Pré-jogo: América x Boa

Leia o post original por Flávio Drummond

Design Arthur Henriques (Twitter: @arthurhenriques).

ΓΝΩΘΙ ΣΑΥΤΟΝ
(Conhece-te a ti mesmo)

Amanhã tem mais. Se o América ainda quer alguma coisa neste campeonato mineiro, tem a obrigação de vencer o Boa, concorrente direto pela vaga.

Me permitam deixar uma coisa bem clara antes de começar: eu acredito que o América tem total condições de se classificar.

Isto posto, circula por aí notícia de que o América “só depende dele” para se classificar. Se aprendi bem na escola – um beijo para Beatriz Goursand, minha professora de matemática favorita – isso não é exatamente verdade. Ainda que vençamos os dois jogos, chegando aos 18 pontos, o Boa pode chegar a 19 e o Tupi também aos 18, mas com vantagem no saldo de gols.

Claro, a lógica do futebol – se é que ela existe – nos faz acreditar que a duplinha cuidará de derrotar ou ao menos empatar seus jogos, o que tiraria o Boa da nossa frente, mas isso não é igual a dizer que o América depende apenas de seus resultados para se classificar.

“Potatos, Potahtos”

Noves fora, o resultado final da tabela pode ser o mesmo, independente de dizermos que o América depende de si ou não? Certamente que sim. Acredito que será, ou seja, que a classificação do América ou não, no frigir do ovos, acontecerá a depender de nossos próprios resultados.

– Então, Henrique, além da bipolaridade, qual é o seu problema?

O problema em adotar tal discurso, pensam meus fiéis botões, é que ele minimiza as atuais deficiências do América em campo. Tenta tapar com a peneira.

Daí a máxima de Delfos lá em cima: conhece-te a ti mesmo.

É preciso que o América – e neste caso estou excluindo nós torcedores como parte do América – tenha plena consciência de suas fraquezas para poder corrigi-las, não apenas na luta pela classificação, como para os próximos desafios que se apresentarão no ano. Tirá-las, ainda que momentaneamente, de nosso pensamento é jogar a busca pela solução do problema lá pra frente, e talvez esquece-las caso os resultados próximos nos sejam favoráveis. Não dá pra esconder debaixo do tapete. Venha a classificação ou não, o América precisa, e muito, melhorar o seu jogo.

Até o BRT já começou a rodar e nós ainda estamos – desde de quando mesmo – formando um time. É hora de voltarmos a ter uma sequência maior de alegrias.

Que ótimo seria vencer o Campeonato Mineiro, mas o objetivo maior do ano ainda é, para a maioria, o acesso à Série A. Aqueles que não pensam assim são os que imaginam o título da Copa do Brasil e a vaga para a Libertadores 2015, como eu, mas não acho pequeno querer apenas o acesso, quem sabe com título, no Campeonato Brasileiro Série B. [Quem nunca?]

Repito, confio na classificação, torcerei fervorosamente por ela. Só acho que certos pingos precisam ser colocados em seus respectivos is e jotas, para que a bola possa correr macia e vitoriosa por todo o ano, e além.

Acerta o time aí, Moacir!!! Me ajude a te ajudar. Vamos pra cima.

Henrique Pinheiro

@geral_americafb.com/Geral.America

#REAGEAmérica

“Coelho na raça, deca no peito!”