 Flamengo

Outro milionário que ficou devendo bom futebol foi o Flamengo.

Que sufoco, hein, rubro-negros?

Mas, agora, vejamos se o Mengão consegue recuperar a confiança, que ficou muito abalada após a precoce eliminação da Libertadores.

Bahia 1 x 0 Sport

Mas quem não ficou devendo bom futebol foi o meu querido Bahia.

O Tricolor de Aço simplesmente não tomou conhecimento do Sport na Arena Fonte Novo.

Tanto que o placar ficou barato.

Era para ter sido 3, 4 ou 5 a 0 para o time da casa.

Mas é isso aí, parabéns ao Bahia, merecidamente campeão da Copa do Nordeste!

Paraná 3 x 2 Atlético-MG

E, quem diria, o Galo terá que suar muito para eliminar o Paraná na Copa do Brasil.

Isso porque, em Curitiba, conseguiu levar incrível virada após estar vencendo o jogo por duas vezes.

Agora, em BH, a história tem que ser diferente, hein?

Opine!

Adidas entra na briga entre Sport e Fla! Quem tem razão?

Leia o post original por Milton Neves

A Adidas, uma das maiores fabricantes de material esportivo do mundo, entrou na briga sobre o Brasileirão de 1987, que envolve Sport e Flamengo.

Isso porque, por meio de suas redes sociais, a empresa publicou detalhes do novo uniforme do Leão, que tem nas costas a frase “O Brasil é teu”.

Essa foi a manchete do Diário de Pernambuco após o Sport vencer o Guarani na decisão do quadrangular final do polêmico Brasileirão-1987.

Os flamenguistas, claro, se revoltaram e protestaram nos perfis da Adidas.

A empresa alemã, para não se queimar com nenhum de seus parceiros, subiu no muro e deu a resposta abaixo:

Só que foi aí que a coisa só piorou!

A diretoria do Sport não gostou da resposta e prometeu “tomar todas as medidas cabíveis e necessárias perante a Adidas e o Poder Judiciário”.

Xiii…

Mas, afinal, quem está com a razão nesta história toda?

Eu só digo uma coisa: 87 é do Sport e de mais ninguém!

Opine!

Quem são vocês pra reclamar?

Leia o post original por Rica Perrone

Na história fica a verdade e para a história fica o que vocês quiserem contar.  Um dia os clubes TIVERAM que se unir para fazer um Brasileirão e formaram nossa primeira e sonhada Liga. A Copa União de 87 foi seguramente o melhor campeonato brasileiro que já tivemos. Durante o processo político com a CBF, …

Não insista Flamengo! A taça das bolinhas está na mão de quem merece!

Leia o post original por Craque Neto

O torcedor do Flamengo pode tirar o cavalo da chuva. O legítimo campeão da Copa União de 87 é mesmo o Sport Recife. Isso foi o que eu sempre disse e também acabou julgado pelo Supremo Tribunal Federal. Por 3 votos a 1 a corte negou o recurso do time carioca e declarou os pernambucanos os verdadeiros campeões daquele ano. Com direito a ficar com a famosa ‘taça das bolinhas’ em definitivo em sua galeria de conquistas. A diretoria rubro-negra afirmou que aguardará a publicação da decisão para avaliar se caberá ou não recurso. Mas isso é piada! E sabem […]

O post Não insista Flamengo! A taça das bolinhas está na mão de quem merece! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Oficial e definitivo: 87 é só do Sport! Flamengo, agora pare de encher o saco!

Leia o post original por Milton Neves

Agora não tem mais chororô!

O Supremo Tribunal Federal, na tarde desta terça-feira (18), negou o recurso do Flamengo e manteve o Sport Club do Recife como único campeão brasileiro de 1987.

Traduzindo: o STF confirmou o que todo mundo já está careca de saber!

Agora, Flamengo, pare de encher o saco com esses recursos que não vão dar em nada.

Afinal de contas, o STF tem assuntos MUITO mais importantes para resolver!

Opine!

Isso é bola de Seleção!

