A melhor defesa é a defesa

Leia o post original por Mauro Beting

Quando o São Paulo de Pato venceu o Corinthians, Alexandre tuitou, cinco minutos depois do final do jogo:

grande vitoria!!!! #avantesoberano #vamosSaoPaulo.

Normal. Bom celebrar vitória em clássico. Ainda mais a primeira depois de 12 sem vitória. Ainda mais um reforço tão contestado ao chegar no clube vindo do rival derrotado. Ainda que também seja pago em parte pelo próprio Corinthians. Ainda que tenha colocado alguns pontinhos que depois tirou da mensagem.

Quando o São Paulo foi bisonha e merecidamente eliminado nos pênaltis pelo Penapolense, no Morumbi, o ex-tricolor Jadson, trocado (em definitivo) por Pato com o Corinthians, tuitou 12 horas depois:

Nada como um dia após o outro!!! Hahahaha.

É diferente.

Ele pode ter problema com Muricy. Com alguns ex-companheiros. Com torcedores do ex-clube. Com a derrota do São Paulo para o Ituano – que é semifinalista…

Acontece.

Mas tirar sarro de todos não é esperto. Não é respeitoso. Não é educado.

Nem muito tolerável em dias de tantos intolerantes. Sobretudo os que não enxergam a diferença.

Você pode dizer que é fundamentalismo da minha parte. Que o futebol anda perdendo a graça. Que deixa brincar. Provocar. Zoar.

Concordo!

Mas em nome da própria paz de Jadson, bom jogador em ótima fase, daqueles que são melhores do que parecem ser, havia 173836293833 modos de cutucar sem provocar a reação que fez contra ele mesmo mais que tudo.

Ele já está muito bem adaptado ao Corinthians. A torcida com toda razão o adora. Muitos vão gostar ainda mais.

Mas é provocação infantil demais – não inocente.

É algo desnecessário. Principalmente para ele que se garante pela bola que joga.