Eleição

Leia o post original por Pedro Ernesto

O Inter mudou no sábado a cara do seu Conselho Deliberativo. A oposição fez 112 das 150 cadeiras em disputa. O que isso muda? Muda muito. A partir de agora, o jogo político do clube, que já era efervescente nos bastidores, também será quente no carpete vermelho do conselho.

Evidente que a democracia é vital em qualquer instituição. Seria inconcebível abrir mão dela. O problema nos clubes é que se faz um tipo de política corrosiva. Deixa desconcertado quem olha de fora. No Inter, por exemplo. Sábado, integrantes da situação deixaram o Gigantinho cantando “Mazembe, Mazembe” para os integrantes da Chapa 2, liderada por Vitorio Piffero, o presidente no Mundial de 2010.

Há dois meses, ouvi de apoiadores de Piffero, às vésperas da eleição presidencial, que havia dois anos só viam o time pelo pay-per-view. Um deles chegou a me dizer, crente na vitória de Luiz Antônio Lopes: “Agora, volto a frequentar o Beira-Rio”. Parece até que são dois clubes rivais, não? Sempre é bom lembrar que o Inter, em seus grandes momentos, venceu unido.

Tite

Ganhou quem merecia. E ninguém merecia mais do que Tite. Sujeito educado, trabalhador, honesto e preparado. Sempre foi um técnico de primeira linha.

A diferença, agora, é que tem taças de grande quilate. Sempre me soou estranho que, depois de deixar o Inter em 2009, Tite ficou alijado do mercado brasileiro. Estava dando sopa. O Corinthians pegou, bancou e hoje colhe. Parabéns, Tite. Você merece.

Cássio

Em julho de 2007, o Grêmio vendeu Cássio, então com 20 anos, ao PSV. Achou fantástica a oferta de 1,5 milhão de euros pelo quarto reserva (atrás de Saja, Galatto e Grohe). Ontem, Cássio garantiu o Mundial para o Corinthians.

Em dezembro do ano passado, chegou de férias em Veranópolis, sua cidade natal. Como se apresentaria ao Corinthians, semanas depois, contratou o treinador de goleiros Edson Girardi para condicioná-lo. Queria se apresentar afiado ao novo clube.

Você sabia?

* Que o Grêmio chegou a sondar Jonas para a Libertadores e que o goleiro Gomes foi mesmo oferecido?

* Que o Lajeadense assinou patrocínio com o guaraná Fruki, empresa da região, por cinco anos?

* Que o Pelotas anuncia nos próximos dias seu novo fornecedor de material esportivo, que se especula, será a Adidas?