Os números do apito

Leia o post original por Gaciba

A rodada número 26 do campeonato brasileiro mostra, em seus números, o quanto a competição está “pegando fogo”!

Recorde no número de faltas marcadas (408 – média acima de 40 faltas por jogo) e por consequência maior número de cartões amarelos apresentados (57 nos 10 jogos com média de 5,7 por partida). Só não batemos recordes nos cartões vermelhos que pertencem a rodada passada (7 em 10 jogos) que demonstra o momento tenso da competição.

Até esta rodada a CBF utilizou 48 de seus árbitros na série “A” (Rodrigo Raposo, do DF será o 49º ao entrar em campo nesta quinta-feira para dirigir Portuguesa e Goiás). Confira os números acumulados na competição por clubes e árbitros nas tabelas abaixo.

1. Corrida Fair Play: O Vitória segue na ponta da disputa e, hoje, receberia da CBF o troféu por ser a equipe mais disciplinada da competição.

Destaques positivos e negativos dos 3 itens da disciplina ficam com o Flamengo com o menor número de cartões amarelos (41) contrastando com o Bahia e o Coritiba com 69. Em termo de expulsões, três equipes seguem “invictas” no critério: Nautico, Vitória e Vasco. Realidade bem diferente a do São Paulo que já teve 8 jogadores expulsos durante o campeonato. Em número de faltas, o Internacional é a equipe com menor média na competição (15,1) e o Bahia o clube de maior média (19,9).

Veja no link abaixo o destaque do “troféu fair play” no site da Confederação Brasileira de Futebol e os critérios que serão respeitados para indicar o campeão da disciplina:

http://www.cbf.com.br/Notícias/Todas/2013/10/07/26ª%20rodada%20foi%20a%20com%20o%20maior%20número%20de%20faltas%20da%20competição

2. Os Árbitros: Ninguém apitou mais do que o Gaúcho Leandro Vuaden (14). Em seguida estão André Castro (GO), Heber Lopes (SC) e Wilton Sampaio (GO), todos com 12 jogos.

Divididos por categoria, confira os números de todos os 48 árbitros que já dirigiram estas 260 partidas do campeonato:

2.1. Os FIFA ( 10 árbitros – 96 jogos – 36,92% dos jogos )

2.2. Os ASPIRANTES A FIFA ( 7 árbitros – 45 jogos – 17,30% dos jogos )

2.3. Os ESPECIAIS ( 9 árbitros – 43 jogos – 16,5% dos jogos )

2.4. Os BÁSICOS ( 22 árbitros – 76 jogos – 29,23% dos jogos )

 3. O peso das punições: Vejam quantos atletas as equipes já perderam ou perderão nesta rodada por conta das punições por 3 cartões amarelos ou pelas expulsões do campeonato. São surpreendentes 290 atletas suspensos em 260 jogos disputados ( 219 por acúmulo de amarelos e 71 expulsos ). O Vitória com 6 suspensões é novamente o destaque positivo e o São Paulo e a Portuguesa devem lamentar suas 19 suspensões cada.