Derrota

Leia o post original por Pedro Ernesto

Nem a estreia de Zé Roberto e a boa atuação de Marcelo Grohe foram suficientes para que o Grêmio evitasse uma derrota ontem, no Estádio Olímpico. Não por eles, é claro. Mas porque o Atlético-MG conseguiu ser melhor na proposta de jogo que teve. Jogou atrás, saindo no contra-ataque e teve as melhores situações na partida. O Grêmio teve volume, força e disposição.

Mas faltou inspiração, principalmente, ofensiva. Marcelo Moreno, por exemplo, conseguiu apenas um cabeceio no jogo. Kleber até conseguiu mais. Em chute na cara do goleiro, perdeu gol e, em jogada pela esquerda, pifou Zé Roberto, que não soube marcar. Uma vitória justa do Atlético-MG pela disposição tática adotada pelo técnico Cuca, que deixou o Grêmio, como na Copa do Brasil, contra o Palmeiras, atacando sem criatividade e perdendo o jogo no contra-ataque.

Empate

O pacto feito pelos jogadores do Inter depois da derrota para o Botafogo, de alcançar quatro pontos em seis disputados fora de casa contra Bahia e Sport, foi alcançado.

Mas não gostei da atuação do Inter no Pituaçu. Se Muriel foi o nome do jogo, significa dizer que o time não andou bem. O primeiro tempo foi sonolento. No segundo, os melhores ataques foram do Bahia. Apesar da grande deficiência técnica do time de Paulo Roberto Falcão. Conclusão: o Inter poderia ter conseguido mais.

Semana

Uma semana de grandes decisões no futebol brasileiro. Na quarta-feira, o Corinthians recebe o Boca. Não estou entre aqueles que entendem o favoritismo do Corinthians. O Boca joga melhor fora do que dentro de casa. Tem tudo para ser um jogo igual e de resultado imprevisível. Na quinta, tem Palmeiras x Coritiba, no primeiro jogo da final da Copa do Brasil. Também sem favoritos. O Coritiba, pela segunda vez busca o título, e o Palmeiras está atrás de mais uma taça.

Você sabia?

Que o Grêmio está acertado com Rafael Sobis, mas o jogador tem contrato até 31 de julho?

Que como a janela se encerra em 20 de julho, Sobis e seus procuradores devem antecipar a saída do Fluminense?

Que o Flu insiste em manter o jogador e não quer abrir mão?

Que a contratação de Diego Forlán pelo Inter é praticamente inviável, mesmo assim o Inter buscará todos os detalhes?