Goleada

Leia o post original por Pedro Ernesto

Deve-se dar muitos descontos ao adversário, cujos jogadores mais passearam do que treinaram em Porto Alegre e se concentram mais nas férias que estão próximas do que nos jogos. Mesmo assim, a goleada imposta pela Seleção Brasileira tem muito significado. Serve para aumentar a autoestima dos jogadores e dos brasileiros em geral, que não aguentavam mais ver sua Seleção perder.

Foram três gols, todos no segundo tempo, quando os franceses cansaram. Tendo sido o último jogo da Seleção antes da Copa das Confederações, esse resultado tem muita importância. Mas não dá para se iludir e achar que já temos uma grande Seleção.

Empate

Mesmo com muitos reservas, o Inter foi a Sete Lagoas, Interior de Minas Gerais, e buscou um bom empate contra o Cruzeiro, depois de estar vencendo por 1 a 0 e de tomar a virada. Não pela campanha, mas, sim, pela partida vista individualmente.

O garoto Otávio foi o grande nome da partida, marcando, inclusive, um golaço. Rafael Moura decepcionou de novo. Nada jogou e fez um pênalti bobo. O Inter venceu muitas dificuldades de escalação. Só não venceu o jogo, mas fez por merecer.

De novo

Pelo que consegui acompanhar do jogo do Grêmio, o time do técnico Vanderlei Luxemburgo utra vez abdicou de jogar. Contra um Atlético-MG desfalcado e precisando ganhar para sair da lanterna do Brasileirão, o Tricolor foi uma equipe covarde na Arena do Jacaré.

Resultado, teve que correr atrás do prejuízo depois que Ronaldinho abriu o placar, num pênalti legítimo. Depois de estar atrás no placar, efetuou as mudanças que já eram necessárias antes, já que Kleber e Barcos não vinham jogando nada. Mas aí, já era tarde.

Você sabia?

* Que a Confraria do Pedro Ernesto, hoje, no Show dos Esportes, será na Florauto, em Novo Hamburgo?

* Será o regabofe dos profissionais da RBS que trabalharão na cobertura da Copa das Confederações?

* Que o pai de Damião garante não existir proposta pelo seu filho?

* Que Otávio surge como o grande destaque do Inter?

* Que foram mais de 50 mil pagantes e renda de R$ 6,8 milhões, ontem na Arena?