Carille perdeu oportunidade de ficar calado!

Leia o post original por Craque Neto 10

Após a surra que o Corinthians levou do Independiente Del Valle no primeiro jogo das semifinais da Copa Sul-Americana, o técnico Fábio Carille teve a cara de madeira de vir na entrevista coletiva em Itaquera dizer que o problema é que o elenco tem muitos meninos inexperientes que não aguentaram a malandragem e a pressão de um jogo grande desses. Ele só pode estar de brincadeira, não é? Olha só, sempre tive o maior respeito e admiração pelo comandante corintiano que em apenas 2 anos e 8 meses no cargo já conquistou quatro títulos. Mas ele perdeu uma excelente oportunidade […]

O post Carille perdeu oportunidade de ficar calado! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Ministério Público denuncia Najila por fraude processual

Leia o post original por Perrone

O Ministério Público apresentou nova denúncia contra Najila Trindade em desdobramento da acusação de estupro feita pela modelo contra Neymar, que teve inquérito arquivado. O promotor Luis Guilherme Gomes dos Reis Sampaio denunciou a modelo por fraude processual. Não é possível saber detalhes, pois o caso está sob sigilo.

O mesmo promotor denunciou o ex-marido de Najila, Estivens Alves, por fraude processual e por ter repassado fotos dela com conteúdo erótico sem autorização. Procurado, Estivens disse que só poderia falar duas horas mais tarde porque estava em reunião. O blog não conseguiu entrar em contato com Cosme Araújo, advogado de Najila, até a publicação deste post.

A modelo já havia sido denunciada pelo MP sob as acusações de denunciação caluniosa e extorsão. Teria ocorrido tentativa de extorquir o pai do jogador do PSG. Agora a Justiça vai decidir se aceita as denuncias.

Bolão do Miltão: Timão perde em “sua” casa e Mengo começa a tropeçar…

Leia o post original por Milton Neves

Bolao-GIF-600

CAMPEONATO BRASILEIRO – 20ª RODADA

Botafogo 1 x 0 São Paulo. O Tricolor andou “voando” um pouco mas pousou e parece que seus jogadores carregam bigornas nas duas pernas…

Cruzeiro 1 x 0 Flamengo. O Mengo não será campeão brasileiro. Quem levantará o caneco é o Palmeiras. E o Rubro-negro perde para o cambaleante Cruzeiro…

Corinthians 0 x 1 Bahia. Em “sua” casa o Corinthians perderá para o bom Bahia! Falando no confronto… Um saudoso goleiro (argentino), que chegou a tocar na bola chutada por Ronaldo Drumond na vitória do Palmeiras sobre o Corinthians por 1 a 0 na final do Paulista de 74, também defendeu as cores do Bahia. Clique aqui e veja sua página na seção “Que Fim Levou?”

Santos 2 x 1 Grêmio. Será de virada, mas o Peixe vence o Grêmio!

Internacional 2 x 0 Chapecoense. Depois do vexame no Beira-Rio, vitória colorada sobre a querida Chapecoense.

Fortaleza 0 x 2 Palmeiras. Aqui, nenhuma surpresa. Mesmo fora de seus domínios, vitória esmeraldina.

Vasco 1 x 0 Athletico-PR. O Vascão de Luxemburgo segue melhorando, degrau a degrau vai subindo na tabela!

CSA 0 x 1 Ceará. O Vozão volta de Alagoas com três pontos na bagagem.

Goiás 1 x 1 Fluminense. Tudo igual no confronto na capital goiana.

Avaí 0 x 2 Atlético-MG. O Galo precisa (e vai) se recuperar!

COLOQUE SEU E-MAIL NA MENSAGEM PARA CONTATO, OK? SOMENTE SERÃO VÁLIDOS PALPITES COM O E-MAIL, POIS DO CONTRÁRIO NÃO TEREMOS COMO NOS COMUNICAR COM O VENCEDOR.

Os palpites postados serão válidos até 11h00 (horário de Brasília) deste sábado (21).

ATENÇÃO: Apenas um prognóstico (com os respectivos placares completos) por participante, um único IP, ok? Aqueles que enviarem mais de um prognóstico não serão considerados. Os palpites que não tiverem e-mail para contato também não serão considerados. Favor escrever os nomes dos times da mesma forma que no post. Do contrário, não poderão ser validados. Portanto, não valerão palpites com abreviaturas, apelidos e sem acentos. Também só serão considerados palpites em uma única mensagem, ou seja, não valem palpites em duas mensagens (uma com alguns jogos e outra com outros). Vencerá aquele (a) que acertar mais jogos. Em caso de empate, será considerado (a) vencedor (a) aquele (a) que tiver feito sua postagem há mais tempo (dia e horário) para o post em questão.

