Não é só o nome

Leia o post original por Flavio Prado

 

O Palmeiras tem um nome ótimo em mente para substituir Vanderlei Luxemburgo. Miguel Angel Ramirez é, claramente, competente. Mostrou isso com um elenco simples como o Independiente Del Valle. Mas ele foi chamado para um processo. Começou na base foi subindo e teve tempo, sem grandes pressões, para desenvolver suas ideias, que viraram sucesso.

 

O Palmeiras dará isso a ele. A cultura do clube de ouvir conselheiros, torcida uniformizada, imprensa, etc, dando cabeças para satisfazer o lado político do clube foi informado a ele? Não creio. Juan Carlos Osorio assustou-se com a bagunça que encontrou no São Paulo e saiu na primeira proposta que teve. Será que as coisas mudaram por aqui? Vamos conferir em breve.

Um peso e duas medidas?

Leia o post original por Craque Neto 10

Engraçado como são as coisas, hein? Antes da partida contra o Grêmio pelo Brasileirão, a diretoria do São Paulo pediu a troca da equipe de arbitragem. O clube paulista, representado pelo diretor Raí e o gerente executivo Alexandre Pássaro, teve uma conversa com Leonardo Gaciba, chefe da Comissão de Arbitragem da CBF, para falar sobre […]

O post Um peso e duas medidas? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Os pedidos de reforços de Sampaoli desanimaram o elenco do Galo?

Leia o post original por Milton Neves

Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

Definitivamente, time que quer ser campeão do dificílimo Brasileiro não pode dar um mole como o do Atlético-MG ontem na Bahia.

Jogo na mão, rival dominado, inúmeras chances perdias e, na metade do segundo tempo, “desandou a maionese” do Maior de Minas.

Que coisa…

Agora, a taça, que já estava 84,7% nas mãos do Galo, está ameaçadíssima.

Isso porque, assim como a técnica, a tática e o preparo físico, o psicológico conta muito no futebol.

E, nesse quesito, a derrota para o Bahia tem tudo para abalar o ex-líder do Brasileirão.

Enquanto isso, psicologicamente, Internacional e Flamengo estão iluminados.

O Rubro-Negro principalmente, após o chocolate aplicado no Corinthians.

Mas, como explicar essa queda de rendimento do outrora imparável Atlético-MG?

O cristal de Sampaoli já trincou?

Será que, assim como no Palmeiras, o grupo se desmotivou ao ouvir o seu técnico pedindo constantemente reforços?

Ou se trata de oscilação natural dentro da temporada?

Opine!

Tropeção do Galo foi a maior zebra do Brasileiro!

Leia o post original por Milton Neves

Foto: Twitter/Bahia

Bahia 3 x 1 Atlético-MG

Pois é, zebras acontecem, não é mesmo?

O Galo começou com um domínio enorme, abriu o placar com o venezuelano Savarino no primeiro tempo e poderia ter feito mais nos primeiros 45 minutos de jogo.

Mas, aquela velha máxima do futebol, inventada por um tal Mauro Beting se fez presente em Pituaçu: quem não faz, toma!

E na etapa final, aquilo que parecia improvável aconteceu.

Primeiro em um lance de bola parada, que no rebote decretou o empate baiano, com Daniel.

Depois, uma tremenda bobeira em recuo de bola de Guga, Gilberto virou para o Tricolor.

O mesmo Gilberto, em contra-ataque, fez o terceiro, no final.

Sim, podem anotar!

Esta foi a maior zebra até agora do Campeonato Brasileiro.

E, na verdade, só serviu para dar mais emoção no topo da tabela.

O Galo ainda vai terminar o 1º turno na frente e em umas cinco ou seis rodadas do 2º turno já terá disparado para não mais ser alcançado.

Podem ter certeza!

OPINE!

Dando pena

Leia o post original por Flavio Prado

 

 

 

 

O Corinthians está dando pena e isso é terrível. Um time com um porte destes deve impor temor e não piedade. O que se tem visto nos jogos é de um nível tão baixo que no jogo contra o Flamengo, nem parecia time profissional. Os cariocas poderiam ter feito muito mais do que os cinco gols que fizeram.

Andres Sanchez prometeu transformar o Corinthians num Real Madrid. Virou um Castilla, o time da Série B dos madrilhenos. Não é questão de técnico é sim montagem de elenco mal feita. Corrigir isso é muito difícil mais ainda sem dinheiro e com uma folha de pagamento totalmente desproporcional ao nível dos jogadores. O Corinthians merece coisa bem melhor.

Corinthians jogando essa bola pode cair !

