Desastre

Leia o post original por Pedro Ernesto

O que poderia ter feito Celso Roth para evitar o desastre da tarde de ontem no Olímpico?
Só uma coisa: deixar Gilberto Silva no time, já que Rafa Marques e Edcarlos são piores do que ele. No restante, o treinador fez o que dava no time do Grêmio.

Acontece que o Figueirense, sem nenhum grande jogador, marcou muito e saiu no contra-ataque. Fez um gol na falha dos zagueiros – os dois erraram no mesmo lance – e fez o segundo numa babada do goleiro Victor.
O resto é consequência. Indo pra cima, o Grêmio até marcou um gol, mas deixou generosos espaços para o Figueira, que marcou mais um e poderia ter feito outros tantos.

Foi um desastre. Cada vez mais fica claro que o Grêmio tem mais é que ganhar logo outros seis pontos para escapar do rebaixamento. E que venha 2012.

Resultado

Sei que empatar com o São Paulo, lá em Barueri, é um baita resultado. Mas, olhando para a tabela, não foi.
O Inter precisava ganhar, chegar mais perto dos que estão indo para a Libertadores. Os jogos vão passando e não surge a sequência de vitórias desejáveis para quem está correndo atrás.

As duas próximas partidas são em casa, contra Avaí e Corinthians. Qualquer empate tira do Internacional qualquer chance de disputar a Libertadores.

Seleção

Ronaldinho, quem diria?
Depois de quatro anos, o gaúcho marcou um gol pela Seleção Brasileira – aliás, um golaço.
O outro foi de Marcelo, jogador que Mano tinha risxcado da Seleção e só trouxe de volta porque os outros escolhidos fracassaram.
Foi uma vitória significativa, pois foi de virada e com dez homens em campo. Mas ainda não assistimos a um grande futebol jogado pelo Brasil.

Você sabia?

* Que Dorival Junior tirou Dellatorre e o Colorado ficou sem atacantes?
* Que, apesar disso, o ataque criou as melhores situações sem esta figura?
* Que isto deve ser encarado como coincidência, já que tirar todos os atacantes é uma insanidade?
* Que o técnico Jorginho Campos, do Figueira, é uma das revelações do Brasileirão 2011?

Share