Os clubes tem que ser punidos por racismo! E não adianta chorar!

Leia o post original por Neto

A presidente Dilma recebeu o árbitro Márcio Chagas e Tinga, vítimas de racismo

A presidente Dilma recebeu o árbitro Márcio Chagas e o volante Tinga, vítimas de racismo

Não dá pra negar que infelizmente o racismo está na raiz na sociedade mundial. Está cheio de babaca por aí se achando a raça superior. Pensando que tem o direito de discriminar as pessoas. Brincadeira, né? A verdade é que alguns casos passaram a acontecer com certa frequência no futebol brasileiro. E isso é muito grave. Só nesse início de 2014 tivemos três situações vergonhosas. O primeiro, lá no Peru, onde os torcedores do Real Garcilaso ofenderam o volante Tinga do Cruzeiro com gestos e sons de macacos. Depois vimos meia dúzia de Zé Ruelas, vestidos com a camisa do Mogi Mirim, xingando o Arouca no Santos. Ridículo!

Pra detonar de vez o árbitro Márcio Chagas foi alvo em Bento Gonçalves e alguns idiotas de plantão. Não bastassem as bobagens vindas as arquibancadas os caras colocaram bananas no carro dele. A indignação foi tamanha que até a presidente Dilma Roussef chamou o Tinga e Márcio para um bate-papo. Mas de que adianta essa resenha politicamente correta? Precisamos de atitudes enérgicas.

Fiquei sabendo que o Esportivo de Bento Gonçalves foi punido com a perda de mando de 5 jogos e mais multa de R$ 30 mil. É um começo, mas ainda é muito pouco. Para mim o clube deveria ser eliminado da competição. Aí o mais torcedor decente vai me perguntar: a equipe não pode ser punida pela atitude isolada de alguns racistas. Ok, mas se isso não acontecer, qual a outra solução? O sujeito não está no estádio pelo amor ao time? Então, punindo o time ele vai pensar duas vezes antes de fazer essa babaquice. E um vai policiando o outro. É claro que tem que se fazer uma investigação para saber se isso partiu de fato de determinada torcida. Até pra não haver armação de ninguém. Mas punição tem que ter. E radical.

Soube que o Rivaldo, presidente do Mogi Mirim, ficou bravo com essa minha opinião. Mas ele só está vendo o lado político como dirigente. O que devia fazer é o possível para banir esses babacas que pisaram no estádio do Sapão. Isso sim. Honrar o craque que foi e negro que é.