Mano não quer mais Sheik no Timão

Leia o post original por Neto

Sheik fez seu último gol pelo Timão no dia 31 de julho de 2013

Sheik fez seu último gol pelo Timão no dia 31 de julho de 2013

Depois de praticamente dizimar a geração vitoriosa da temporada de 2012 e tentar reconstruir um novo grupo de atletas, o técnico Mano Menezes está com a intenção de dar o boné para o grande personagem da conquista da Libertadores: Emerson Sheik. Sem demonstrar um bom rendimento desde aquela conquista, o jogador já não vem agradando a um bom tempo as principais lideranças do clube. Mas uma delas insiste em segurá-lo. E talvez esse funcionário, remunerado, possa cair junto com o camisa 11.

A verdade é que nesse caso talvez o Mano tenha razão. Afinal os números do Emerson desde aquele título são fraquíssimos para um atleta que acumulou status e salários de ídolo. Do início de 2013 pra cá ele atuou em quase 70 partidas e fez apenas 5 gols. Pior! Não balança as redes desde 31 de julho do ano passado, quando fez um dos gols corintianos na vitória sobre o Grêmio por 2 a 0. Aí fica difícil, hein?

Que o Emerson é esforçado e dedicado aos treinos e jogos, isso pouca gente discute. Acredito também que ninguém vai contestar o que esse cara construiu para a história do Corinthians. Mas com toda a sinceridade acho que já deu o que tinha que dar sua passagem pelo clube. E não é o caso nem de falar sobre desagregar ou não o grupo. A melhor solução era sua saída, até para não arranhar o que já produziu.

O Mano só precisa achar uma solução para fazer isso com respeito e dignidade. Afinal um ídolo não pode ser tratado com desdém.