Leia o post original por Craque Neto

Acabei de acompanhar a vitória do Sport contra o Danubio do Uruguai pela Sul-Americana e percebi porque o Tite está convocando com frequência o Diego Souza como atacante da Seleção. Pelo amor de Deus! O cara está jogando demais! Além de participar de quase todas as jogadas ofensivas do time ainda tem um baita golaço de meia bicicleta. Particularmente achava que esse rapaz estava com a carreira descendente. Afinal depois da ida dele para o mundo árabe em 2012 nunca mais tinha conseguido render aquele futebol vistoso dos tempos de Fluminense e Palmeiras. Aliás o estilo dele, que é de […]

O post Isso é bola de Seleção! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Palmeiras segue firme. Mas tomou sustos

Leia o post original por Antero Greco

Não vou contestar a campanha do Palmeiras. Seria tolice arrumar entraves na caminhada de um time que lidera há 14 rodadas, tem 16 jogos de invencibilidade, melhor ataque e uma das melhores defesas. Não está na ponta do Brasileiro por acaso, por obra “dos deuses do futebol” ou outras bobagens inventadas para dar um toque de mistério ao mundo da bola.

É o primeiro colocado por méritos, pela regularidade, pela qualidade do elenco. Pelo trabalho de Cuca.

Mas, meu amigo, neste domingo teve uns calafrios para bater o Sport por 2 a 1. Tomou uns sustos e ainda contou com uma derrapada da arbitragem, que ignorou pênalti de Mina em cobrança de escanteio. O colombiano subiu para fazer o corte e, mesmo sem intenção, a bola bateu no bração dele todo aberto dentro da área. Na sequência, saiu o gol de Dudu, que abriu o marcador.

O sufoco, na verdade, esteve na postura dos times. O Palmeiras encontrou dificuldade para encaixar o jogo. Ao contrário de diversas outras ocasiões, não imprensou o adversário, não criou muitas chances de gol. E, pior do que isso, deu espaço, viu várias vezes a bola rondar a área e o gol. Jailson teve outra atuação muito boa. Pena que está suspenso para o clássico com o Santos no meio da semana.

O Palmeiras teve o mérito de ser eficiente nas poucas oportunidades que criou, sobretudo no primeiro tempo. Fez 1 a 0 com Dudu, levou o empate com Rogério e no último lance antes do intervalo garantiu o resultado, com gol de Tchê Tchê. No segundo tempo, demorou uns 20 e tantos minutos para arriscar uma finalização. Pouco, para quem jogava em casa e era favorito.

Cuca transferiu para o gramado a dificuldade do Palmeiras, por ser time de tocar a bola. Desculpa que serve até a página 3. Ele sabia que o campo não anda lá essas coisas; portanto, deveria estar preparado para obstáculos. Isso vale como registro, não como demérito. Nenhuma equipe fica tanto tempo no topo se não tiver nível para tal.

O Palmeiras é o mais regular dentre os 20 participantes da Série A. Por isso, surfa rumo ao título. Depende apenas de si, de sua capacidade, de seu autocontrole. Faltam poucos jogos para quebrar jejum de 22 anos.

Não é ilícito o torcedor ter esperança.

Timão breca o Fla e ajuda o Verdão, que vence e já começa a ensaiar grito de campeão! Gre-Nal acaba sem gols, sem graça; e Cruzeiro respira ao bater o Vitória!

Leia o post original por Milton Neves

A volta ao Maracanã poderia ter sido perfeita. Poderia…

Infelizmente, antes do jogo as torcidas se estranharam e nós presenciamos cenas lamentáveis. Gente, mais paz, mais amor!

No entanto, dentro de campo o que vimos foi um jogaço digno desses dois gigantes.

E eu que apostei na vitória certa do Flamengo, me enganei.

Não é que o Corinthians ajudou e muito o arquirrival Palmeiras? Seria já o olhar clínico de Oswaldo de Oliveira?

Os dois gols alvinegros fizeram os palmeirenses comemorarem a quilômetros de distância e dentro do Allianz Parque.

