Pós-jogo: América 2 x 0 Boa

Leia o post original por Flávio Drummond

Design Arthur Henriques (Twitter: @arthurhenriques).

Aí sim, Coelhão!

Uma apresentação honesta e um bom resultado.

Não estou querendo minimizar a vitória americana, mas confesso que estou conscientemente reprimindo a euforia. Euforia natural de quem está a tanto tempo sem ver uma boa apresentação do América.

Foi um bom jogo, mas ainda não foi essa cocada toda. Pezinhos no chão.

Tchôvtchenko, apesar de todas as desconfianças e do passado manchado, vem demonstrando total condições de assumir a criação. Já é ponto de referência, além de estar fazendo também os seus. Dois, só hoje.

Obina, meu caro Obina, perdeu um penal. Ou será que perdeu mesmo? Eu sei que dizem por aí que pênalti bem batido é aquele que entra, mas a bola foi firme, forte, no chão e no canto. Mérito total do galeirão, na minha avaliação. Aliás, o segundo pênalti que ele pega neste campeonato.

Não que eu esteja recusando um novo batedor. Esse tipo de coisa pode mexer com a cabeça do atacante. Aliás, no balaio poderia surgir um batedor de faltas também. Têm sido lamentáveis os arremates próximos da grande área. Ninguém disposto a ficar mais meia horinha todo dia depois do treino? Gilson? Andrei? Quem se habilita?

Falando em bola parada, tivemos outros dois pênaltis não marcados em nosso favor? Foram lances difíceis, mas tentando ser o mais isento possível, as duas jogadas foram de botar na marca de cal.

Willians ganhou hoje o meu salvo conduto. Não apenas pela apresentação do dia, mas pela sequência evolutiva. Parei de pegar no seu pé. [Mas se for daqueles que não pode elogiar que estraga, a gente volta com a corneta.]

Quem também se apresentou bem foi o xará, Henrique. Bela partida.

Mais ou menos no meio do 2º tempo a transmissão da TV disse que ele fez sinal para o banco, pedindo substituição. Alguém viu isso? Se de fato ocorreu, não entendi a demora do Moacir em fazer a substituição. Fosse por dores ou simples cansaço, ainda temos um ano inteiro pela frente e não há porque forçar o garoto, com 2×0 no placar e Lucas Silva no banco em total condições de substitui-lo.

Matheus como sempre fazendo boas defesas. Talvez possa também ficar mais meia horinha depois do treino para aprimorar as saídas do gol em bolas levantadas na área. É ainda seu ponto mais fraco.

E precisamos falar de Leandro Guerreiro. Sofríamos tanto com a falta de acertos do meio pra frente, que as vezes esquecemos de falar da cozinha. Seja jogando como volante ou improvisado na zaga, como hoje, Guerreiro vem dando corpo e tranquilidade à defesa americana. Também tem grande participação na melhora da travessia da bola, da defesa para o meio. Merecedor de tantas homenagens quanto os goleadores.

O Caminho para a Classificação

– E aí, Henrique, agora podemos dizer que o América só depende dele, certo? Liberou?

Seria uma meia verdade. Para ultrapassarmos o Boa, precisamos contar com empate ou derrota dos varginhense, o que deve sim acontecer.

Já estamos à frente do Tupi na tabela, mas a vantagem é tão tênue – 2 gols pró a mais – que caso a gente vença a Caldense por 1×0 e o Tupi faça 3×1 3×2 no seu jogo, resultados perfeitamente plausíveis, a decisão de quem ficará à frente na classificação se dará por número de cartões amarelos e, na sequência, cartões vermelhos. Dada a mítica americana, eu não duvidaria. [Pra tranquilizar seus coraçõeszinhos, se minha conta não estiver errada, temos vantagem de ter levado 4 cartões amarelos a menos e não tivemos vermelhos, enquanto o Tupi sofreu 4 expulsões.]

[ATUALIZAÇÃO] – Volta o parágrafo de cima, suspende a correção abaixo. [rs] Como bem percebeu o Breno nos comentários, o desempate disciplinar pode acontecer caso os resultados de América e Tupi sejam respectivamente 1×0 e 3×2. [Em minha defesa, a cabeça as vezes não funciona muito bem às duas da matina. eheheh] Eu sei que a torcida tem passado por testes cardíacos a cada semana, mas confesso que vou torcer para que isso aconteça. Vai ser divertido! [Fire in the hole!]

Esqueçam essa bobagem aí em cima. Viajei total. Se os resultados que coloquei acontecerem, o Tupi levaria vantagem no saldo de gols. Ainda assim, a nossa vantagem é pequeníssima, e só estamos à frente por “maior número de gols conquistados”. Qualquer saldo a mais nesta última rodada dá aquele que o fizer a vantagem na tabela. Se os placares forem iguais, continuamos à frente pelos número de gols pró. [Mas que ia ser divertido aquela maluquice ali de cima, isso ia…]

Tchô faz dois, América-MG bate o Boa e sonha com classificação às semis.

Moacir Jr. ainda desperta dúvidas no coração americano? Tendo em vista o que encontrou no América, já me dou por satisfeito. É um bom treinador e está acertando o time. Que consiga as peças que ainda precisa para deixar a máquina redondinha pro Brasileirão.

É isso aí, Moacir!!! Continue com o ajuste fino, que chegaremos lá. Estamos no caminho.

Domingo, pra cima da Veterana!

Henrique Pinheiro

@geral_americafb.com/Geral.America

#REAGEAmérica

“Coelho na raça, deca no peito!”