Mais importante do que parece

Leia o post original por JC

Com os tricoletes já classificados para as semifinais e o Vasco com 99% de chances de conseguir o mesmo, alguns podem pensar que o clássico de hoje não vale muita coisa. Nada mais enganoso. Há, com perdão pelo trocadilho, muita coisa em jogo nessa partida.

Pra início de conversa, a rivalidade de um clássico já garante o interesse pelo jogo. E quando o vencedor ainda pode acabar levando o Torneio Super Clássicos, a disputa ganha mais graça. Mesmo que não valha muita coisa, levar o prêmio por ser o melhor nos clássicos até pela moral que o Vasco pode ganhar para a próxima fase.

(parênteses: vale lembrar que nem precisaríamos vencer o Fluzim para sermos os melhores nos clássicos, se não fosse a cegueira do juiz de linha na partida contra a mulambada. Fecha parênteses)

Mas o que realmente importa é que uma vitória vascaína praticamente nos garantirá a segunda colocação, o que nos dará a vantagem de dois empates na semifinal. Terminando em segundo na tabela e com um pouquinho a mais de sorte, podemos até mesmo pegar a Cabofriense nas primeiras partidas decisivas (antes que falem, lembro que perdemos para o time da Região dos Lagos nessa fase, mas ninguém deve discordar que decidir o campeonato tendo apenas um clássico pela frente nos facilitaria as coisas).

Assim como Adilson, Renight também não confirmou a equipe titular hoje. Ambos tem mais de uma alternativa para escalar seus times, mas pelo que sabemos dos dois, o mais provável é que nenhum faça loucuras ofensivas. Ainda que o churrasqueiro escale o Fluzim com três volantes, Conca e Fred são razões de sobra para preocupar a defesa vascaína.

A dúvida no Vasco é a mesma. Adilson tanto pode escalar três atacantes como três volantes. Como já disse, por tudo o que o treinador fez ao longo do Estadual, Aranda deve ganhar a vaga no meio e deixar Everton Costa no banco. Mas temos algumas boas notícias: com a melhora de saúde da sua filha, Martín Silva volta ao gol e depois de muito tempo voltaremos a ter os titulares André Rocha e Marlon nas laterais. E, é sempre bom destacar, Felipe Bastos deve começar no banco.

O time do Laranjal está melhor colocado, tem uma equipe com mais recursos técnicos e com mais prestígio junto à imprensa esportiva. Mas como essa é a tônica dos últimos anos e mesmo assim são raras as vezes que os tricoflores se dão bem contra o Vasco, podemos ficar confiantes em um bom resultado para o time da Colina.

 

FLUMINENSE X VASCO
Cavalieri, Bruno, Gum, Leandro Euzébio e Chiquinho; Valencia, Diguinho, Jean e Conca; Sobis e Fred.Martín Silva, André Rocha, Luan, Rodrigo e Marlon; Guiñazu, Pedro Ken e Douglas; Éverton Costa, Reginaldo (Aranda) e Edmílson.
Técnico: Renato Gaúcho.Técnico: Adilson Batista.
Estádio: Arena Maracanã. Data: 16/03/2014. Horário: 18h30. Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá.  Assistentes:  Rodrigo Pereira Joia e Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa.
O Canal Premiere transmite para seus assinantes de todo o Brasil no sistema Pay-per-view.
O GLOBOESPORTE.COM acompanha o confronto em Tempo Real, com vídeos.

***

Força Pilar! E força também ao lateral do Flu, Carlinhos!

 ***

Quem quiser ler mais a respeito dos temas desse post podem visitar a fanpage do Blog da Fuzarca no Facebook e acessar os links das matérias que tratam desses assuntos. O link também está no meu twitter: @jc_CRVG. Também está no ar minha nova coluna no site Ao Vasco Tudo!