Algo raro de se acontecer…

Porém, mais raro foi o “Apito Amigo” que agiu contra o Timão, não é mesmo?

Guerrero, que nada tem a ver com isso fez logo dois.

O primeiro, impedido, teve um sabor especial, pois era assim que marcava seus gols pelo Corinthians. Doce veneno?

A bem da verdade, o Flamengo teve todas as chances para virar, mas Walter estava lá. Sem dúvidas o grande destaque. Jogando desse jeito, o Cássio não volta mais!

Mas e agora?

Como é que vai ficar a situação dos cariocas?

Após esta rodada, a distância para o líder aumentou para seis pontos.

Será que o Fla ainda tem gás para buscar uma reação e ser o grande campeão? Ficou difícil!

Palmeiras 2 x 1 Sport

O líder do campeonato deu um importante passo para a consagração que tanto busca.

A vitória sobre o Sport, injusta, deixa o Verdão um pouco mais perto do título.

É que o árbitro deixou de anotar um pênalti claríssimo do zagueiro Mina.

Se os pernambucanos venceriam ou não, é outra história, pois o Palmeiras fazia uma grande partida. Mas a não marcação da penalidade os prejudicaram muito.

Grêmio 0 x 0 Internacional

O Gre-Nal teve quase tudo que caracteriza o duelo entre as equipes, só faltou o principal.

A falta do gol foi o reflexo do clássico, que teve como foco o sangue esquentado dos jogadores.

Ao invés de jogar bola, se preocuparam mais em bater do que vencer e conquistar os três pontos.

Só não esteve pior, porque o segundo tempo teve algumas boas chances, mas sempre seguida da tensão, o que tirou a graça do duelo.

Vitória 0 x 1 Cruzeiro

Parece que os ares lá na Toca da Raposa estão mudando.

A ótima vitória sobre o Rubro-Negro baiano se deve graças ao excelente goleiro Rafael, que além de importantes defesas, pegou um pênalti.

E o gol de Ariel Cabral deu ânimo ao time, que entrou em campo com muitas mudanças.

Esse Mano Maneses, viu? E vocês o criticavam tanto na Seleção Brasileira!

Coritiba 1 x 1 Fluminense

O duelo foi disputadíssimo, ainda mais pela forma que foi construído.

A expulsão-relâmpago de Kléber prejudicou o Coritiba, que sofreu durante todo o jogo com um jogador a menos.

Gum saiu da zaga e fez abriu o placar. O zagueiro se redimiu da falha contra o São Paulo e fez uma bela partida, diferente da dupla de ataque que foi muito mal.

Porém, o Coxa mostrou sua força dentro de casa e arrancou o empate.

Atlético-MG 3 x 0 Figueirense

A boa vitória sobre o Figueirense manteve o Atlético-MG na terceira colocação, mas a próxima rodada pegará fogo.

O Galo que está a dois pontos do Flamengo, receberá o Rubro-Negro, fazendo um duelo de seis pontos.

Agora ficou realmente difícil para os cariocas, que tendem a cair na tabela.

Chapecoense 0 x 1 Santos

O Santos vem comendo pelas beiradas e hoje não foi diferente.

A verdade é que o Peixe não jogou bem, mas conseguiu vencer a Chapecoense fora de casa.

Na partida, o time da Vila Belmiro contou com uma lambança dos anfitriões e Lucas Lima não desperdiçou a chance.

Porque após isso, foi rezar e se segurar. O mais justo seria no mínimo o empate, mas o goleiro Vanderlei fechou o gol.

OPINE!!!

Timão breca o Fla e ajuda o Verdão, que vence e já começa a ensaiar grito de campeão! Gre-Nal acaba sem gols, sem graça; e Cruzeiro respira ao bater o Vitória!

Leia o post original por Milton Neves

A volta ao Maracanã poderia ter sido perfeita. Poderia…

Infelizmente, antes do jogo as torcidas se estranharam e nós presenciamos cenas lamentáveis. Gente, mais paz, mais amor!

