Arquivo da categoria: Vasco

Onde o Flamengo está, os 11 podem estar

Leia o post original por Rica Perrone

Talvez pra muita gente de fora seja novidade, mas sim, é verdade: temos um clube carioca levado a sério administrativamente.  E obviamente isso não implica em “perfeição”, portanto, dizer coisas como “é sério mas erra aqui, ou ali” é apenas mais do mesmo.  Diferente é o que está acontecendo lá. Mas pouco me importa o …

Mais EDUCAÇÃO e menos IMPUNIDADE!

Leia o post original por Craque Neto

Queria entender o que deu na cabeça dos dirigentes do futebol brasileiro para marcar um clássico entre Vasco e Flamengo no estádio de São Januário? Pediram pra dar ‘m…’, não é verdade? Poxa vida! Qualquer pessoa que conhece um pouco de futebol sabe que o local não tem a menor condição de receber um jogo dessa grandeza. E vejam só, analisando friamente, esse tumulto tinha tudo para acontecer. Afinal o Flamengo tem um baita elenco e foi encarar o time meia boca do Vasco. Aí não deu outra! Os donos da casa perderam e deu confusão, briga e até morte […]

O post Mais EDUCAÇÃO e menos IMPUNIDADE! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Opinião: Vasco precisa proteger seus torcedores pacíficos da ala violenta

Leia o post original por Perrone

Eurico Miranda está certo quando aponta o dedo para Polícia Militar ao falar das bombas atiradas em São Januário neste sábado (8), após a derrota do Vasco para o Flamengo por 1 a 0.

Mas de nada adianta o presidente acusar a PM, cruzar os braços e fechar os olhos. Os policiais falharam na revista, mas eles não são os principais culpados por mais um distúrbio no local.

A maior parcela de culpa, na opinião deste blogueiro, é de uma minoria de torcedores vascaí­nos que sabe se lá por qual motivo teima em prejudicar a equipe. Os caras são reincidentes. Para ficar num exemplo recente, em junho saíram na porrada dentro de São Januário ainda antes de terminar a partida em que o time da casa perdeu por 5 a 2 para o Corinthians, pelo Brasileiro.

Assim, o Vasco precisa se proteger contra esses vândalos. Não pode continuar sendo prejudicado por eles. E se não quiser se defender, tem a obrigação de proteger seus torcedores pacíficos. Deixar tudo na mão da PM não é uma demonstração de respeito aos fãs do time. Pelo contrário, soa como um “tô nem a픝.

No lugar de falar na existência de uma política para prejudicar o futebol, Eurico deveria se esforçar para que o clube ajude a polícia a identificar os baderneiros e a evitar a entrada deles no estádio. Poderia, por exemplo, instalar mais câmeras de segurança e tomar a iniciativa de entregar as imagens para as autoridades quando necessário.

O clube deve também estudar medidas mais drásticas, como não mandar jogos de alto risco em São Januário. Atuar em casa é um direito sagrado de todos os clubes. Mas, a segurança dos torcedores está em primeiro lugar.

O lar vascaíno tem problemas estruturais, por mais que isso corroa o orgulho de Eurico. Seu entorno é estreito e dificulta a atuação da poli­cia. Do lado de dentro, há pouco espaço para o escoamento da massa em caso de emergência. E num estádio maior, talvez, torcedores não tentassem invadir o campo, como aconteceu neste sábado.

Jogar fora de casa uma ou outra vez no Brasileiro por questões de segurança seria menos prejudicial ao clube do que ter sua imagem arranhada por fatos como os que aconteceram na partida contra o Flamengo e que certamente afastam parte da torcida. Mais do que isso, o risco à integridade física do torcedor que só quer torcer seria menor em um local mais seguro em partidas críticas. É o que deveria importar para o Vasco.

Não esqueçam o quão incrível é tudo isso

Leia o post original por Rica Perrone

Oi, botafoguense.  Escrevo esse texto para não te deixar esquecer de algumas coisas e não exatamente para avaliar este ou aquele jogo. Vejo euforia, e é justo que haja. Vejo todo prazer em falar em Dubai, título brasileiro, Copa do Brasil e o que mais vier. Sei o quanto é deboche, mas torcedor que sou …

Empate sem graça! Santos tenta, mas não “enterra” a “morta” Ponte Preta!

Leia o post original por Milton Neves

Antes de tudo, quero destacar a bela atuação da arbitragem.

Foi perfeita no lance do gol da Ponte Preta, quando anulou a jogada.

Portanto, NADA de “Apito Amigo”!

Quanto ao duelo, mais um partidaço de Vanderlei!

O ótimo desempenho do goleiro santista, só reforça os pedidos por sua convocação à Seleção.

