Luis Fabiano: “Muricy sempre me manda deixar o juiz em paz”

Leia o post original por blogdoboleiro

 

Luis Fabiano está fora do jogo deste domingo contra o Botafogo, na última rodada da fase de classificação do Campeonato Paulista. O atacante do São Paulo, artilheiro da competição com 10 gols, cumprirá suspensão automática por ter recebido três cartões amarelos. E esta não é uma má notícia. Luis anda orgulhoso com o bom comportamento que tem mostrado em campo na atual temporada. “Esse ano eu venho melhorando muito e a tendência é ficar melhor ainda”, disse.

O terceiro amarelo só saiu depois de muita insistência de Luis, que queria entrar na fase de mata-mata “zerado”. Por isso, reclamou bastante com o árbitro Cássio Luis Zancopé durante a partida contra o Ituano. Conseguiu a advertência. Até aqui, o artilheiro nem passou perto de uma expulsão.

Fabiano está mostrando calma desde que o ano começou. E acha que a “culpa” é do time sãopaulino: “O momento é tão bom que acabei ficando mais tranquilo. Quando você está bem, consegue fazer o o melhor, fica mais tranquilo”, falou em entrevista ao programa Bola Dividida, da Rede TV.

Ele revelou que, mesmo com bom comportamento, enfrenta marcação cerrada do técnico Muricy Ramalho: “Antes dos jogos, todos os jogos, ele me lembra que sou explosivo, fala para eu maneirar nos cartões e manda eu deixar o juiz em paz”, contou.

Para encarar a Penapolense pelas quartas de final do Paulistão, Luis Fabiano pretende continuar sem ser expulso. “Por este meu jeito de ser, já venci muitos obstáculos, mas também me prejudiquei bastante. Mas é porque gosto do São Paulo, sou torcedor do São Paulo e não aceito derrota. Por isso sei que será bom manter este comportamento que estou tendo”, falou.

O Fabuloso continua com esperança de ser convocado para disputar a Copa do Mundo no Brasil. “Ainda resta uma esperança. Ela é a última que morre. Sei que está muito difícil e que o grupo já está formado na cabeça do Luiz Felipe Scolari, mas vou continuar fazendo meu trabalho. O futuro a Deus pertence”, falou.

Ser campeão paulista pode ajudar a chamar a atenção de Felipão, que acena com a convocação de Fred e Jô para o Mundial. Luis Fabiano acha que Palmeiras e Santos “estão em um momento melhor”, mas lembra que o São Paulo está na disputa. “Formamos um time compacto e decidimos sempre com muita confiança”, afirmou.