Adversário

Leia o post original por Pedro Ernesto

O sorteio foi muito ruim para o Grêmio. De todos os times da pré-Libertadores, o que menos interessava era a LDU. É verdade que não é o mesmo time que andou ganhando a Libertadores e a Copa Sul-Americana. Aquela geração brilhante passou e hoje existe uma extensa renovação. Foram contratados 13 jogadores, um time inteiro e mais dois reservas. Claro que não conheço a qualidade desses jogadores. Mas, como se trata de uma grande equipe do futebol sul-americano, eles devem ter qualidade para jogar lá. O Grêmio terá que encarar a altitude de quase 3 mil metros acima do nível do mar, a falta de preparo físico mais elaborado e  um time cuja qualidade se desconhece. Mas a tradição está escrita em sua história recente.

Carlos Eduardo

Esse jogador renovou por mais um ano com seu clube para poder jogar no Brasil. Gostaria muito de atuar em Porto Alegre, seja no Grêmio, onde se formou, ou até no Inter. Mas parece que nenhum dos dois se interessou pelo seu futebol. Paulo Pelaipe veio do Rio para contratá-lo para o Flamengo. Se Pelaipe conseguir fechar o negócio, acho que o futebol gaúcho vai perder um meia que poderia dar qualidade à Dupla.

Libertadores

Não há nenhum grande grupo que possa ser chamado de “Grupo da Morte”. Os principais clubes desta Libertadores moram no Brasil. Tenho muita curiosidade pelo Boca, agora com Carlos Bianchi no comando técnico. Bianchi consegue transformar times médios em competitivos e campeões. O Boca, por sua vez, sabe ser grande nas competições importantes. No mais, não vejo qualquer outro grande clube que possa ameaçar o reinado dos times brasileiros.

Você sabia?

– Que o argentino Burrito Martinez foi oferecido, mas Fábio Koff e Omar Selaimen não fecharam porque Vanderlei Luxemburgo não quis o jogador?

– Importantes empresários ligados ao Grêmio apelaram a Fábio Koff que não mais critique a Arena?

– Que o Internacional começa a “Operação Nilmar”, que está no Al Rayyan, do Catar?