Civilidade

Leia o post original por Pedro Ernesto

As eleições de um clube de futebol dividem as pessoas. Alguns exageros são ditos de parte a parte. As pessoas fazem acusações descabidas – muitas beirando a irresponsabilidade – tudo dentro de um clima eleitoral. Passado o episódio, todos torcem para o mesmo clube e o que se exige é que volte a civilidade.

Os gremistas estavam ansiosos para ver Paulo Odone e Fábio Koff se encontrarem, falarem de transição, colocar o objetivo comum na frente dos problemas pessoais. Odone sempre esteve aberto, Koff demorou um pouco mais. Mas agora os dois se encontraram e selaram a paz. Foi ontem, na sala presidencial do velho Olímpico, que ocorreu o encontro.

Esta paz é muito rentosa para o Grêmio que entra num momento histórico.

Históricos

Fábio Koff e Paulo Odone estão entre os mais importantes presidentes da história do Grêmio. Nas mãos de Koff os grande títulos, nas mãos de Odone a Arena e o momento mais crítico do clube, quebrado financeiramente e na Segunda Divisão.

Odone recuperou o Grêmio, deu-lhe uma casa nova. Koff deu ao clube sua dimensão internacional. São dois dirigentes que merecem todo respeito e agradecimento do torcedor. Uma briga entre os dois só tem um perdedor: o Grêmio.

Treinador

Foram duas reuniões no dia de ontem, outra foi marcada para amanhã. Giovanni Luigi e Dunga estão, certamente, acertando detalhes que são fundamentais para um treinador. Podem e devem estar falando dos jogadores, dos que devem sair, dos que serão preservados, das contratações necessárias.

Existe ainda a discussão sobre quem vai trabalhar no vestiário. São muitos pontos a serem acertados, não há porque ter pressa neste momento. Claro que o salário do treinador já está acertado.

Você sabia?

* Que o Novo Hamburgo contratou o atacante colombiano Jeferson Angulo?
* Que o último clube deste jogador foi o Once Caldas?
* Que Angulo já atuou pela seleção da Colômbia?
* Que o Grêmio oferece ao Cruzeiro Marcelo Moreno mais uma boa quantia em dinheiro para ter Montillo?
* Que este jogador ficou fora de muitos jogos do Cruzeiro neste Brasileirão?