No entanto, dentro de campo o que vimos foi um jogaço digno desses dois gigantes.

E eu que apostei na vitória certa do Flamengo, me enganei.

Não é que o Corinthians ajudou e muito o arquirrival Palmeiras? Seria já o olhar clínico de Oswaldo de Oliveira?

Os dois gols alvinegros fizeram os palmeirenses comemorarem a quilômetros de distância e dentro do Allianz Parque.

Algo raro de se acontecer…

Porém, mais raro foi o “Apito Amigo” que agiu contra o Timão, não é mesmo?

Guerrero, que nada tem a ver com isso fez logo dois.

O primeiro, impedido, teve um sabor especial, pois era assim que marcava seus gols pelo Corinthians. Doce veneno?

A bem da verdade, o Flamengo teve todas as chances para virar, mas Walter estava lá. Sem dúvidas o grande destaque. Jogando desse jeito, o Cássio não volta mais!

Mas e agora?

Como é que vai ficar a situação dos cariocas?

Após esta rodada, a distância para o líder aumentou para seis pontos.

Será que o Fla ainda tem gás para buscar uma reação e ser o grande campeão? Ficou difícil!

Palmeiras 2 x 1 Sport

O líder do campeonato deu um importante passo para a consagração que tanto busca.

A vitória sobre o Sport, injusta, deixa o Verdão um pouco mais perto do título.

É que o árbitro deixou de anotar um pênalti claríssimo do zagueiro Mina.

Se os pernambucanos venceriam ou não, é outra história, pois o Palmeiras fazia uma grande partida. Mas a não marcação da penalidade os prejudicaram muito.

Grêmio 0 x 0 Internacional

O Gre-Nal teve quase tudo que caracteriza o duelo entre as equipes, só faltou o principal.

A falta do gol foi o reflexo do clássico, que teve como foco o sangue esquentado dos jogadores.

Ao invés de jogar bola, se preocuparam mais em bater do que vencer e conquistar os três pontos.

Só não esteve pior, porque o segundo tempo teve algumas boas chances, mas sempre seguida da tensão, o que tirou a graça do duelo.

Vitória 0 x 1 Cruzeiro

Parece que os ares lá na Toca da Raposa estão mudando.

A ótima vitória sobre o Rubro-Negro baiano se deve graças ao excelente goleiro Rafael, que além de importantes defesas, pegou um pênalti.

E o gol de Ariel Cabral deu ânimo ao time, que entrou em campo com muitas mudanças.

Esse Mano Maneses, viu? E vocês o criticavam tanto na Seleção Brasileira!

Coritiba 1 x 1 Fluminense

O duelo foi disputadíssimo, ainda mais pela forma que foi construído.

A expulsão-relâmpago de Kléber prejudicou o Coritiba, que sofreu durante todo o jogo com um jogador a menos.

Gum saiu da zaga e fez abriu o placar. O zagueiro se redimiu da falha contra o São Paulo e fez uma bela partida, diferente da dupla de ataque que foi muito mal.

Porém, o Coxa mostrou sua força dentro de casa e arrancou o empate.

Atlético-MG 3 x 0 Figueirense

A boa vitória sobre o Figueirense manteve o Atlético-MG na terceira colocação, mas a próxima rodada pegará fogo.

O Galo que está a dois pontos do Flamengo, receberá o Rubro-Negro, fazendo um duelo de seis pontos.

Agora ficou realmente difícil para os cariocas, que tendem a cair na tabela.

Chapecoense 0 x 1 Santos

O Santos vem comendo pelas beiradas e hoje não foi diferente.

A verdade é que o Peixe não jogou bem, mas conseguiu vencer a Chapecoense fora de casa.

Na partida, o time da Vila Belmiro contou com uma lambança dos anfitriões e Lucas Lima não desperdiçou a chance.

Porque após isso, foi rezar e se segurar. O mais justo seria no mínimo o empate, mas o goleiro Vanderlei fechou o gol.

OPINE!!!