Tá passando da hora, não é mesmo Tite?

Aranha também foi muito bem, evitou a derrota da Macaca.

E o Lucas Lima, hein?

Jogou demais, quase deu a vitória ao Peixe!

No entanto, apesar de ter sido um jogo bastante movimentado, o placar não saiu do zero, uma pena…

O Santos até que tentou, mas não conseguiu “enterrar” na tabela a “morta” Ponte Preta”!

Vasco 1 x 0 Avaí – o duelo teve de tudo, apagão e muita confusão. O futebol foi fraco, mas o Cruzmaltino fez o dever de casa.

Atlético-GO 0 x 1 Atlético-PR – o Furacão acordou! Venceu a segunda fora de casa. E olha, aí tem o dedo de Eduardo Baptista, hein? Será que foi uma boa demiti-lo, Palmeiras?

OPINE!!!

O “insegurável” Corinthians está jogando como se tivesse o dinheiro do Palmeiras!

Leia o post original por Milton Neves

Vasco 2 x 5 Corinthians

Que verdadeiro JOGAÇO em São Januário!

Partida pegada, emocionante, movimentada e com nada menos do que… SETE GOLS!

Sensacional, não é mesmo?

No fim das contas, o “insegurável” Corinthians acabou levando a melhor sobre o Vasco da Gama.

E COMO levou a melhor: 5 a 2 para o time comandado por Fábio Carille.

Mas, apesar do placar elástico, o Alvinegro do Parque São Jorge levou um baita sufoco da equipe cruzmaltina no início do segundo tempo.

Vencendo por 2 a 0, o Timão conseguiu levar o empate nos dois primeiros minutos da etapa completar, após Luís Fabiano, carrasco corintiano, balançaras redes por duas vezes.

Mas os comandados de Carille foram frios, não se abalaram, tocaram a bola, envolveram o Vasco e fizeram, sem precisar de muita força, mais três gols nos mandantes.

Impressionante!

O Timão tem jogado nesta temporada como se tivesse toda a fortuna do Palmeiras.

Mas, perguntar não ofende: até quando durará o estoque de milagres deste Corinthians, hein?

Aguardemos…

Sport 2 x 0 Flamengo

E a torcida do Flamengo não quer ver Alex Muralha nem pintado de ouro, hein?

Afinal, o goleirão conseguiu falhar nos dois gols que garantiram a vitória do Sport sobre o Mengão!

É, e esse foi o primeiro triunfo de Luxa no comando da equipe pernambucana.

Será que embala?

E Zé Ricardo, corre risco de perder seu emprego?

Opine!

O “insegurável” Corinthians está jogando como se tivesse o dinheiro do Palmeiras!

Leia o post original por Milton Neves

Vasco 2 x 5 Corinthians

Que verdadeiro JOGAÇO em São Januário!

Partida pegada, emocionante, movimentada e com nada menos do que… SETE GOLS!

Sensacional, não é mesmo?

No fim das contas, o “insegurável” Corinthians acabou levando a melhor sobre o Vasco da Gama.

E COMO levou a melhor: 5 a 2 para o time comandado por Fábio Carille.

Mas, apesar do placar elástico, o Alvinegro do Parque São Jorge levou um baita sufoco da equipe cruzmaltina no início do segundo tempo.

Vencendo por 2 a 0, o Timão conseguiu levar o empate nos dois primeiros minutos da etapa completar, após Luís Fabiano, carrasco corintiano, balançaras redes por duas vezes.

Mas os comandados de Carille foram frios, não se abalaram, tocaram a bola, envolveram o Vasco e fizeram, sem precisar de muita força, mais três gols nos mandantes.

Impressionante!

O Timão tem jogado nesta temporada como se tivesse toda a fortuna do Palmeiras.

Mas, perguntar não ofende: até quando durará o estoque de milagres deste Corinthians, hein?

Aguardemos…

Sport 2 x 0 Flamengo

E a torcida do Flamengo não quer ver Alex Muralha nem pintado de ouro, hein?

Afinal, o goleirão conseguiu falhar nos dois gols que garantiram a vitória do Sport sobre o Mengão!

É, e esse foi o primeiro triunfo de Luxa no comando da equipe pernambucana.

Será que embala?

E Zé Ricardo, corre risco de perder seu emprego?

Opine!

Tudo pode quando é “só futebol”

Leia o post original por Rica Perrone

Veja você, torcedor do futebol não caramelizado e sem flocos crocantes, como ainda é fácil reviver uma legítima tarde de futebol. Mesmo que longe do meio a meio do Maraca, que é meu cenário ideal para clássicos, os dois times se enfrentaram sob a dignidade mínima exigida do bom futebol que é permitir a entrada …