Leia o post original por Nilson Cesar

O Corinthians continua apresentando um futebol medíocre . Jogando essa bola pode cair sim . Jogadores que não produzem , e até a tradicional garra do Timão está faltando . Os jogadores precisam ser cobrados sim . Muitos erros de gestão e direção . A soma de tudo isso levou o Corinthians para essa situação . Passou da hora de reagir , para não ter que ficar até as rodadas finais fugindo do…

Fonte

Lição de gestão ou obra do acaso: como explicar o 5 a 1 do Mengão no Timão?

Leia o post original por Milton Neves

Foto: Flamengo

O Campeonato Brasileiro teve na tarde de ontem uma partida que certamente será lembrada por muitos e muitos anos.

Não que 5 a 1 seja um resultado incomum.

Até que acontece por aí.

Mas, na CASA DO ADVERSÁRIO, é bem raro de acompanharmos, realmente.

Só mesmo o Felipão-7 a 1 conseguiu um feito mais humilhante do que o vivido pela equipe de Parque São Jorge no último domingo.

E, claro, após a partida choveram nas redes sociais teorias sobre os motivos que levaram tal resultado a acontecer.

Vi muita gente dizendo que a goleada escancarava a forma como os dois clubes estão sendo administrados nos últimos tempos.

Para esses “teóricos”, o Flamengo tem sido extremamente responsável com as suas finanças na última década, enquanto o Corinthians tem esbanjado o seu dinheiro com um “desnecessário” estádio e com jogadores que não resolvem.

Mas teve gente também defendendo que a goleada foi mera obra do acaso.

Que se não fosse o VAR ajudando o Mengão (quando do primeiro gol de Gil) e a belíssima atuação do goleiraço Hugo Neneca, o duelo teria terminado talvez em um 5 a 3 e ninguém estaria criando teorias mirabolantes sobre o placar.

E você, amigo internauta, concorda com uma dessas explicações?

Ou tem alguma outra teoria sobre o que aconteceu em Itaquera ontem?

Opine!

Atropelado por um bonde sem freio!

Leia o post original por Craque Neto 10

Participei hoje da transmissão da partida entre Corinthians e Flamengo pela minha rádio na Web (www.youtube.com/radiocraqueneto) e vi algo que não tinha visto ainda esse ano: o Mengão simplesmente atropelou o Timão sem dó nem piedade em plena Arena em Itaquera. Logo nos primeiros minutos já tive a impressão de que parecia um duelo de […]

O post Atropelado por um bonde sem freio! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Rogério Ceni está no mesmo patamar dos técnicos gringos

Leia o post original por Milton Neves

Fortaleza 2 x 0 Palmeiras

Que belíssimo gesto do Palmeiras, não é mesmo?

Solidário com a dor do co-irmão, o Verdão não deixou o Corinthians passar vergonha sozinho neste domingão.

Foi ao Castelão enfrentar o Fortaleza e também pagou grande mico na 17ª rodada.

Xi, o problema não era o Luxa?

Gente, mas é impressionante o trabalho de Rogério Ceni no Tricolor do Pici.

Honestamente, o elenco da equipe comandada por Rogério seria para brigar lá na parte de baixo da tabela.

Mas, mesmo sem “ovos”, o jovem treinador faz belíssima omelete na capital do Ceará.

Já imaginou Ceni tendo em suas mãos elencos como os do Flamengo ou do Atlético-MG?

Por isso eu digo sem medo de errar: hoje, Rogério não fica devendo em nada para os “gringos” Domènec, Sampaoli ou Coudet.

Já o Verdão, ao que tudo indica, também entrará na onda de contratar técnico estrangeiro e trará Miguel Ángel Ramírez, do Independiente Del Valle.

Que tenham com ele mais paciência do que tiverem com os últimos “professores” que por lá passaram.

Até porque o elenco é um dos mais modestos dos últimos anos.

Opine!

Corintianos deveriam beijar as mãos de Cássio, e não apedrejá-lo!

Leia o post original por Milton Neves

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Com a vitória na última quarta-feira, muita gente começou a apostar por aí que o Corinthians tinha definitivamente saído da crise.

Mas bastou o duelo contra o Flamengo para que o Timão voltasse a afundar.

E, dessa vez, a equipe do Parque São Jorge está em uma profundidade em que jamais esteve.

Bom, e em momentos como esse, é claro, os torcedores começam a fazer “caça às bruxas” para buscar os culpados.

E, mais uma vez, a Fiel é completamente injusta com um de seus ídolos.

Gente, Cássio passa longe de ser o responsável por essa péssima fase do Alvinegro.

Ele não está fazendo milagres como já muito já fez em sua carreira, é verdade.

O que é completamente normal.

Agora, o time não faz gol, não marca, o adversário chega toda hora cara-a-cara e a culpa é do goleiro?

Ah, tenha dó!

Tem que ser muito ingrato para atacar o Cássio, como muitos corintianos estão fazendo no momento.

Os alvinegros deveriam, em vez de apedrejá-lo, beijar as suas milagrosas mãos eternamente.

Opine!