E o felizardo (ou felizarda) vai receber em casa um par de calçado Rafarillo de acordo com a disponibilidade que o fabricante tem em estoque, não necessariamente igual aos exemplificados abaixo.

CLIQUE AQUI E ACESSE O SITE DA RAFARILLO

ABAIXO, O GOLEIRO EVERSON, DO SANTOS FUTEBOL CLUBE, MOSTRANDO OS PRESENTES QUE RECEBEU DA RAFARILLO

O jornalista Ademir Quintino recebeu um par de sapatos Rafarillo com uma placa personalizada em julho de 2019. “Surpresa mais que agradável. Obrigado Rafarillo Calçados pelo presente. Agradeço ao querido Milton Neves, ícone do radio-jornalismo esportivo deste país, pois foi através deles que pude conhecê-los. Adorei a placa personalizada e o conteúdo da mensagem. Mandarem bem demais”, escreveu Ademir Quintino em postagem feita em seu Facebook

ABAIXO, MENSAGEM DO VELLOSO, QUE RECEBEU UM LINDO RAFARILLO

Estes são Alex e Luciano, do Rancho 53, com seus sapatos Rafarillo. À direita, foto do calçado Rafarillo da Camila, da Band

Milton Rafarillo red

O inebriado Nikão e o vira canecos do Athletico

Leia o post original por Mauro Beting

Parece que ele está de cara inchada de levantar Copas.

E ele está mesmo.

Nikão é quem mais vezes jogou pelo Athletico no elenco campeão da Sula e da Copa. Em 2015 ele chegou ao clube aos 22 anos com quase 10 quilos acima do peso. Para não dizer que tinha incontáveis litros de álcool sem moderação desde os 12 de idade. Quatro anos depois de ficar órfão da mãe que o criou sem pai. Quatro anos antes de perder a avó que o criou. Cinco anos antes de também perder o irmão Thiago Vinicius. O nome do filho que o amor da vida lhe deu. Junto com uma nova vida de amor e também fé.

Nikão perdeu os quilos acima e os litros que o deixaram 10 anos abaixo da expectativa de vida e carreira. Até chegar à Baixada, ele passou por 14 clubes. Por outros dois países. Sempre se perdendo na bebida. Não ganhando o que poderia conquistar.

A mulher deu o lar. A religião, o chão. O Athletico, o céu.

Nikão enfim foi o campeão que se imaginava quando chegava aos clubes que ele deixava como mais um caso perdido. Mesmo longe de ser unanimidade. Mesmo distante de ser o cara que se pensava.

Não é craque. Mas é um vencedor. Virando o jogo e fazendo história para mostrar que para estar entre os grandes é preciso se superar. Pensar positivo. Fechar a boca e driblar as tentações. Tentar dar algo mais.

Ser o que virou Nikão desde 2015. O que está fazendo o Athletico desde 1995.

Crescendo. Amadurecendo. Ganhando. E peitando quem desconfia. E desconfiando de quem não tem peito para ter coragem e para ter faixa no peito.

Nikão está inebriado e extasiado abraçando um caneco. É a melhor frase e imagem da grande final.

Serasa informa à Justiça que já incluiu Arena Itaquera S/A em seu cadastro

Leia o post original por Perrone

O SerasaJud, sistema jurídico do Serasa, informou à Justiça Federal que já cumpriu sua determinação e incluiu a Arena Itaquera S/A em seu cadastro de inadimplentes. A inclusão havia sido pedida pela Caixa na ação em que o banco executa dívida referente ao empréstimo de R$ 400 milhões que intermediou junto ao BNDES para ajudar a tocar a obra da Arena Corinthians.

A informação de que a inclusão foi concluída já foi anexada ao processo. A decisão da Justiça fora tomada no último dia 27, quando  o juiz Victorio Giuzio Neto deferiu pedido da Caixa para que a empresa fosse notificada para quitar o débito de cerca de R$ 536 milhões em até três dias e acatou o pedido de enviar o nome da Arena Itaquera S/A para o SerasaJud. A cobrança da dívida total antecipadamente foi feita porque a Caixa alega atraso no pagamento de seis parcelas em 2019.

A Arena Itaquera S/A, beneficiária do financiamento, foi criada para viabilizar o projeto do estádio corintiano. Ela é ligada ao Corinthians e à construtora Odebrecht por meio do Arena Fundo de Investimento Imboliário, que a controla.

