Saiba o que muda no Gauchão para 2016

Leia o post original por Pedro Ernesto

Muito importante a informação que me foi passada pelo presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Francisco Novelletto. O último Gauchão com 16 clubes na elite será disputado no ano que vem. Ao fim do Estadual de 2015, seis times serão rebaixados. E subirão apenas dois da Segundona.

Assim, em 2016 teremos apenas 12 clubes o que, sem dúvida, vai valorizar a competição. Teremos apenas os clubes mais fortes. Os mais fracos tratarão de se fortalecer disputando divisões inferiores.

É um avanço considerável. Os Estaduais têm sido massacrados pelos clubes que disputam a Libertadores e a Copa do Brasil. Com menos jogos, eles poderão dar mais valor aos cantões locais.

Fracasso

O Gauchão deste ano foi um verdadeiro fracasso. Clubes sem estádio, mudanças de datas, times tecnicamente ruins e o desinteresse inicial da dupla Gre-Nal. Não podia ser diferente.

Se eles têm competições mais importantes, só lhes resta dar mais atenção a elas. Com um campeonato mais enxuto, com menos jogos e adversários mais qualificados, muda tudo. E para melhor. Não podemos deixar morrer uma tradição quase secular que e o nosso Campeonato Gaúcho.

No final

O Grêmio está mostrando que sabe o caminho para chegar ao tri da Libertadores. Jogando com toda a pressão contra, o time do técnico Enderson Moreira conseguiu segurar o Newell’s atrás e ainda levou perigo ao gol de Guzmán.

Se o time argentino ganhasse com o gol de Maxi Rodríguez seria um pecado. O gol salvador de Rhodolfo, após passe de Barcos, que perdeu uma chance clara, salvou a noite e a liderança tricolor. Agora, é só conseguir uma vitória em dois jogos que a vaga é do Grêmio.

É demais!

O técnico Abel Braga é um homem repleto de convicções. A última frase importante que ouvi dele é que seu time entre atacar e ser atacado prefere a primeira hipótese. Foi assim contra o Remo. Meteu goleada de 6 a 1.

Não será diferente nas fases finais do Gauchão e nos jogos do Brasileirão. Mas será que isto dará certo contra grandes adversários? O Nacional trará a resposta.