A afirmação de Guardiola

Leia o post original por celsocardoso

AFP

AFP

Se havia alguma dúvida, em algum momento, sobre a competência de Pep Guardiola ela foi definitivamente dissipada na tarde desta terça-feira. Claro que a conquista de mais um título nacional pelo Bayern não é novidade, mas a maneira como foi conquistada a taça merece atenção. Os números são conhecidos de todos e impressionantes: 25 vitórias e dois empates em 27 rodadas – sete rodadas de antecedência; 19 vitórias seguidas.  Foi o segundo título da Era Guardiola – o primeiro foi o Mundial de Clubes da Fifa em dezembro, no Marrocos.

Quando assumiu o Bayern,  Pep encontrou um time muito bem montado, campeão nacional e campeão europeu. Era um desafio para o treinador que se destacou naquele vencedor Barcelona que segue brilhando até hoje. Digo desafio, porque o clube catalão foi o único onde brilhou o espanhol.  À frente do Bayern, Guardiola repetiu o feito. Conseguiu melhorar um time que já havia adquirido o status de melhor do mundo. A posse de bola, a troca de passes verticais em velocidade e a agressividade intensa deixaram o Bayern ainda mais forte, dedo de um técnico que definitivamente se consolida na elite mundial dos treinadores.

E o Bayern pode conquistar outras taças nos próximos dias. Se a ideia de Guardiola é repetir o que fez no Barcelona onde conquistou 16 títulos em quatro anos, é só o começo.