O SerasaJud tem os mesmos efeitos do Serasa tradicional, mas foi criado para facilitar a notificações da Justiça a empresas cobradas. Conforme mostrou o Blog do Rodrigo Mattos as consequências da inclusão são mais em termos de imagem do que práticos. A empresa passa a sofrer restrições de crédito, mas quem toca a operação do estádio é o clube. Em condições normais, a Arena Itaquera S/A não precisa fazer operações de crédito.

O “azarão” não lhe cabe

Leia o post original por Rica Perrone

Um treinador desconhecido, um clube vindo da série B, uma rápida retomada e sim, surpresa. Não se esperava tanto tão rapidamente. E então o Inter se recoloca no cenário competitivo de alto nível do Brasil e começa se deparar com jogos como Nacional e Cruzeiro, onde se posta como um “azarão” fora, se defende bem,…

O “azarão” não lhe cabe

Leia o post original por Rica Perrone

Um treinador desconhecido, um clube vindo da série B, uma rápida retomada e sim, surpresa. Não se esperava tanto tão rapidamente. E então o Inter se recoloca no cenário competitivo de alto nível do Brasil e começa se deparar com jogos como Nacional e Cruzeiro, onde se posta como um “azarão” fora, se defende bem,…

Fim da novela! Terreno do Morumbi foi doação particular ao São Paulo F.C!

Leia o post original por Milton Neves

Foto: Divulgação

A torcida são-paulina ganhou um presente maravilhoso em 1952, quando recebeu doação particular do terreno onde foi construído o Estádio Cícero Pompeu de Toledo, o popular Morumbi.

A cerimônia de doação do terreno foi transmitida por Edson Leite, então narrador da Rádio Bandeirantes.

Portanto, corintianos e “demais interessados”, quem doou o terreno para ser construído o Morumbi, foi a iniciativa privada, e nada tem a ver com o governador paulista que ocupava o Palácio dos Bandeirantes na ocasião, Laudo Natel.

Imagem rara, do final dos anos 50, vista aérea do Estádio Cícero Pompeu de Toledo, o Morumbi. Foto: enviada pos André Luiz Correa de Oliveira

Ao fundo, funcionários trabalham na área das numeradas do Morumbi, em fase de construção.ordão Bruno Saccomani, quinto da esquerda para a direita, então presidente do Palmeiras, em visita ao Morumbi. Foto: arquivo pessoal de Gustavo Saccomani

Contrato com Caixa diz como Corinthians deve votar em assembleia de fundo

Leia o post original por Perrone

O contrato que regula o financiamento de R$ 400 milhões junto ao BNDES por meio da Caixa Econômica Federal para ajudar a pagar as despesas com a construção da Arena Corinthians determina até como o clube deve se posicionar em alguns casos específicos nas assembleias dos cotistas do fundo criado para administrar o projeto ou em qualquer outro “instrumento decisório”.

Se houver discordância em relação a cláusulas do acordo e for feita uma votação no Arena Fundo de Investimento Imobiliário para tentar alterá-las, por exemplo, os corintianos serão obrigados a votar contra. Pelo menos é o que determina o contrato. A imposição feita pela Caixa vale também para Odebrecht Participações e Investimentos(OPI) e para a Jequitibá Patrimonial, que assim como o Corinthians aparecem como intervenientes anuentes do contrato. A obrigação também alcança a Arena Itaquera S/A, beneficiária do empréstimo e ligada ao alvinegro e à construtora por meio do fundo, que é controlado pela empresa e pela agremiação. Ou seja, uma modificação não teria como ser aprovada.

Corinthians e demais envolvidos também devem se posicionar contrariamente à mudança da regra que prevê que todos os recursos do fundo sejam investidos “exclusivamente no empreendimento imobiliário que tem por objeto a arena, ressalvados os investimentos permitidos em relação ao caixa disponível”.

Outra determinação prevista no documento é de que o clube e demais partes se posicionem de forma contrária a medidas que possam provocar o vencimento antecipado do contrato.

É justamente a execução antecipada do contrato, por meio da Justiça, o que a Caixa pretende ao acionar a Arena Itaquera S/A. Como mostrou o blog, o banco alega que seis prestações não foram pagas neste ano. Por isso, diz exercer o direito de cobrar a dívida toda de uma só vez. Apesar da ação, as partes já mantiveram contato telefônico para marcar reunião em busca de conciliação.

As exigências descritas pelo blog estão no contrato com alterações provocadas por seu terceiro aditivo assinado em 29 de setembro de 2017 e apresentado à Justiça na execução proposta pela Caixa. O então presidente do clube, Roberto de Andrade, assinou o documento.